IPO da Mater Dei (MATD3) Vale a Pena? Prazo, Riscos e Prospecto
| , ,

IPO da Mater Dei (MATD3) Vale a Pena? Prazo, Riscos e Prospecto

Saiba tudo sobre o IPO da Mater Dei: datas, preço das ações, pontos fortes, prospecto e se vale a pena participar.

Por
Atualizado em 12/04/2021

A empresa Mater Dei, considerada a maior rede hospitalar de Minas Gerais, abrirá capital na bolsa de valores do Brasil. Será que vale a pena?

A companhia espera movimentar cerca de R$ 2 bilhões com o seu IPO, considerando a oferta primária e secundária de ações.

Os recursos obtidos com o IPO (Initial Public Offering) a partir da oferta primária, serão investidos em futuras aquisições e construção de novos hospitais.

A estreia da Mater Dei na Bovespa está prevista para 14 de abril de 2021, com suas ações listadas no segmento Novo Mercado através do código (MATD3), entrando para a B3 (Bolsa, Brasil, Balcão).

Leia o artigo até o final e descubra se vale a pena investir na Mater Dei: prazos do IPO, lock-up, riscos e como participar.

Banner will be placed here

Data do IPO da Mater Dei

Confira abaixo o calendário (resumido) com as datas do IPO da Mater Dei.

#EventosData
1Registro de Oferta na CVM12/02/2021
2Aviso ao Mercado e disponibilização do prospecto preliminar22/03/2021
3Início do Pedido de Reserva do Varejo29/03/2021
4Início do Pedido de Reserva para Pessoas Vinculadas29/03/2021
5Encerramento do Período de Reserva para Pessoas Vinculadas31/03/2021
6Encerramento do Período de Reserva do Varejo12/04/2021
7Encerramento do Bookbuilding.Fixação do Preço por Ação.13/04/2021
8Data de início do Lock-up15/04/2021
9Início de negociação das ações no Novo Mercado15/04/2021
10Data de Liquidação16/04/2021
11Data máxima de Liquidação das Ações Suplementares.18/05/2021

Quer Investir em Boas Ações? Baixe Grátis o Relatório com as 3 Melhores Ações para Investir Hoje.

Características da Oferta

A Mater Dei está abrindo capital no segmento Novo Mercado de Governança Corporativa da B3 através do ticker (MATD3).

Foram definidos preços entre R$ 21,80 e R$ 26,20, como faixa indicativa para esse IPO. Considerando o preço médio da faixa indicativa, de R$ 24,00, a oferta deverá movimentar R$ 1,94 bilhão.

No caso do IPO da Mater Dei, a maior parte dos recursos captados com a oferta irão para o caixa da empresa. Ou seja, 84,5% da oferta será primária.

Considerando a estimativa de colocação mínima e máxima de ações, o free float (percentual de ações em circulação no mercado) será de 22,75% e 29,70%, respectivamente.

Confira abaixo os dados do IPO da Mater Dei:

Dados do IPO da Mater Dei
Faixa indicativa de preçoR$ 21,80 e R$ 26,20
Preço médio da faixa indicativaR$ 24,00
Oferta primária68,2 milhões de ações
Valor mínimo de reservaR$ 3 mil
Valor máximo de reservaR$ 1 milhão

Sobre a Mater Dei

A Mater Dei é um ecossistema de saúde, especializado na prestação de serviços hospitalares e oncológicos.

A companhia foi constituída em 1980 por Dr. José Salvador Silva em Belo Horizonte, com o Hospital Mater Dei Santo Agostinho.

Nos dias de hoje, a Mater Dei mantém 3 hospitais em operação, totalizando 1.081 leitos hospitalares.

Além disso, a empresa também cita em seu prospecto sobre a construção de uma nova unidade hospitalar na cidade de Salvador, Estado da Bahia.

Veja abaixo a localização dos hospitais da Mater Dei:

Imagem da Localização dos Hospitais da Mater Dei
*Fonte: Prospecto Mater Dei

Baseada na inovação e pioneirismo médico, a Mater Dei expandiu suas atividades ao longo dos anos de forma orgânica, construindo novos hospitais e aumentando seu portfólio de serviços.

Para os próximos anos, a companhia deseja crescer também via aquisições, capturando oportunidades atrativas, em regiões com alto potencial de crescimento.

Com isso, a companhia espera expandir suas operações para diversas regiões brasileiras, conseguindo ser reconhecida nacionalmente.

Entre os clientes da companhia, estão um grupo de mais de 85 operadoras de planos de saúde.

Quer Investir em Boas Ações? Baixe Grátis o Relatório com as 3 Melhores Ações para Investir Hoje.

Qual o objetivo do IPO da Mater Dei?

A companhia estima captar R$ 1,5 bilhão com sua oferta primária, líquido de comissões e despesas.

Veja abaixo como serão destinados os recursos captados com o IPO:

DestinaçãoPercentual Estimado dos Recursos LíquidosValor Estimado Líquido
Expansão inorgânica, por meio de aquisições80%1,2 bilhão
Expansão orgânica, por meio da construção de novos hospitais20%311 milhões
Total100%1,5 bilhão

Em seu prospecto, a Mater Dei citou investir a maior parte da oferta em aquisições de hospitais localizados em regiões estratégicas do país, como startups e healthtechs.

