IPO da Rede D’Or (RDOR3) Vale a Pena? Prazo, Riscos e Prospecto
| , ,

IPO da Rede D’Or (RDOR3) Vale a Pena? Prazo, Riscos e Prospecto

Saiba tudo sobre o IPO da Rede D’Or (RDOR3): data da oferta, preço das ações, prospecto e se vale a pena participar.

Por
Atualizado em 14/12/2020

A Rede D’Or São Luiz (RDOR3), maior grupo de hospitais independentes do Brasil, abrirá capital da bolsa de valores realizando o mais aguardado IPO de 2020. Será que vale a pena?

A companhia pretende levantar R$ 8,2 bilhões, com uma oferta primária de 145,7 milhões de novas ações totalmente primárias, na bolsa de valores.

Os recursos obtidos com o IPO (Initial Public Offering) serão destinados inteiramente para a expansão da empresa.

A estreia da Rede D’Or na Bovespa será prevista para 10 de dezembro de 2020, com suas ações listadas no Novo Mercado através do código (RDOR3), entrando para a B3 (Bolsa, Brasil, Balcão).

Leia o artigo até o final e descubra se vale a pena participar do IPO da Rede D’Or: prazos do IPO, lock-up, riscos e como participar.

Banner will be placed here

Data do IPO da Rede D’Or

Confira abaixo o calendário (resumido) com as datas do IPO da Rede D’Or.

#EventosData
1Registro de Oferta na CVM09/10/2020
2Aviso ao Mercado e disponibilização do prospecto preliminar16/11/2020
3Início do Procedimento de Bookbuilding16/11/2020
4Início do Período de Reserva24/11/2020
5Encerramento do Período de Reserva04/12/2020
6Encerramento do Bookbuilding.
Fixação do Preço por Ação.
08/12/2020
7Início do período de Lock-up09/12/2020
8Início de negociação das ações no novo mercado10/12/2020
9Data de Liquidação11/12/2020
10Data de término do Lock-up da oferta de varejo18/01/2020
11Data de término do Lock-up da oferta do segmento private28/01/2020

Quer Investir em Boas Ações? Baixe Grátis o Relatório com as 3 Melhores Ações para Investir Hoje.

Preço das Ações da Rede D’Or

O preço das ações da Rede D’ Or será definido através do procedimento de bookbuilding, refletindo as intenções de investimento dos investidores institucionais.

A faixa indicativa está situada na faixa de R$ 48,91 e R$ 64,35, podendo, no entanto, ser fixado acima ou abaixo da faixa indicativa.

Considerando o ponto médio da faixa indicativa, os recursos líquidos provenientes da abertura de capital da Rede D’ Or, será de R$ 8 bilhões, por meio da oferta de 145,7 milhões de ações.

Na estimativa de colocação mínima e máxima de ações, o free float será de 42,67% e 44,22%, respectivamente.

Dados do IPO da Rede D’Or
Faixa indicativa de preçoR$ 48,91 a R$ 64,35
Preço médioR$ 56,63
Oferta primária145,7 milhões de ações
Valor mínimo de reservaR$ 3 mil (Oferta de Varejo)
Valor máximo de reservaR$ 1 milhão (Oferta de Varejo)

O que é Lock-up do IPO da Rede D’Or?

O lock-up é uma cláusula contratual que impede a venda dos papéis de uma empresa em um prazo estabelecido.

Com o lock-up a empresa consegue evitar a especulação das ações nos primeiros dias após o lançamento das ações no mercado.

O período de lock-up da Rede D’ Or iniciará no dia 9 de dezembro de 2020 e terminará no dia 18 de janeiro para a oferta de varejo, e no dia 28 de janeiro para o segmento private.

Quer Investir em Boas Ações? Baixe Grátis o Relatório com as 3 Melhores Ações para Investir Hoje.

Sobre a Rede D’Or

A Rede D’Or, anteriormente conhecida como Cardiolab, foi constituída no Rio de Janeiro em 1977.

Ao longo dos anos, a empresa se tornou referência no setor de saúde brasileiro, devido seu alto know-how.

Além da sua ampla experiência no setor de saúde, a empresa foi pioneira em diversas iniciativas como a utilização da metodologia proprietária Smart Track, oferecendo maior agilidade no atendimento dos pacientes.

