Em Wall Street, os índices futuros das principais bolsas operam em leve baixa nesta quarta-feira (6), antes da divulgação da ata da reunião do Federal Reserve (Fed), que pode reforçar as apostas para um aumento de 0,75 ponto percentual na taxa de juros no mês de julho.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

O foco do mercado americano também está na próxima divulgação dos lucros corporativos. Às 7h58 (horário de Brasília), o índice futuro de Dow Jones caia -0,10%, S&P 500 desvalorizava -0,16% e Nasdaq caia -0,21%.

Na Europa, as principais bolsas operam com ganhos sólidos, com os investidores aguardando a ata da reunião do Federal Reserve (Fed) e digerindo os dados das vendas no varejo da Zona do Euro do mês de maio.

As vendas no varejo da Zona do Euro subiram modestamente no mês de maio, alcançando 0,2% contra 0,4% esperado pelo mercado, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (6) pelo Eurostat.

De acordo com o Eurostat, a inflação fez com que os consumidores da Zona do Euro cortassem gastos com alimentos, bebidas e tabaco. Às 8h07 (horário de Brasília), o índice IBEX 35 valorizava 0,52%, CAC 40 subia 1,68% e Euro Stoxx 50 valorizava 1,63%.

Na Ásia, os principais benchmarks fecharam em baixa, com o mercado precificando o risco de recessão, à medida que o aperto contínuo da política monetária aumenta a possibilidade de um declínio na atividade econômica.

Por outro lado, a arrecadação fiscal bate novo recorde no Japão, totalizando US$ 495 bilhões, no período de 12 meses, encerrado em março. O Kospi caiu -2,13% aos 2.292,01 pontos, o Nikkei 225 desvalorizou -1,15% aos 26.119,33 pontos e o China A50 caiu -1,73% nos 14.699,95 pontos.

No Brasil, o Ibovespa futuro com vencimento em agosto, opera em baixa de -0,70% nos 98.800 pontos na manhã desta quarta-feira (6), com a elevação do risco fiscal no país e à espera da ata da reunião do Federal Reserve (Fed).

No mercado de juros futuros, a tendência é de alta, com os contratos futuros de DI valorizando. Às 9h17 (horário de Brasília), o DI futuro para janeiro de 2023 cai -0,01 ponto a 13,72%, o DI futuro para janeiro de 2024 sobe 0,01 ponto a 13,51% e o DI futuro para janeiro de 2025 sobe 0,01 ponto a 12,83%.

No campo político, o relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Auxílios na Câmara dos Deputados, Danilo Forte (União Brasil-CE), manteve a versão do texto aprovada uma semana atrás pelo Senado Federal, para agilizar o pagamento dos benefícios previstos na matéria.

Em outros mercados, os preços do petróleo operam em alta nesta quarta-feira, à medida que as preocupações com a oferta sobressaíram as preocupações sobre uma recessão global. Às 8h22 (horário de Brasília), o petróleo tipo Brent subia 1,27% para US$ 114,75 o barril.

Agenda Econômica do Dia

Nos destaques econômicos dos Estados Unidos, no dia de hoje (6), às 10h45 o mercado aguarda a divulgação do PMI compostos e de serviços.

Na agenda doméstica, o Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV Ibre) divulgou nesta quarta-feira (6), que o Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR) desacelerou para 0,31% em junho, e acumula uma alta de 8,05% nos últimos 12 meses.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV Ibre), a única cidade a apresentar elevação na variação média do aluguel residencial foi São Paulo.

Dólar

O dólar comercial iniciou a sessão desta quarta-feira (6), com viés de alta de 0,49%, a R$ 5,389.

Pouco depois das 9h00 (horário de Brasília), o dólar era negociado aos R$ 5,415 para compra, e aos R$ 5,416 para venda.

A moeda norte-americana acumula uma valorização de 3,02% no acumulado de julho e uma baixa de -2,85% no acumulado de 2022.

Melhores Ações para 2022: Encontre as Melhores Ações para Investir com Apenas 1 Clique.

Indicadores Econômicos

Confira os principais indicadores econômicos hoje:

IndicadorValor
DólarR$ 5,389
IPCA+0,47%
IGP-M+0,59%
CDI+0,098098%
Selic+13,25%
Poupança+0,663900%

Como Acompanhar o Mercado Financeiro? Baixe o Aplicativo com Análises de Especialistas

Preços das Criptomoedas Hoje

O valor do mercado global de criptomoedas agora é de US$ 0,91 trilhão, um aumento de 0,89% em relação ao último dia, de acordo com dados do CoinMarketCap.

O Bitcoin (BTC) foi negociado entre US$ 1,275 mil e US$ 20,726 mil nas últimas 24 horas. A partir das 09:00 (UTC) de hoje, o BTC está sendo negociado a US$ 20,171 mil, um aumento de 1,59%.

A maioria das principais criptomoedas por valor de mercado são negociadas de forma mista. Os destaques do mercado incluem BURGER , AGLD e FORTH , com aumento de 40%, 15% e 13%, respectivamente. Veja as cotações das principais criptomoedas hoje do Mercado:

IndicadorPreço24h7dCapitalização
BitcoinUS$ 20.108,98+1,6%-0,9%US$ 383,8 B
EthereumUS$ 1.137,20+0,5%-0,5%US$ 135,9 B
Binance CoinUS$ 237,06+3,4%+4,4%US$ 38,7 B
SolanaUS$ 35,96+3,7%+2,4%US$ 12,4 B

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022.

Commodities

Confira os números das principais commodities hoje:

CommodityValor (US$)Oscilação
Ouro1.760,85-0,17%
Prata19,137+0,08%
Cobre3,3950-0,59%
Petróleo WTI100,14+0,64%
Petróleo Brent114,75+1,27%

Não deixe de acompanhar diariamente o Morning Call TheCap no seu celular, baixe o aplicativo do mercado financeiro gratuitamente agora!

Assim fechamos mais um Morning Call, bons investimentos a todos!

Informe o DDD + 9 dígitos