Em Wall Street, os índices futuros das principais bolsas operam em baixa nesta quinta-feira (12), após os dados de inflação dos Estados Unidos virem acima do esperado para abril, puxado pelos maiores custos de habitação e serviços médicos.

O rendimento do Tesouro de 10 anos dos Estados Unidos recuou para 2,83% na manhã de hoje, com a taxa anual da inflação dos Estados Unidos desacelerando para 8,3% após alcançar seu pico em março, devido aos menores preços da gasolina.

As ações da Generac Holdings Inc fecharam próximo a sua mínima de 1 ano na quarta-feira, fazendo com que os analistas reforçassem suas recomendações de compra para os papéis da companhia. Às 7h58 (horário de Brasília), o índice futuro de Dow Jones desvalorizava -0,29%, S&P 500 caia -0,43% e Nasdaq desvalorizava -0,89%.

Na Europa, os principais índices operam em baixa, motivados pela alta inflação dos Estados Unidos que pode desencadear uma política monetária agressiva do Federal Reserve (Fed), com a elevação dos juros.

Os investidores também estão digerindo a divulgação do Produto Interno Bruto (PIB) do primeiro trimestre do Reino Unido, que registrou crescimento de 0,8%, abaixo do esperado pelo mercado. Às 8h04 (horário de Brasília), o índice IBEX 35 desvalorizava -1,39%, CAC 40 caia -2,36% e Euro Stoxx 50 desvalorizava -2,02%.

Na Ásia, as principais bolsas operaram em baixa nesta quinta-feira, com as ações de tecnologia fechando próximo a suas mínimas, e com os investidores repercutindo o relatório de inflação dos Estados Unidos.

O iene japonês operou abaixo dos 130,00 em relação ao dólar americano, em meio aos temores de uma desaceleração do crescimento econômico na China. O Shanghai caiu -0,12%, aos 3.054,99 pontos, o Kospi desvalorizou -1,63% aos 2.550,08 pontos e o Hang Seng desvalorizou -2,24% aos 19.380,34 pontos.

No Brasil, o Ibovespa futuro com vencimento em junho, opera em baixa de -0,84% nos 104.642 pontos na manhã desta quinta-feira (12), de olho no mercado americano.

No mercado de juros futuros, a tendência é de alta, com os contratos futuros de DI valorizando. Às 9h29 (horário de Brasília), o DI futuro para janeiro de 2023 sobe 0,02 ponto a 13,34%, o DI futuro para janeiro de 2024 sobe 0,03 ponto a 13,06% e o DI futuro para janeiro de 2025 sobe 0,2 ponto a 12,45%.

No campo político, a Câmara aprovou na quarta-feira (11), o pagamento de um adicional por sobreaviso aos policiais federais, em meio aos protestos da categoria contra o governo por causa de um aumento salarial prometido e não entregue. A medida provisória (MP) segue agora para análise do Senado Federal, que precisa aprová-la até 25 de maio.

Em outros mercados, os preços do petróleo operam em baixa nesta quinta-feira, em meio aos temores de recessão perseguindo os mercados financeiros globais. Às 8h27 (horário de Brasília), o petróleo tipo Brent caia -1,08% para US$ 106,36 o barril.

Agenda Econômica do Dia

Nos destaques econômicos dos Estados Unidos, no dia de hoje (12), às 9h30 será divulgado o índice de preços ao produtor (PPI) de abril.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou na manhã de hoje (12), que o setor de serviços registrou crescimento de 1,7% em março, e alcança o maior nível desde maio de 2015.

De acordo com a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), a maior contribuição para o crescimento do setor de serviços em março veio do grupo de transporte, puxado pelo setor rodoviário de cargas, especialmente o vinculado ao comércio eletrônico e ao agronegócio.

Dólar

O dólar comercial iniciou a sessão desta quinta-feira (12), com viés de alta de 0,90%, a R$ 5,191.

Pouco depois das 9h00 (horário de Brasília), o dólar era negociado aos R$ 5,191 para compra, e aos R$ 5,191 para venda.

A moeda norte-americana acumula uma valorização de 4,32% em maio e uma baixa de -6,88% no acumulado de 2022.

Melhores Ações para 2022: Encontre as Melhores Ações para Investir com Apenas 1 Clique.

Indicadores Econômicos

Confira os principais indicadores econômicos hoje:

IndicadorValor
DólarR$ 5,191
IPCA+1,06%
IGP-M+1,41%
CDI+0,364652%
Selic+12,75%
Poupança+0,667100%

Como Acompanhar o Mercado Financeiro? Baixe o Aplicativo com Análises de Especialistas

Preços das Criptomoedas Hoje

O valor do mercado global de criptomoedas agora é de US$ 1,18 trilhão, uma queda de -15,43% em relação ao último dia, de acordo com dados do CoinMarketCap.

O Bitcoin (BTC) foi negociado entre US$ 24,500 mil e US$ 32,149 mil nas últimas 24 horas. A partir das 09:00 (UTC) de hoje, o BTC está sendo negociado a US$ 27,572 mil, uma queda de -11,98%.

A maioria das principais criptomoedas por valor de mercado está sendo negociada em baixa. Os melhores desempenhos do mercado incluem AXS , PAXG e ALPACA , com alta de 4%, -1% e -3%, respectivamente. Veja as cotações das principais criptomoedas hoje do Mercado:

IndicadorPreço24h7dCapitalização
BitcoinUS$ 28.716,42-9,8%-27,7%US$ 546,7 B
EthereumUS$ 1.979,37-18,5%-32,7%US$ 239,2 B
Binance CoinUS$ 275,01-11,4%-32,1%US$ 45,9 B
SolanaUS$ 45,66-29,0%-51,3%US$ 15,3 B

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022".

Commodities

Confira os números das principais commodities hoje:

CommodityValor (US$)Oscilação
Ouro1.846,66-0,38%
Prata21,033-2,51%
Cobre4,0685-3,34%
Petróleo WTI104,77-0,89%
Petróleo Brent106,36-1,08%

Não deixe de acompanhar diariamente o Morning Call TheCap no seu celular, baixe o aplicativo do mercado financeiro gratuitamente agora!

Assim fechamos mais um Morning Call, bons investimentos a todos!

Informe o DDD + 9 dígitos