Atualmente a Rede D’Or é considerada a maior rede independente de hospitais privados do país. Sua estrutura operacional abrange:

  • 51 hospitais próprios;
  • 1 hospital sob administração;
  • 32 projetos de hospitais em desenvolvimento, licenciamento ou construção;
  • 39 clínicas oncológicas;
  • 11 laboratórios;
  • 53 unidades de diálise.

Confira a distribuição dos hospitais, clínicas e laboratórios da Rede D’Or:

Gráfico do Número de Hospitais da Rede D´ Or
*Fonte: Prospecto Rede D’Or.

Composição Acionária da Rede D’Or

A composição acionária da companhia é dividida em 1,8 bilhão de ações ordinárias, com 40,82% pertencentes à família Moll.

AcionistasAçõesParticipação
Família Moll750,8 milhões40,82%
Fundo GIC477,0 milhões25,93%
Fundo Delta304,5 milhões16,55%
Outros307,1 milhões16,70%
Total1,8 bilhão100%

Quer Investir em Boas Ações? Baixe Grátis o Relatório com as 3 Melhores Ações para Investir Hoje.

Destinação de Recursos da Rede D’Or

A Rede D’Or pretende distribuir os recursos líquidos de R$ 8,0 bilhões obtidos com a oferta primária da seguinte forma:

DestinaçãoPercentual Estimado dosRecursos LíquidosValor EstimadoLíquido
custos de construção de novos hospitais e/ou de expansão das unidades existentes por meio de projetos greenfield e brownfield50%R$ 4 Bi
aquisição de novos ativos (hospitais, clínicas oncológicas,corretoras de seguros de saúde, dentre outros)50%R$ 4 Bi
Total100,00%R$ 8 Bi

Modelo de Negócios da Rede D’Or

A história da Rede D’ Or iniciou em 1977 através do laboratório Cardiolab que anos depois se transformou em um hospital.

Sua fonte de receita é originada por meio da prestação de serviços no setor de saúde, em que pesa a inclusão de medicamentos, materiais hospitalares, exames e honorários médicos.

Por meio da expansão orgânica, a empresa acumula um histórico bem-sucedido de aquisições, e ainda prevê espaço para um longo crescimento.

Sua estratégia de aquisição concentra-se em hospitais bem localizados, com condições demográficas e econômicas favoráveis e onde, normalmente, os operadores privados de planos de saúde dominantes dispõem de sólida credibilidade financeira.

Em 2018, a Rede D’Or adquiriu o Laboratório Richet, cadeia premium de análises clínicas e de imagem, com laboratórios distribuídos em diversas localidades na cidade do Rio de Janeiro.

As principais estratégias adotada pela Rede D’Or são:

  • Crescer organicamente;
  • Aproveitar atrativas oportunidades de crescimento;
  • Realizar investimentos  que possibilite a receita oriunda de vendas cruzadas.

As principais vantagens competitivas da Rede D’Or são:

  • Liderança no mercado;
  • Marca bem posicionado;
  • Poder de barganha na negociação de preços com as operadoras de planos de saúde.

Quer Investir em Boas Ações? Baixe Grátis o Relatório com as 3 Melhores Ações para Investir Hoje.

Resultados da Rede D’Or

A Rede D’ Or dobrou seu valor ao longo dos anos, demonstrando evolução nos principais indicadores de desempenho.

Os leitos operacionais resultaram em uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) de 21,7% e 31,2% na receita líquida e no Ebitda ajustado, respectivamente no mesmo período.

Confira a evolução da receita líquida da Rede D’Or dos últimos anos:

Gráfico da Evolução da Receita Líquida da Rede D´ Or
*Fonte: Prospecto Rede D’Or.

Confira a evolução do número de hospitais da Rede D’Or dos últimos anos:

Gráfico da Evolução do Número de Hospitais da Rede D´Or
*Fonte: Prospecto Rede D’Or.

Confira os resultados da Rede D’Or referente ao 3t20:

A receita líquida da Rede D’Or alcançou R$ 3,8 bilhões no 3t20, apresentando crescimento de 10,5% na comparação com o 3t19.

Os custos dos serviços prestados da Rede D’Or totalizaram R$ 2,9 bilhões no 3t20, apresentando crescimento de 13,8% na comparação com o 3t19.

O lucro bruto da Rede D’Or totalizou R$ 901,5 milhões no 3t20, apresentando crescimento de 1,1% quando comparado com o 3t19.

