No cenário norte-americano, os índices futuros das principais bolsas operam em alta nesta terça-feira (21), se recuperando das intensas perdas da semana anterior, mesmo que o comprometimento do Federal Reserve (Fed) com o aumento nas taxas de juros continue gerando um sentimento de cautela no mercado.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Grande parte da recuperação dos índices americanos vem da força compradora, com os investidores buscando por pechinchas, a medida que o S&P 500 alcançou seu nível mais baixo desde o início de janeiro.

De acordo com analistas do Morgan Stanley, a força vendedora ainda pode voltar, pois o mercado de ações ainda não precificou totalmente o risco de uma recessão. Às 7h52 (horário de Brasília), o índice futuro de Dow Jones subia 1,67%, S&P 500 valorizava 1,87% e Nasdaq subia 1,93%.

Na Europa, as principais bolsas operam com otimismo, marcando a segunda alta consecutiva da semana, a medida que o mercado europeu segue a recuperação das bolsas asiáticas após a recente liquidação.

O principal destaque são as ações da montadora francesa Renault, após analistas do Jefferies Financial Group recomendarem a compra dos papéis. Às 7h52 (horário de Brasília), o índice IBEX 35 valorizava 0,07%, CAC 40 subia 1,40% e Euro Stoxx 50 valorizava 1,06%.

Na Ásia, os principais índices fecharam em alta, com os investidores aproveitando a maior liquidação de ações desde meados de 2020, diante de uma menor aversão ao risco sobre uma possível recessão devido aos aumentos nas taxas de juros pelos principais bancos centrais.

Enquanto isso, a moeda japonesa iene alcançou sua mínima de 24 anos em relação ao dólar americano. O Kospi subiu 0,75% aos 2.408,93 pontos, o Nikkei 225 valorizou 1,84% aos 26.246,31 pontos e o Hang Seng subiu 1,87% nos 21.559,59 pontos.

No Brasil, o Ibovespa futuro com vencimento em agosto, opera em alta de 0,37% nos 101.715 pontos na manhã desta terça-feira (21), com o mercado acompanhando a recuperação dos índices globais.

No mercado de juros futuros, a tendência é de baixa, com os contratos futuros de DI desvalorizando. Às 9h21 (horário de Brasília), o DI futuro para janeiro de 2023 sobe 0,01 ponto a 13,58%, o DI futuro para janeiro de 2024 cai -0,01 ponto a 13,19% e o DI futuro para janeiro de 2025 cai -0,01 ponto a 12,46%.

No campo político, o ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, afirmou ser contrário a uma mudança na política de preços da Petrobras. Em entrevista ao Valor, contudo, ele defendeu que a empresa implemente “mecanismos de transição” para enfrentar a crise dos preços dos combustíveis.

Em outros mercados, os preços do petróleo operam em alta nesta terça-feira, recuperando as perdas da semana anterior, em meio a preocupação com a menor oferta de petróleo e combustíveis. Às 8h05 (horário de Brasília), o petróleo tipo Brent sobe 1,06% para US$ 115,34 o barril.

Agenda Econômica do Dia

Nos destaques econômicos dos Estados Unidos, no dia de hoje (21), às 09h30 o mercado aguarda a divulgação do índice de atividade nacional Fed Chicago.

Na agenda doméstica, o Banco Central (BC) divulgou nesta terça-feira (21), a ata do Comitê de Política Monetária (Copom) referente às reuniões realizadas nos dias 14 e 15 de junho.

De acordo com o documento divulgado pelo Banco Central (BC), a taxa básica de juros deve se manter em níveis elevados, assim como a inflação, que deve refletir principalmente o preço do petróleo em ascensão, e a hipótese de bandeira tarifária "amarela" em dezembro de 2022, de 2023 e de 2024.

Dólar

O dólar comercial iniciou a sessão desta terça-feira (21), com viés de baixa de -0,54%, a R$ 5,158.

Pouco depois das 9h00 (horário de Brasília), o dólar era negociado aos R$ 5,158 para compra, e aos R$ 5,158 para venda.

A moeda norte-americana acumula uma valorização de 8,65% em junho e uma baixa de -7,28% no acumulado de 2022.

Melhores Ações para 2022: Encontre as Melhores Ações para Investir com Apenas 1 Clique.

Indicadores Econômicos

Confira os principais indicadores econômicos hoje:

IndicadorValor
DólarR$ 5,158
IPCA+0,47%
IGP-M+0,52%
CDI+0,616374%
Selic+13,25%
Poupança+0,649100%

Como Acompanhar o Mercado Financeiro? Baixe o Aplicativo com Análises de Especialistas

Preços das Criptomoedas Hoje

O valor de mercado global de criptomoedas agora é de US$ 0,93 trilhão, um aumento de 3,96% em relação ao último dia, de acordo com dados do CoinMarketCap.

O Bitcoin (BTC) foi negociado entre US$ 19,808 mil e US$ 21,443 mil nas últimas 24 horas. A partir das 09:00 (UTC) de hoje, o BTC está sendo negociado a US$ 21,334 mil, um aumento de 3,84%.

A maioria das principais criptomoedas por valor de mercado está sendo negociada em alta. Os destaques do mercado incluem LDO , COMP e RSR , com alta de 37%, 31% e 30%, respectivamente. Veja as cotações das principais criptomoedas hoje do Mercado:

IndicadorPreço24h7dCapitalização
BitcoinUS$ 21.284,17+2,5%-5,5%US$ 405,9 B
EthereumUS$ 1.160,58+0,7%-3,8%US$ 140,8 B
Binance CoinUS$ 222,56+3,5%-0,1%US$ 36,4 B
SolanaUS$ 37,85+5,8%+33,9%US$ 12,9 B

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022.

Commodities

Confira os números das principais commodities hoje:

CommodityValor (US$)Oscilação
Ouro1.834,50-0,33%
Prata21,602+0,07%
Cobre4,0340+0,70%
Petróleo WTI109,86+1,75%
Petróleo Brent115,34+1,06%

Não deixe de acompanhar diariamente o Morning Call TheCap no seu celular, baixe o aplicativo do mercado financeiro gratuitamente agora!

Assim fechamos mais um Morning Call, bons investimentos a todos!

Informe o DDD + 9 dígitos