O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR) subiu 1,86% em agosto, o que representa uma aceleração em relação à taxa mensal de 0,51% registrada no mês anterior, informou nesta quarta-feira (6) a Fundação Getúlio Vargas. Com o resultado, a taxa acumulada em 12 meses passou de 7,37% em julho para 7,49% em agosto.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

Entre julho e agosto, todas as cidades componentes do IVAR apresentaram alta em suas taxas de variação: São Paulo (de -0,35% para 1,46%), Rio de Janeiro (1,00% para 1,09%), Belo Horizonte (de 2,54% para 2,84%) e Porto Alegre (de 0,58% para 2,50%), conforme ilustra o gráfico do release.

As taxas interanuais, que comparam agosto de 2023 com o mesmo mês do ano passado, desaceleraram em três das quatro cidades componentes do IVAR: Rio de Janeiro (de 9,49% para 9,42%) Porto Alegre (de 5,76% para 5,62%) e Belo Horizonte (de 10,73% para 10,45%).

São Paulo (de 5,97% para 6,42%) foi a única cidade a registrar avanço em sua taxa interanual.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Fonte: Infomoney