Ibovespa cai 0,63% com declaração de Bolsonaro; BTOW3 +7,16%
| , ,

Ibovespa cai 0,63% com declaração de Bolsonaro; BTOW3 +7,16%

O Ibovespa fechou em leve queda nesta sexta-feira (19/02), com nova crítica de Bolsonaro à Petrobras, diante dos reajustes dos combustíveis.

Por
Atualizado em 19/02/2021

O Ibovespa fechou em leve queda nesta sexta-feira (19/02), com nova crítica de Bolsonaro à Petrobras diante dos reajustes dos combustíveis.

A bolsa operou com desvalorização, fechando em queda de -0,63%, nos 118.451,81 pontos.

Na mínima do dia, o índice acionário da B3 chegou nos 117.867,30 pontos e, na máxima do dia nos 119.249,77 pontos. 

A movimentação financeira no dia foi de R$ 23,37 bilhões.

O Índice dos Fundos Imobiliários (IFIX) teve alta de +0,12%.

Mercado Financeiro

Nos destaques do mercado financeiro, as ações da Petrobras (PETR4) abriram hoje em forte queda, liderando as perdas do Ibovespa. O presidente Jair Bolsonaro disse que “obviamente” haverá consequência para o presidente da companhia, Roberto Castello Branco, que declarou não ser um problema da empresa uma eventual greve de caminhoneiros.

As ações PETR4 e PETR3 caíam 3,6% e 3,7%, respectivamente, às 10h19. O Ibovespa perdia 0,41% aos 118.710,75 pontos.

Banner will be placed here

Noticiário Corporativo

No mundo corporativo, o presidente Jair Bolsonaro fez novas declarações hoje criticando o aumento dos preços dos combustíveis pela Petrobras (PETR4). O presidente anunciou que fará mudanças na empresa, que “o povo não pode ser surpreendido com certos reajustes”, mas não detalhou as mudanças e disse que “jamais” vai interferir na estatal.

Quais Fatos Mexeram com o Seu Dinheiro Hoje? Clique Aqui e Baixe o Aplicativo com Análises de Especialistas

Noticiário Econômico

Na economia, o ministro Paulo Guedes estuda uma proposta de redução de cerca de 20% da Tarifa Externa Comum (TEC) para os parceiros do Mercosul, válida para todos os setores. Guedes pretende encaminhar a medida ainda este ano, evitando que a tramitação ocorra em ano eleitoral (2022) e as possíveis resistências de setores protecionistas da indústria.

Noticiário Político

Na política, a Câmara dos Deputados iniciou sessão às 17h para decidir sobre a prisão do deputado Daniel Silveira (PSL/RJ), preso sob determinação do Supremo Tribunal Federal (STF) após divulgar um vídeo com ofensas e ameaças aos membros da Corte.

A unanimidade do STF e as evidentes ilegalidades cometidas pelo deputado constrangem os parlamentares a manterem a prisão. Além disso, o governo federal não atuou para obter os votos necessários para a absolvição de Silveira.

Noticiário Internacional

Os líderes dos países que compõem o G7 assumiram o compromisso de acelerar a produção global da vacina contra a Covid-19, em reunião do bloco que ocorreu nesta sexta-feira. Outro compromisso assumido foi com o Acordo de Paris, ampliando os esforços de zerar as emissões líquidas de carbono até o ano de 2050.

A reunião foi a primeira participação do novo presidente dos EUA, Joe Biden, que declarou a intenção de retomar a aliança transatlântica com os países europeus em defesa dos regimes democráticos, contra a ascensão do “autoritarismo”.

Bolsas Mundiais

Confira o desempenho das principais bolsas mundiais nesta sexta-feira (19/02).

Ásia

Nikkei (Tóquio) fechou com variação de -0,72% nos 30.017,92 pontos.

Kospi (Seul) fechou com variação de +0,68% nos 3.107,62 pontos.

Hang Seng (Hong Kong)  fechou com variação de +0,16% nos 30.644,73 pontos. 

Oceania

S&P/ASX 200 (Sidney)  fechou com variação de -1,34% nos 6.793,80 pontos. 

Europa

FTSE 100 (Londres) fechou com variação de +0,10% nos 6.624,02 pontos.

CAC 40 (França) fechou com variação de +0,79% nos 5.773,55 pontos.

DAX (Alemanha) fechou com variação de +0,77% nos 13.993,23 pontos. 

PSI (Lisboa) fechou com variação de +2,40% nos 4.817,97 pontos. 

IBEX 35 (Madri) fechou com variação de +1,16% nos 8.151,60 pontos. 

Estados Unidos

Nasdaq (Nasdaq) fechou com variação de +0,07% nos 13.874,46 pontos.

S&P 500 (Nova York) fechou com variação de -0,20% nos 3.905,95 pontos.

Dow Jones (Nova York) fechou com variação de 0,00% nos 31.494,32 pontos.

Dólar

O dólar comercial hoje (19/02) operou em baixa fechando com variação negativa de -0,77%. 

Para a compra, a moeda norte-americana terminou o dia cotada a R$ 5,3852 e, para a venda em R$ 5,3857.

Maiores Altas da Bovespa

Já no Brasil, o Ibovespa fechou em queda de -0,63%, mostrando um pessimismo no mercado financeiro hoje.

Confira as empresas que fecharam com maiores altas no Ibovespa hoje:

EmpresaPreçoOscilação
BTOW3R$ 88,94+7,16%
AZUL4R$ 43,75+3,43%
PCAR3R$ 89,06+3,39%
CSNA3R$ 35,09+2,72%
TOTS3R$ 34,68+2,30%

Quais as Melhores Small Caps de 2021? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com a Melhor Small Cap.

Maiores Baixas da Bovespa

Confira as empresas que fecharam com maiores baixas no Ibovespa hoje:

EmpresaPreçoOscilação
PETR3R$ 27,27-7,34%
PETR4R$ 27,46-6,18%
IRBR3R$ 6,37-4,21%
RAIL3R$ 19,63-3,30%
VVAR3R$ 14,09-2,76%

Melhores Ações para 2021: Encontre as Melhores Ações para Investir com Apenas 1 Clique.

Indicadores Econômicos

Confira os principais indicadores econômicos:

IndicadorOscilação
Ibovespa-0,63%
Dólar-0,77%
Bitcoin+6,53%
IPCA+0,25%
IGP-M+2,58%
CDI+0,149486%
Selic+2,00%
Poupança+0,1159%

Commodities

Confira os números das principais commodities hoje:

CommodityValor (US$)Oscilação
Ouro1.780,90+0,33%
Prata27,302+0,83%
Cobre4,0595+4,06%
Petróleo WTI58,95-2,59%
Petróleo Brent62,66-1,99%

Quais Fatos Mexeram com o Seu Dinheiro Hoje? Clique Aqui e Baixe o Aplicativo com Análises de Especialistas

Notícias do Mercado Financeiro

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE