O que é Iniciativa Privada

Iniciativa Privada é qualquer atividade ou organização que não tem participação do setor público e governamental. Essas companhias são fundamentais para o setor econômico e produtivo.

Grande parte dessas organizações tem como objetivo o lucro, porém existem algumas instituições de iniciativa privada que não se restringem ao lucro, e sim outros resultados sociais.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Economia e Iniciativa Privada

A grande maioria das empresas do mundo são de iniciativa privada, e se contrapõe a empresas estatais, uma vez que empresas controladas pelo Estado podem ter outros objetivos e motivações que não o lucro.

Já no caso das empresas privadas, na maioria das vezes o lucro serve como guia para todas as movimentações, inovações e também mudanças na estrutura da empresa.

Isso acontece pois os proprietários investiram seu próprio dinheiro ou fizeram empréstimos para a criar essa empresa e esperam um retorno financeiro positivo sobre esse investimento, dado que além do dinheiro, foi investido tempo e esforço na criação dessa organização.

As empresas ligada a iniciativa privada podem se dividir entre vários tipos, sendo os mais comuns:

  • Sociedade Anônima 
  • Sociedade Simples 
  • Empresa Individual
  • Microempreendedor Individual

Sociedade Anônima são aquelas empresas que têm o capital social dividido em Ações. Quando atua no regime de capital aberto, é possível se tornar um sócio de uma pequena parte dessa empresa, já que suas ações são negociadas na bolsa de valores.

Sociedade Simples são as empresas formadas pela sociedade de dois ou mais profissionais que atuam na mesma área, um exemplo seria uma sociedade feita por advogados.

Empresa Individual são aquelas empresas fundadas por apenas um proprietário, e sua receita deve ser superior a 81 mil reais por ano, pois caso a sua receita seja inferior a esse patamar, a empresa é considerada uma MEI (Microempreendedor Individual).

Microempreendedor Individual são aquelas empresas que possuem apenas um proprietário, e sua receita é inferior a 81 mil reais por ano, isso faz com que diversas cargas tributárias sejam reduzidas, a fim de incentivar o empreendedorismo no início da instituição.

Iniciativa Privada sem fins lucrativos

Existem algumas empresas e organizações da iniciativa privada que não tem fins lucrativos, ou  seja, o seu objetivo principal não é o lucro, essas organizações estão inseridas em diversos setores, como a área da saúde, educação ou até mesmo meio ambiente.

O ponto principal dessas instituições sem fins lucrativos é buscar melhorias que caminham junto ao interesse público e aplicam seus recursos para alcançar objetivos sociais.

O financiamento dessas instituições pode vir tanto dos seus proprietários quanto de terceiros, na forma de investimento, parcerias ou até mesmo doações que contribuam para a continuidade das operações.

Ao investir o seu dinheiro em uma empresa sem fins lucrativos, o investidor deve estar ciente que todos os projetos e expansões dessa organização não visa o lucro próprio, e sim o bem estar da sociedade.

Um exemplo seriam as instituições que trabalham em comunidades e favelas, levando à população local alimento, roupas e outros bens essenciais que por vezes faltam a essas famílias, causando um grande aumento na qualidade de vida dessas pessoas.

Importância da Iniciativa Privada

A iniciativa privada é fundamental para o funcionamento e desenvolvimento da economia. Em levantamento feito pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), existem mais de 5 milhões de empresas da iniciativa privada.

Essa quantidade de empresas impactam profundamente na questão da criação de empregos, uma vez que mais de 50 milhões de brasileiros trabalham no setor privado, sendo portanto, parte essencial da economia.

Portanto diversos economistas apontam que o governo deve incentivar o empreendedorismo e a criação de novas empresas, pois isso acarreta em uma queda nos níveis de desemprego e com isso um maior desenvolvimento da economia e na qualidade de vida dos trabalhadores.