O que é Índice de Negociabilidade - IN

Índice de Negociabilidade – IN

O que é Índice de Negociabilidade – IN. Entenda melhor o conceito de IN e descubra sua importância!

O que é Índice de Negociabilidade – IN

Índice de Negociabilidade – IN é um indicador financeiro que determina o grau de negociação que um determinado ativo possui no mercado de capitais. 

Assim, o Índice de Negociabilidade possui um cálculo que determina que quanto maior for o volume de negociações do ativo, maior será seu valor no Índice de Negociabilidade.

Portanto, existe uma relação proporcional entre o volume de negociações do ativo e o seu grau de negociabilidade na escala do IN.

Banner will be placed here

Mercado de Capitais e Negociabilidade

O mercado de capitais está interligado com diversos outros setores do país. Isso primeiramente deve-se ao fato de que empresas dos mais diferentes segmentos estão listadas na bolsa de valores.

Além disso, os resultados das empresas dependem tanto do consumo interno quanto do consumo interno, sendo portanto afetados pelos mais diferentes elementos políticos, econômicos, sociais, naturais etc.

Nesse sentido, existe uma oscilação natural de altas e baixas nos ativos das empresas, o que produz consequentemente uma rede de negociações que ocorre a todo instante ao longo do período dos pregões.

Os valores dos ativos também dependem da sua negociabilidade, pois quanto maior for a procura por compra de um determinado ativo, a tendência é que seu preço seja mais alto do que ativos com menor procura de compra.

Outro elemento importante é que empresas mais consolidadas e com maiores resultados financeiros costumam atrair maior volume de investidores do que empresas menores (como as small caps).

Assim, diante desse cenário, o Índice de Negociabilidade busca acompanhar e registrar o grau de negociabilidade dos ativos (especialmente ações) de acordo com o volume de suas negociações realizadas. 

Como funciona o Índice de Negociabilidade

O grau de negociabilidade de um determinado ativo é calculado através de diferentes informações, como o volume de negociações feitas com o ativo, volume financeiro do ativo e o número de pregões no período de análise.

Também participam do cálculo o número de negociações realizadas na B3 (a Bolsa de Valores do Brasil) e o volume financeiro total das negociações realizadas na B3.

Por meio dessas informações o cálculo é realizado e constitui uma importante ferramenta de análise de ações, especialmente no que diz respeito à liquidez do investimento.

Ações com maior grau de negociabilidade são ações com maior liquidez. Ou seja, são ações em que o ativo pode facilmente ser vendido e retornar em dinheiro, conforme a necessidade do investidor.

Diferentemente, ações com menor grau de negociabilidade são ações com menor liquidez, na medida em que não tem uma oferta tão grande no mercado de capitais e, com isso, possuem um maior período de conversão em dinheiro.

Assim, na montagem de uma carteira de investimentos em ações é importante considerar a facilidade com que o dinheiro investido possa retornar ao investidor, ou seja, a liquidez do ativo.

O Índice de Negociabilidade é também importante no sentido da valorização do preço das ações, pois ações com maior negociabilidade tendem a ser ações com maior valorização a longo prazo.

Entretanto, em termos de investimento sempre existem riscos e no mercado acionário é preciso trabalhar com ferramentas e técnicas que minimizem perdas e possibilitem maior ganho.

Nesse sentido, o Índice de Negociabilidade pode ser incorporado a outros índices e técnicas para contribuir para uma melhor avaliação dos investimentos.

Uma boa alocação de ativos é o primeiro passo para extrair o máximo dos investimentos, pois possibilita maiores retornos dentro de uma margem de segurança.

Consequentemente, o Índice de Negociabilidade está inserido em uma boa alocação de ativos, pois é um fator que deve ser analisado em relação aos ativos em vista, como uma medida de possibilidade de tanto de ganho (valorização) quanto de retorno do capital através da liquidez.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE