JHSF Participações (JHSF3) concluiu a captação da 11ª Emissão de Debêntures Simples, em série única, em distribuição pública voltada para investidores profissionais, no montante de R$ 250 milhões, com remuneração anual equivalente a CDI+2,75%, pelo prazo total de 5 anos.

Os recursos obtidos com as Debêntures serão utilizados para o alongamento do passivo financeiro da Companhia, que, juntamente com medidas tomadas ao longo do 4T21, concluem o processo de captações relativos ao alongamento das obrigações financeiras vencidas em 2022.

A demanda pelas Debêntures superou em, aproximadamente, três vezes a oferta inicialmente planejada, foi alocada para 17 investidores profissionais, dentre os quais, as principais gestoras de recursos do Brasil.

A crescente participação do Mercado de Capitais na composição da estrutura de capital da Companhia faz parte da estratégia de composição da estrutura de dívidas, alocando recursos de longo prazo, através da emissão de instrumentos financeiros típicos do mercado de capitais e alocando recursos de curto e médio prazo com bancos comerciais parceiros da JHSF.

Melhores Oportunidades do Mercado Financeiro? Veja as 3 Ações com Maior Potencial de Valorização Hoje.

Resultado da JHSF no Terceiro Trimestre de 2021

O resultado da JHSF (JHSF3) no terceiro trimestre de 2021 (3t21), divulgado no dia 03 de novembro, apresentou lucro líquido de R$ 213,8 milhões no 3t21, uma alta de 23,1% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda ajustado da JHSF atingiu R$ 265,6 milhões no 3T21, apresentando crescimento de 17,2% na comparação com o 3T20.

A margem Ebitda ajustada da JHSF totalizou 55,8% no 3T21, apresentando retração de -8,4 pontos percentuais na comparação com o 3T20. 

A margem líquida da JHSF atingiu 44,9% no 3T21, apresentando retração de -4,3 pontos percentuais na comparação com o 3T20.

As ações da JHSF (JHSF3) acumulam alta de 4,09% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 9,92% nos últimos 12 meses.