A margem bruta da Rede D’Or totalizou 23,7% no 3t20, apresentando retração de 2,2 pontos percentuais na comparação com o 3t19.

As despesas gerais e administrativas da Rede D’Or recuaram 35,4% no 3t20.

O lucro líquido da Rede D’Or alcançou R$ 337,9 milhões no 3t20, apresentando crescimento de 30,4% na comparação com o 3t19.

A margem líquida da Rede D’Or alcançou 8,8% no 3t20, apresentando crescimento de 1,2 ponto percentual na comparação com o 3t19.

A dívida bruta da Rede D’Or apresentou crescimento nos últimos anos, entretanto, a posição de caixa cresceu da mesma forma, evidenciando uma situação financeira saudável.

(R$ Mil)201520162017201820199M20
Dívida Bruta4,2 bi5,4 bi7,7 bi11,3 bi14,6 bi21,0 bi
Dívida Líquida3,1 bi2,6 bi4,4 bi7,3 bi9,9 bi12,5 bi
Caixa1,0 bi2,7 bi3,2 bi4,0 bi4,7 bi8,4 bi

Riscos do IPO da Rede D’Or

Antes de participar do IPO da Rede D’Or é recomendável que o investidor conheça os principais riscos que podem influenciar no desempenho futuro das ações (RDOR3):

  • A falta de liquidez no mercado poderá impactar na capacidade dos investidores de venderem ações ordinárias de emissão da Rede D’Or ao preço e no momento desejado;
  • Os impactos na economia, relacionados a pandemia de Covid poderá afetar as operações da companhia;
  • O valor de mercado da Rede D’Or poderá ser impactado caso ocorra acontecimentos políticos, econômicos, sociais e a percepção de riscos em outros países;
  • Caso ocorra o descumprimento de obrigações relacionadas à oferta poderá acarretar o desligamento das instituições e cancelamento de todos os pedidos de reserva.

Quer Investir em Boas Ações? Baixe Grátis o Relatório com as 3 Melhores Ações para Investir Hoje.

Como Participar do IPO da Rede D’Or

O investidor poderá participar do IPO da Rede D’Or através de uma corretora participante da oferta de ações.

Para participar do IPO da Rede D’Or o investidor deve preencher o volume financeiro e o preço máximo que deseja pagar por cada ação (RDOR3).

Lembrando que a faixa indicativa do preço para as ações da Rede D’Or está situada entre R$ 48,91 e R$ 64,35 por ação.

O período de reserva estabelecido pela da Rede D’Or iniciou no dia 24 de novembro de 2020, e terminará no dia 4 de dezembro de 2020.

IPO da Rede D’Or Vale a Pena?

Ao longo de sua história, a Rede D’Or acumula um histórico bem-sucedido de aquisições, demonstrando eficiência na implementação de sua expansão orgânica.

A empresa também está inserida no setor de saúde, caracterizado por sua elevada segmentação, apresentando grandes oportunidades de crescimento.

Sendo uma boa oportunidade de ter exposição no único pure play do setor de saúde no Brasil, que atualmente é líder no segmento de hospitais particulares e em clínicas de oncologia.

Seu crescimento acelerado nos últimos anos evidencia sua ótima gestão de recursos próprios e de terceiros.

Tendo em vista que a empresa irá negociar com múltiplos altos após seu IPO, a estimativa de crescimento do lucro líquido acaba por compensar o preço por ação. 

Portanto, vale a pena participar do IPO da Rede D’Or levando em consideração o piso da faixa indicativa em R$ 48,91.

Com seu IPO, a Rede D’Or se posicionará como uma das maiores empresas da Bovespa, valendo aproximados R$ 100 bilhões, considerada uma das mais relevante do setor.

Vale lembrar que o período de reserva estabelecido pela da Rede D’Or irá até o dia 4 de dezembro.

Antes de investir nos IPOs de 2020, conheça seu Perfil de Investidor e invista com maior segurança nas próximas oportunidades do mercado.

Quer Investir em Boas Ações? Baixe Grátis o Relatório com as 3 Melhores Ações para Investir Hoje.

Prospecto do IPO da Rede D’Or

Veja abaixo o prospecto preliminar do IPO da Rede D’Or (RDOR3):

Disclaimer: Declaro que as informações contidas neste texto são públicas e que refletem única e exclusivamente a minha visão independente sobre a companhia, sem refletir a opinião do The Capital Advisor ou de seus controladores.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE