O que é Hipoteca Reversa

Hipoteca Reversa é uma modalidade de crédito no qual é possível obter dinheiro em troca da propriedade de um imóvel quitado. 

Como Saber a Hora de Entrar e Sair dos Investimentos? GI Wealth faz Gestão para Investimentos Superior a R$ 300 mil.

É uma espécie de direito real de garantia na qual uma pessoa idosa recebe a quantia integral ou parcial de seu imóvel com a finalidade de manutenção da qualidade de vida. 

Essa modalidade da hipoteca é muito utilizada em outros países como o Estados Unidos, onde as instituições financeiras realizam empréstimos a idosos e usam a propriedade desse idoso como garantia. 

Assim, o idoso recebe uma quantia que pode ser o total de montante do empréstimo ou a quantia pode ser parcelada de forma que a instituição financeira pague uma espécie de salário

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Como funciona a Hipoteca Reversa

Nos Estados Unidos, por exemplo, a hipoteca reserva é também conhecida como reverse mortgage e é oferecida como uma forma de melhoria de qualidade de vida para muitos idosos em um momento em que suas fontes de rendimento são menores. 

A hipoteca reversa acontece quando uma pessoa idosa gostaria de hipotecar seu imóvel e o pagamento do empréstimo deverá ser feito após a morte do proprietário. Mas durante seus anos de vida o idoso tem total direito de habitação do imóvel.

Assim, a herança pode ser diretamente afetada, porém para os credores gera maior confiança de pagamento da hipoteca reversa. 

Em tese a hipoteca nada mais é do que a troca de papéis de propriedade, o devedor passa para a instituição financeira o documento do imóvel e recebe o empréstimo. 

Essa é uma forma de viabilizar a compra de uma casa ou apartamento, pois a pessoa pode garantir que irá honrar seus compromissos e receber a documentação de propriedade do imóvel. Caso não honre com seus compromissos não terá direito a propriedade. 

Na hipoteca reversa acontece a troca de documentação, mas o devedor só começará a pagar de fato sua dívida após a sua morte e se o valor do imóvel for maior que a dívida o excedente será distribuído entre os herdeiros. 

Hipoteca Reversa no Brasil 

No Brasil essa modalidade de hipoteca não é muito utilizada, por causa da legislação que estabelece diretrizes que acabam inviabilizando a hipoteca como um todo. 

Ainda necessita de regulamentação e já existem alguns projetos de leis que devem ser avaliados pelo Senado. A ideia é que pessoas acima de 60 anos passem a ter direito a hipoteca reversa. 

Por aqui, existe também a preocupação com a forma que a regulamentação deve ser feita que deve garantir que em nenhuma hipótese o devedor idoso perca o direito de moradia e tenha que deixar a propriedade. 

Outro desafio está na educação financeira e na responsabilidade financeira desses idosos que devem estar cientes de que a hipoteca reversa é uma dívida e que independentemente da modalidade de recebimento escolhida o valor do empréstimo deve cobrir suas necessidades.

Por isso vale a pena ressaltar o planejamento financeiro pessoal do idoso e de todos os demais dependentes da renda. 

Um dos maiores problemas enfrentados atualmente está no sobrecarregamento da previdência social. Em muitos países, existem mais idosos que adultos que trabalham e auxiliam no pagamento da previdência. 

Esse desequilíbrio é um dos fatores que afetam diretamente na quantia recebida por muitos idosos, o que diminui a renda dessas pessoas e obriga muitos deles a voltar a trabalhar. 

Em outros países a hipoteca reversa é uma tentativa de minimizar os problemas que acometem os idosos que o valor da aposentadoria não cumpre suas necessidades financeiras e faz com que a maior parte deles voltem a trabalhar ou passem necessidades. 

De acordo com alguns especialistas no assunto, a hipoteca reversa pode ser um complemento da renda de pessoas idosas que podem optar por não trabalhar mais.