No cenário norte-americano, os índices futuros das principais bolsas operam em alta nesta sexta-feira (15), com os investidores acompanhando as autoridades hawkish do Federal Reserve (Fed) aliviando um pouco os temores de aumento das taxas.

Como Saber a Hora de Entrar e Sair dos Investimentos? GI Wealth faz Gestão para Investimentos Superior a R$ 300 mil.

Os membros do Federal Reserve (Fed) Christopher Waller e James Bullard reduziram as expectativas na quinta-feira de um aumento de 100 pontos-base no final deste mês. Às 8h01 (horário de Brasília), o índice futuro de Dow Jones subia 0,33%, S&P 500 valorizava 0,31%% e Nasdaq subia 0,27%.

Na Europa, os principais índices operam em alta, mesmo após a Comissão Europeia cortar suas previsões de crescimento econômico na Zona do Euro e revisar para cima suas estimativas de inflação.

De acordo com a Comissão Europeia, a inflação na Zona do Euro deverá atingir um novo pico de 8,4% no 3º trimestre de 2022. Às 8h12 (horário de Brasília), o índice IBEX 35 valorizava 1,13%, CAC 40 subia 0,40% e Euro Stoxx 50 valorizava 1,11%.

Na Ásia, os principais índices fecharam de forma mista, com o mercado reagindo aos discursos mais otimistas das autoridades do Federal Reserve (Fed), e aos dados econômicos mais fracos da China.

O Produto Interno Bruto (PIB) da China do 2º trimestre ficou abaixo das expectativas, crescendo 0,4% no 2º trimestre, ante 4,8% no 1º trimestre. O Kospi subiu 0,37% aos 2.330,98 pontos, o Nikkei 225 valorizou 0,54% aos 26.788,47 pontos e o Shanghai caiu -1,64% nos 3.228,06 pontos.

No Brasil, o Ibovespa futuro com vencimento em agosto, opera em alta de 0,27% nos 97.174 pontos na manhã desta sexta-feira (15), com o alívio dos temores sobre uma possível recessão.

No mercado de juros futuros, a tendência é de baixa, com os contratos futuros de DI desvalorizando. Às 9h17 (horário de Brasília), o DI futuro para janeiro de 2023 cai -0,01 ponto a 13,89%, o DI futuro para janeiro de 2024 cai -0,05 ponto a 13,79% e o DI futuro para janeiro de 2025 cai -0,01 ponto a 13,15%.

No campo político, o Congresso derrubou, na quinta-feira (15), o veto do presidente Bolsonaro ao trecho da lei do ICMS que prevê compensação aos Estados por possível perda na arrecadação. A lei estabelece um teto de 18% para a cobrança do ICMS sobre combustíveis, energia elétrica, comunicações e transporte coletivo.

Em outros mercados, os preços do petróleo operam em alta nesta sexta-feira, após o presidente Vladimir Putin dizer que as sanções contra a Rússia podem desencadear aumentos catastróficos de preços de energia para consumidores em todo o mundo. Às 8h35 (horário de Brasília), o petróleo tipo Brent subia 2,06% para US$ 101,14 o barril.

Agenda Econômica do Dia

Nos destaques econômicos dos Estados Unidos, no dia de hoje (15), às 09h30 o mercado aguarda a divulgação das vendas no varejo.

Na agenda doméstica, o Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV IBRE) divulgou nesta sexta-feira (15), os indicadores de comércio exterior.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV IBRE), o resultado do 1º semestre de 2022 mostra um aumento das exportações liderado pelos preços, pois o aumento do volume exportado foi de 0,2%.

Dólar

O dólar comercial iniciou a sessão desta sexta-feira (15), com viés de baixa de -0,47%, a R$ 5,410.

Pouco depois das 9h00 (horário de Brasília), o dólar era negociado aos R$ 5,407 para compra, e aos R$ 5,408 para venda.

A moeda norte-americana acumula uma valorização de 2,97% no acumulado de julho e uma baixa de -2,90% no acumulado de 2022.

Melhores Ações para 2022: Encontre as Melhores Ações para Investir com Apenas 1 Clique.

Indicadores Econômicos

Confira os principais indicadores econômicos hoje:

IndicadorValor
DólarR$ 5,410
IPCA+0,67%
IGP-M+0,59%
CDI+0,491453%
Selic+13,25%
Poupança+0,663900%

Como Acompanhar o Mercado Financeiro? Baixe o Aplicativo com Análises de Especialistas

Preços das Criptomoedas Hoje

O valor de mercado global de criptomoedas agora é de US$ 0,94 trilhão, um aumento de 5,85% em relação ao último dia, de acordo com dados do CoinMarketCap.

O Bitcoin (BTC) foi negociado entre US$ 19,610 mil e US$ 21,028 mil nas últimas 24 horas. A partir das 09:00 (UTC) de hoje, o BTC está sendo negociado a US$ 20,858 mil, um aumento de 5,68%.

A maioria das principais criptomoedas por valor de mercado está sendo negociada em alta. Os destaques do mercado incluem FIRO , NKN e QUICK , com alta de 105%, 69% e 67%, respectivamente. Veja as cotações das principais criptomoedas hoje do Mercado:

IndicadorPreço24h7dCapitalização
BitcoinUS$ 20.864,06+5,8%-3,7%US$ 398,4 B
EthereumUS$ 1.222,02+13,0%-1,7%US$ 145,9 B
Binance CoinUS$ 237,79+3,9%-1,8%US$ 38,8 B
SolanaUS$ 37,91+12,1%-1,5%US$ 13,1 B

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022.

Commodities

Confira os números das principais commodities hoje:

CommodityValor (US$)Oscilação
Ouro1.704,95-0,05%
Prata18,337+0,61%
Cobre3,1688-1,33%
Petróleo WTI97,22+1,50%
Petróleo Brent101,14+2,06%

Não deixe de acompanhar diariamente o Morning Call TheCap no seu celular, baixe o aplicativo do mercado financeiro gratuitamente agora!

Assim fechamos mais um Morning Call, bons investimentos a todos!

Informe o DDD + 9 dígitos