No cenário norte-americano, os índices futuros das principais bolsas operam em alta nesta quinta-feira (4), após o presidente do Federal Reserve (Fed) de St. Louis, James Bullard, aliviar os temores de uma recessão nos Estados Unidos, citando ganhos de emprego e baixo desemprego.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

O rendimento do Tesouro de 10 anos dos Estados Unidos alcançou os 2,71%, com alívio de recessão. Às 7h40 (horário de Brasília), o índice futuro de Dow Jones subia 0,29%, S&P 500 valorizava 0,39% e Nasdaq subia 0,62%.

Na Europa, as principais benchmarks operam em alta, com o otimismo global dos investidores sobressaindo sobre os dados econômicos menos sólidos do setor de construção da Alemanha, que alcançaram o seu menor patamar em 17 meses.

O PMI do setor de construção da Alemanha desacelerou para 43,7 pontos em julho, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (4) pela S&P Global. Às 7h50 (horário de Brasília), o índice IBEX 35 valorizava 0,49%, CAC 40 subia 1,03% e Euro Stoxx 50 valorizava 1,05%.

Na Ásia, as principais bolsas fecharam em alta, acompanhando o rali em Wall Street, com os investidores menos receosos sobre a controversa visita da presidente da Câmara dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, a Taiwan.

A presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, reafirmou que o congresso americano está comprometido em ajudar Taiwan. O Kospi subiu 0,47% aos 2.473,11 pontos, o China A50 valorizou 1,12% aos 13.510,03 pontos e o Shanghai subiu 0,80% nos 3.189,04 pontos.

No Brasil, o Ibovespa futuro com vencimento em agosto, opera em alta de 0,26% nos 104.734 pontos na manhã desta quinta-feira (4), mesmo após a taxa Selic alcançar os 13,75% ao ano.

No mercado de juros futuros, a tendência é de baixa, com os contratos futuros de DI desvalorizando. Às 9h17 (horário de Brasília), o DI futuro para janeiro de 2023 cai -0,02 ponto a 13,73%, o DI futuro para janeiro de 2024 cai -0,10 ponto a 13,13% e o DI futuro para janeiro de 2025 cai -0,20 ponto a 12,27%.

No campo político, o Senado aprovou na quarta-feira (3), sem alterações, a Medida Provisória (MP) que Institui o Programa de Aumento da Produtividade da Frota Rodoviária (Renovar) no País, que passou na terça na Câmara. A medida, aprovada como projeto de lei de conversão, tem como objetivo promover a substituição de veículos velhos por mais novos. O texto vai à sanção.

Em outros mercados, os preços do petróleo operam em alta nesta quinta-feira, recuperando parte das perdas dos dias anteriores, causadas pelos dados que sinalizam uma fraca demanda por combustível nos Estados Unidos. Às 8h00 (horário de Brasília), o petróleo tipo Brent subiu 0,39% para US$ 97,16 o barril.

Agenda Econômica do Dia

Nos destaques econômicos dos Estados Unidos, no dia de hoje (4), às 9h30 o mercado aguarda a divulgação da balança comercial mensal.

No Brasil, o Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV IBRE) divulgou nesta quinta-feira (4), que o Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) recuou -0,8 ponto em julho, para 81,1 pontos, após três altas consecutivas.

De acordo com Rodolpho Tobler, economista do FGV Ibre, as medidas de estímulo à economia, feitas pelo governo, podem sustentar esse cenário mais favorável no curto prazo, mas no médio prazo o enfraquecimento da atividade econômica tende a segurar o ritmo de recuperação do mercado de trabalho.

Dólar

O dólar comercial iniciou a sessão desta quinta-feira (4), com viés de alta de 0,31%, a R$ 5,278.

Pouco depois das 9h00 (horário de Brasília), o dólar era negociado aos R$ 5,293 para compra, e aos R$ 5,294 para venda.

A moeda norte-americana acumula uma valorização de 2,00% no acumulado de agosto e uma baixa de -5,12% no acumulado de 2022.

Melhores Ações para 2022: Encontre as Melhores Ações para Investir com Apenas 1 Clique.

Indicadores Econômicos

Confira os principais indicadores econômicos hoje:

IndicadorValor
DólarR$ 5,278
IPCA+0,67%
IGP-M+0,21%
CDI+1,084387%
Selic+13,75%
Poupança+0,663900%

Como Acompanhar o Mercado Financeiro? Baixe o Aplicativo com Análises de Especialistas

Preços das Criptomoedas Hoje

O valor de mercado global de criptomoedas agora é de US$ 1,07 trilhão, uma queda de -0,85% em relação ao último dia, de acordo com dados do CoinMarketCap.

O Bitcoin (BTC) foi negociado entre US$ 22,729 mil e US$ 23,650 mil nas últimas 24 horas. A partir das 09:00 (UTC) de hoje, o BTC está sendo negociado a US$ 22,804 mil, uma queda de -2,13%.

A maioria das principais criptomoedas por valor de mercado são negociadas de forma mista. Os destaques do mercado incluem PERP , OP e AUCTION , com aumento de 43%, 22% e 17%, respectivamente. Veja as cotações das principais criptomoedas hoje do Mercado:

IndicadorPreço24h7dCapitalização
BitcoinUS$ 22.888,12-2,3%-0,1%US$ 437,4 B
EthereumUS$ 1.619,11-2,5%-1,1%US$ 194,5 B
Binance CoinUS$ 300,24+2,6%+11,1%US$ 49,0 B
SolanaUS$ 38,96-1,1%-3,3%US$ 13,5 B

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022.

Commodities

Confira os números das principais commodities hoje:

CommodityValor (US$)Oscilação
Ouro1.797,90+1,21%
Prata20,233+1,70%
Cobre3,4538-0,38%
Petróleo WTI91,42+0,84%
Petróleo Brent97,16+0,39%

Não deixe de acompanhar diariamente o Morning Call TheCap no seu celular, baixe o aplicativo do mercado financeiro gratuitamente agora!

Assim fechamos mais um Morning Call, bons investimentos a todos!

Informe o DDD + 9 dígitos