A dor é uma sensação das quais todos tentam fugir, mas a dor também traz aprendizados. Ou ao menos deveria trazer.

No mundo dos investimentos frequentemente pessoas são seduzidas por um falso potencial de ganhos rápidos e, ao final desta curta jornada, esbarram em um doloroso prejuízo financeiro.

A diferença é que no mundo dos investimentos são poucos os que PODEM aprendem com a dor. 

Errar todos os investidores erram, mas muitos acabam errando grande o bastante para não ter como voltar ao jogo. Game over e não há volta.

Existem uma camada módica de investidores que compreendem que o caminho para o investimento em ações é uma atividade de longo prazo.

Essa compreensão não exclui, mas reduz a probabilidade de erros. 

Na hora de montar uma carteira de ações, todos estão suscetíveis a escolher uma ação que aparentemente seja boa, mas que se prove ruim no futuro. 

Por isso, recomendo fortemente a utilização da margem de segurança

Se a ação se tornar um péssimo negócio, a margem de segurança será capaz de minimizar o impacto no resultado. 

No pior dos casos, você pagou muito barato por algo que realmente não valia muita coisa.

A margem de segurança é criada quando compramos uma ação de uma empresa pagando um preço inferior ao que realmente valeria o preço justo

Analogamente, é o mesmo que comprar uma nota de R$ 10, pagando apenas R$ 5. 

É um ótimo negócio, pois você sabe que pagou a metade do que realmente vale. 

Replicar esse método no mercado de ações reduz os riscos

Gráfico de método de compra com margem de segurança
Gráfico de método de compra com margem de segurança.

A margem de segurança proporciona uma relação onde você tem mais a ganhar do que a perder. 

Quanto maior a margem de segurança, maior é o potencial de ganho e menor é o risco

A margem de segurança propicia uma alteração sobre a relação risco x retorno reconhecida academicamente, que diz que quanto maior o risco, maior é o potencial de ganho.

Todas as ações que selecionamos para a carteira do canal Joias da Bolsa levaram em consideração a margem de segurança.

Quer Investir em Boas Ações? Baixe Grátis o Relatório com as 3 Melhores Ações para Investir Hoje.

Recentemente participamos do IPO da Intelbras (INTB3).

Não quero entrar aqui no mérito qualitativo da empresa que, obviamente, entendo ser diferenciada e, se confirmarem minhas expectativas, penso ser uma “nova WEGE3” na bolsa.

Mas não quero fazer alarde sobre isso agora também. Há muita água para passar debaixo da ponte.

As minhas expectativas não importam.

O que importa é que pagamos R$ 15,75 por ação e isso nos proporcionou uma elevada margem de segurança

No caso de INTB3, vemos uma combinação de crescimento com margem de segurança no preço que é algo muito raro.

Não existe mágica.

O preço módico de compra é o que explica o fato de a ação estar gerando mais de 80% de lucro para os assinantes do Joias desde fevereiro deste ano.

A margem de segurança te protege de riscos do mercado financeiro e te gera robustos ganhos (às vezes no curto prazo, ainda que você não possa contar com isso). 

Não à toa que a carteira do canal Joias da Bolsa segue o Value Investing em sua essência. 

Diferente do que dizem por aí, o preço importa sim.