IRB Brasil (IRBR3) Demite Diretor por Fraude em Contratos
| ,

IRB Brasil (IRBR3) Demite Diretor por Fraude em Contratos

O IRB Brasil RE (IRBR3) anunciou a demissão do contador Paulo Daniel Araújo da Rocha, diretor de controladoria.

Por
Atualizado em 23/05/2020

IRB Brasil RE (IRBR3) demitiu na última quinta-feira (21) o contador Paulo Daniel Araújo da Rocha, diretor de controladoria da Companhia, o fato foi divulgado no jornal “Valor Econômico”.

Segundo o jornal, Rocha foi demitido por justa causa sob alegação de “fraude em contratos”.

A IRB teve recentemente a renúncia do suplente do conselho e há quatro semanas outros membros renunciaram devido ao impacto do Coronavirus.

Como Lucrar no Mercado Financeiro Hoje? Baixe o Relatório “As 3 Melhores Ações para Investir Hoje”.

O cenário conturbado na empresa vem logo após a Berkshire Hathaway, companhia de investimentos do bilionário Warren Buffett, ter se pronunciado sobre a afirmação de que havia aumentado sua posição na empresa.

A Berkishire Hathaway ressaltou que não era e não pretendia ser acionista do IRB (IRBR3). Atualmente, a resseguradora se encontra, desde o mês de março, em uma investigação interna realizada pelos escritórios de advocacia Felsberg e pela KPMG.

Dessa forma, o IRB Brasil (IRBR3) sofreu um grande impacto em sua credibilidade, o que, além da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus, fez com que suas ações despencassem na Bolsa.

As ações do IRB Brasil (IRBR3) acumulam uma desvalorização de 81,5% até o momento, ocorrem ao menos seis motivos que levaram a queda das ações na bolsa esse ano, a maioria deles tem relação à perda de confiança por parte dos investidores com a empresa.

O IRB Brasil (IRBR3) ainda não apresentou o resultado do primeiro trimestre de 2020, a divulgação está marcada para o dia 18 de junho.

Acompanhe nossa agenda de divulgação dos resultados do primeiro trimestre de 2020.

Notícias do Mercado Financeiro

Fonte: Estadão Conteúdo.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE