Em Wall Street, os índices futuros das principais bolsas operam em queda nesta quinta-feira (14), com o mercado sinalizando que o Federal Reserve (Fed) conduzirá a política monetária de forma mais agressiva após o aumento da inflação dos Estados Unidos.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

O Índice de Preços ao Consumidor, que mede a inflação dos Estados Unidos, veio mais que o esperado pelo mercado, avançando para 1,3% em junho ante aumento de 1% em maio, maior nível em 41 anos.

Os investidores também estão digerindo as preocupações com uma possível recessão ressaltada do Livro Bege do Federal Reserve (Fed). Às 8h02 (horário de Brasília), o índice futuro de Dow Jones caia -1,31%, S&P 500 desvalorizava -1,27% e Nasdaq caia -0,87%.

Na Europa, os principais índices operam em baixa, com os investidores precificando novos aumentos nas taxas de juros dos Estados Unidos, após os dados da inflação americana virem acima do que o esperado pelo mercado.

Os investidores estão aguardando pelo Índice de Preços ao Produtor (IPP) dos Estados Unidos que deve sinalizar uma estabilidade na mudança nos preços pagos aos produtores norte-americanos de bens e serviços. Às 8h10 (horário de Brasília), o índice IBEX 35 desvalorizava -1,63%, CAC 40 caia -1,11% e Euro Stoxx 50 desvalorizava -1,25%.

Na Ásia, os principais benchmarks fecharam em baixa, com o mercado digerindo os dados da produção industrial do Japão que vieram mais fracos na segunda leitura de maio, e o crescimento dos casos de Covid-19 em Tóquio.

As autoridades governamentais de Tóquio comunicaram nesta quinta-feira (14), o registro de 16.662 novos casos do coronavírus na capital japonesa. O Kospi caiu -0,27% aos 2.322,32 pontos, o Nikkei 225 valorizou 0,62% aos 26.643,39 pontos e o Shanghai caiu -0,08% nos 3.281,74 pontos.

No Brasil, o Ibovespa futuro com vencimento em agosto, opera em baixa de -0,61% nos 98.038 pontos na manhã desta quinta-feira (14), acompanhando a cautela em Wall Street.

No mercado de juros futuros, a tendência é de alta, com os contratos futuros de DI valorizando. Às 9h18 (horário de Brasília), o DI futuro para janeiro de 2023 sobe 0,01 ponto a 13,88%, o DI futuro para janeiro de 2024 sobe 0,05 ponto a 13,82% e o DI futuro para janeiro de 2025 sobe 0,07 ponto a 13,14%.

No campo político, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou na noite da véspera, em segundo turno, o texto-base da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Auxílios, que cria programas sociais e amplia benefícios já existentes. Foram 469 votos favoráveis e 17 contrários à matéria, além de duas abstenções.

Em outros mercados, os preços do petróleo operam em baixa nesta quinta-feira, com os investidores temendo uma menor, demanda devido o aumento nas taxas de juros dos Estados Unidos. Às 8h25 (horário de Brasília), o petróleo tipo Brent caia -2,33% para US$ 97,25 o barril.

Agenda Econômica do Dia

Nos destaques econômicos dos Estados Unidos, no dia de hoje (14), às 12h00 o mercado aguarda o discurso de discurso do diretor do Fed, Christopher Waller.

No Brasil, foi divulgado nesta quinta-feira (14), que a prévia do Produto Interno Bruto (PIB) medido pelo Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) registrou queda de -0,11% no mês de maio.

A prévia do Produto Interno Bruto (PIB) veio abaixo do esperado pelo mercado, que apostava em um avanço de 0,10% para o indicador.

Dólar

O dólar comercial iniciou a sessão desta quinta-feira (14), com viés de alta de 1,10%, a R$ 5,470.

Pouco depois das 9h00 (horário de Brasília), o dólar era negociado aos R$ 5,465 para compra, e aos R$ 5,466 para venda.

A moeda norte-americana acumula uma valorização de 4,00% no acumulado de julho e uma baixa de -1,93% no acumulado de 2022.

Melhores Ações para 2022: Encontre as Melhores Ações para Investir com Apenas 1 Clique.

Indicadores Econômicos

Confira os principais indicadores econômicos hoje:

IndicadorValor
DólarR$ 5,470
IPCA+0,67%
IGP-M+0,59%
CDI+0,392970%
Selic+13,25%
Poupança+0,663900%

Como Acompanhar o Mercado Financeiro? Baixe o Aplicativo com Análises de Especialistas

Preços das Criptomoedas Hoje

O valor de mercado global de criptomoedas agora é de US$ 0,89 trilhão, um aumento de 0,06% em relação ao último dia, de acordo com dados do CoinMarketCap.

O Bitcoin (BTC) foi negociado entre US$ 18,900 mil e US$ 20,417 mil nas últimas 24 horas. A partir das 09:00 (UTC) de hoje, o BTC está sendo negociado a US$ 19,735 mil, uma queda de -0,53%.

A maioria das principais criptomoedas por valor de mercado são negociadas de forma mista. Os destaques do mercado incluem LEVER , FIRO e BETA , com alta de 124%, 123% e 30%, respectivamente. Veja as cotações das principais criptomoedas hoje do Mercado:

IndicadorPreço24h7dCapitalização
BitcoinUS$ 19.758,11-0,2%-4,0%US$ 377,2 B
EthereumUS$ 1.084,90+1,1%-8,8%US$ 129,8 B
Binance CoinUS$ 229,16+1,3%-4,1%US$ 37,4 B
SolanaUS$ 33,92+0,3%-8,5%US$ 11,7 B

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022.

Commodities

Confira os números das principais commodities hoje:

CommodityValor (US$)Oscilação
Ouro1.710,25-1,45%
Prata18,695-2,60%
Cobre3,2600-1,88%
Petróleo WTI93,66-2,74%
Petróleo Brent97,25-2,33%

Não deixe de acompanhar diariamente o Morning Call TheCap no seu celular, baixe o aplicativo do mercado financeiro gratuitamente agora!

Assim fechamos mais um Morning Call, bons investimentos a todos!

Informe o DDD + 9 dígitos