A destinação dos recursos captados com a oferta primária é vista como bastante favorável, visto que os recursos serão investidos inteiramente na expansão da empresa.

Composição Acionária da Mater Dei

Os principais acionistas da Mater Dei são:

  • JSS Empreendimentos e Participações S.A.;
  • Henrique Moraes Salvador Silva.

A fatia da JSS Empreendimentos e Participações S.A. no capital social da Mater Dei é de 76,53%, que poderá ser reduzida até 59,78%, caso forem exercidos os lotes adicionais de suplementares.

Veja abaixo a estrutura societária da Mater Dei:

Imagem da Estrutura Societária da Mater Dei
Fonte: Prospecto Mater Dei

Quer Investir em Boas Ações? Baixe Grátis o Relatório com as 3 Melhores Ações para Investir Hoje.

Histórico de Resultados da Mater Dei

A Mater Dei apresentou um crescimento estável nos últimos anos em sua receita líquida, a Taxa de Crescimento Médio Anual (CAGR) foi de 7,0% entre 2018 e 2020.

No ano de 2020, devido a crise econômica causada pelos efeitos da pandemia, a companhia reduziu sua receita líquida em -2,0%, quando comparado com 2019.

A Mater Dei apresentou Ebitda de R$ 155,3 milhões no ano de 2020, apresentando uma Taxa de Crescimento Médio Anual (CAGR) de -16,1% entre 2018 e 2020.

Logo, a Margem ebitda totalizou 21,6% no ano de 2020, apresentando retração de -13,6% na comparação com 2019.

O lucro líquido totalizou R$ 72,6 milhões em 2020, apresentando retração de -47,4% na comparação com 2019.

A Margem líquida totalizou 10,1% em 2020, apresentando retração de -8,7 pontos percentuais na comparação com 2019.

Em relação ao endividamento, a Mater Dei possui um baixo nível de endividamento, apresentando uma dívida bruta de R$ 242,2 milhões.

#202020192018
Dívida bruta242,milhões190,8 milhões175,5 milhões
Caixa270,8 milhões261,2 milhões286,3 milhões
Dívida líquida-28,6 milhões-70,4 milhões-110,8 milhões
Índice de liquidez1,32,92,6
Índice de alavancagem financeira-0,18x-0,27x-0,50x

Considerando o piso da faixa indicativa de R$ 21,80, estima-se que o valor de mercado da Mater Dei será aproximadamente R$ 7,9 bilhões.

Faixa Indicativa de Preço
Preço por Ação (R$)21,80 24,0026,20
Market Cap (R$)7,9 bilhões8,8 bilhões9,6 bilhões
EV (R$)7,9 bilhões8,7 bilhões9,5 bilhões

Os múltiplos foram calculados utilizando as demonstrações financeiras consolidadas da Mater Dei, dos últimos 12 meses de 2020.

Indicadores de Mercado
Indicadores de Mercado2020
Preço por Ação (R$)21,80
P/L110,1
VPA4,9
LPA0,1980
EV / Ebitda51,3
Quantidade de Ações366,8 milhões

Riscos do IPO da Mater Dei

Veja alguns dos principais riscos do IPO da Mater Dei:

  1. Risco de liquidez: a volatilidade e a falta de liquidez no mercado poderão limitar a capacidade dos investidores de vender as ações pelo preço e ocasião que desejarem;
  2. Economia mundial: riscos relacionados à economia global e brasileira poderão impactar o desempenho do mercado de valores mobiliários;
  3. Período de Lock-up: a venda de quantidades significativas das ações após o período de Lock-up poderá impactar no desempenho das ações da Mater Dei.

Quer Investir em Boas Ações? Baixe Grátis o Relatório com as 3 Melhores Ações para Investir Hoje.

Como Participar do IPO da Mater Dei

Confira o passo-a-passo para participar do IPO da Mater Dei:

  1. Abrir conta em uma corretora de valores participante da oferta;
  2. Acessar home-broker;
  3. Preencher o volume financeiro e o preço máximo que deseja pagar por cada ação (MATD3).

IPO da Mater Dei Vale a Pena?

A Rede Mater Dei de Saúde é uma empresa que apresenta bons fundamentos, além de estar bem posicionada no mercado.

Entretanto, a empresa apresentou um crescimento razoável em sua receita líquida nos últimos anos.

Outro fator, foi a redução do Ebitda, principal indicador de geração de caixa operacional, entre o período de 2018 à 2020.

Assim, vejo como arriscada a participação no IPO da Mater Dei. Sendo que, a empresa negocia com um EV/Ebitda de 51,3 e um índice P/L de 110,1.

Antes de investir nos IPOs de 2021, conheça seu Perfil de Investidor e invista com maior segurança nas próximas oportunidades do mercado.

Análise de Ações

Prospecto do IPO da Mater Dei

Veja abaixo o prospecto preliminar do IPO da Mater Dei (MATD3):

Disclaimer: Declaro que as informações contidas neste texto são públicas e que refletem única e exclusivamente a minha visão independente sobre a companhia, sem refletir a opinião do The Capital Advisor ou de seus controladores.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE

VOCÊ ESTÁ PRONTO

PARA ACUMULAR O

SEU 1 MILHÃO?

Faça o Teste de Perfil de Investidor e receba uma carteira para você Investir Melhor o seu Dinheiro.