Indicador Warren Buffett: bolsa de valores hoje está barata
| ,

Indicador Warren Buffett: bolsa de valores hoje está barata

Indicador do bilionário Warren Buffet indica espaço para valorização em 2020 da bolsa de valores brasileira.

Por
Atualizado em 29/01/2020

O indicador percentual de capitalização das empresas listadas na bolsa de valores, do bilionário Warren Buffett mostra que a bolsa brasileira hoje está barata.

Warren Buffett é um dos maiores investidores da história e sempre buscou investir em ações baratas e de boas empresas.

Ele utiliza um indicador que mostra quais os mercados que estavam mais atrativos no momento.

Dessa forma, Buffett conseguia analisar qual país ainda estava com as ações baratas de forma geral.

Esse indicador é o percentual de capitalização das empresas listadas.

Indicador de Warren Buffett

O indicador que o megainvestidor Warren Buffett utiliza é conhecido popularmente como capitalização das empresas listadas.

O indicador representa a soma do valor de todas ações de todas as empresas negociadas na bolsa de valores do país.

No Brasil a bolsa de valores hoje a soma dessas empresas está em torno de R$ 4,8 trilhões.

Porém, analisar esse valor de forma isolada não revelará nada para você.

Banner will be placed here

O indicador de Warren Buffett deve ser medido em proporção com o PIB do país, para daí termos o percentual de capitalização das empresas listadas em relação ao PIB.

A bolsa de valores hoje (Ibovespa) está com uma razão de 68%.

Gráfico Capitalização PIB Brasil
Gráfico: Capitalização PIB Brasil

Veja que no gráfico você pode perceber já estivemos em 98% do PIB em 2008.

Analisando este indicador a conclusão imediata é que a bolsa de valores hoje está barata.

Agora se você comparar esse indicador com os Estados Unidos, fica ainda mais evidente a diferença.

Gráfico Capitalização de mercado das empresas listadas na bolsa de valores
Gráfico: Capitalização de mercado das empresas listadas na bolsa de valores

Os americanos estão hoje com uma capitalização de mercado de 168% do PIB.

O fato de que há um diferencial muito grande entre Brasil e Estados Unidos.

Além disso, o mercado financeiro americano está no final de um grande ciclo de valorização da bolsa de valores e isso é um ponto positivo para a B3 (bolsa, brasil, balcão).

O retorno às médias pode impactar positivamente a bolsa brasileira.

Bolsa de Valores 2020

Além do indicador de Warren Buffett, outro fator que deve influenciar a valorização da bolsa de valores em 2020 é a queda da taxa de juros (Selic), com alguns analistas projetando um possível corte para 4,25% ainda em 2020.

Gráfico: variação trimestral PIB Brasil
Gráfico: variação trimestral PIB Brasil. Fonte: XP

Colocando na conta que temos um PIB estabilizado, indicando uma recuperação pela frente, reforça a ideia de que não há nada de escandalosamente caro na bolsa brasileira.

Gráfico: variação trimestral PIB Brasil
Gráfico: variação trimestral PIB Brasil. Fonte: XP

Por fim, ainda temos importantes reformas sendo realizadas pelo atual governo, como:

  • Reforma da previdência;
  • Privatização de estatais;
  • Melhora do déficit público devido ao juro baixo;
  • Pacote de medidas econômicas.

Conclusão

A primeira atitude que você deve tomar é comprar ações de boas empresas.

Com o mercado em alta, o preço de ações de empresas ruins também sobe, mas são as primeiras a se desvalorizar de maneira mais expressiva quando o mercado entra em pânico.

Você deve focar seus investimentos em qualidade em primeiro lugar.

Se der para comprar ações boas e baratas, melhor ainda.

Se empresa ruim sobe, empresa boa também cai.

A diferença que a queda do preço de uma ação de uma boa empresa é uma oportunidade.

Hoje há muita empresa boa, barata e cheia de gatilhos para se valorizar na bolsa em 2020.

Simples assim.

Quanto antes você começar a investir na bolsa de valores, maior será a valorização dos seus investimentos.

Disclaimer: Declaro que as informações contidas neste texto são públicas e que refletem única e exclusivamente a minha visão independente sobre a companhia, sem refletir a opinião do The Capital Advisor ou de seus controladores.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE