O que é High grade

High grade é o grau de confiança que os títulos, países e fundos de investimentos têm comparado ao risco de inadimplência. 

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

O High grade pode ser traduzido ao português como “alto grau” e por isso quanto maior a classificação desses investimentos menor é seu risco

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Como funciona o High grade

Existe uma classificação de crédito, ou seja, algumas instituições classificam credores de acordo com seu risco de crédito. Esse processo é chamado de rating de crédito

Se um país não paga seus investidores eles caem na classificação, porém se honrar seus compromissos podem subir na classificação. O mesmo ocorre nos tipos de investimentos.

Há instituições especializadas em avaliar riscos de investimentos e são elas as responsáveis por elaborar e divulgar os investimentos de menor e maior risco

Com base em alguns indicadores como o alto nível de capitalização, a consistência temporal e o nível de endividamento dos credores, as instituições de avaliação emitem seu parecer. 

Os países e investimentos com menores riscos são classificados na categoria AAA, enquanto os piores países e investimentos são classificados na categoria D

Os países e investimentos classificados na categoria AAA são chamados de High grade, e seguindo a lógica são melhores pagadores e por isso mais confiáveis para investimentos. 

Dessa forma, para os investidores aplicar em títulos de high grade pode ser uma importante ferramenta para escolha de ativos para aplicação. 

Para se ter uma ideia, o título do tesouro norte americano é considerado um dos investimentos mais seguros para aplicação, pois acredita-se que a chance de inadimplência do governo de lá é muito baixa. 

Vantagem do High grade 

Para os investidores conservadores, aplicar em investimentos de High grade significa ter boas garantias de retorno, além de entender que esses ativos de boa liquidez e maior rentabilidade se considerarmos o baixo risco. 

Do outro lado, para o emissor do título, por exemplo, o High grade é vantajoso, pois abre portas para maiores volumes de negociações, ou seja valorização, alcance dos objetivos em menor tempo e aumento da confiabilidade. 

Com isso entende-se o High grade como uma ferramenta de análise de investimento. 

Entretanto, uma baixa classificação não significa que o investimento deve ser evitado, mas sim que o investidor deve-se manter atento ao gerenciamento de risco e compreender que há algum tipo de risco iminente naquele investimento. 

High grade e os investimentos

No mundo do mercado financeiro, nem sempre o risco está atrelado à rentabilidade, no caso dos investimentos de High grade esse é o evento que mais ocorre. 

Em outras palavras, os investimentos listados no High grade, em geral, não tem alta rentabilidade pois os emissores desses títulos entendem que há baixo risco de investimento e consequentemente baixo rendimento. 

Para os investidores mais conservadores a estratégia citada acima pode ser atrativa, pois não quer expor seu capital ao risco. 

Porém para os investidores arrojados, ou seja, os que buscam maior rentabilidade e se expõem aos maiores riscos de capital, acabam optando por outros tipos de investimentos e muitas vezes não utilizam o High grade como critério de escolha

Tudo depende do perfil do investidor e do objetivo do investimento, se uma pessoa está acumulando recursos para uma viagem dos sonhos e quiser aplicar em um investimento, deve escolher um ativo de melhor risco e, portanto, menor rentabilidade. 

Porém, se uma pessoa quiser acumular capital e tiver disponibilidade de tempo para estudar a fundo o mercado financeiro pode escolher opções de maiores exposições ao risco e consequentemente maiores rentabilidades que ajudaram a alcançar seu objetivo rapidamente. 

Para os investidores mais conservadores existe também a opção de aplicar em fundos de investimentos que têm como principal objetivo aplicar em títulos considerados no High grade.