HFOF11: Fundo Imobiliário Hedge Top 3 FoFII Vale a Pena?
| ,

HFOF11: Fundo Imobiliário Hedge Top 3 FoFII Vale a Pena?

Conheça o Fundo Imobiliário Hedge Top 3 FoFII (HFOF11): Dividendos, Rentabilidade, Subscrição e Riscos.

Por
Atualizado em 30/03/2020
Avalie esse texto

Fundo Imobiliário HFOF11 registrou retorno bruto de 52,56% em 2019 e começa 2020 como o maior fundo de fundos do mercado.

O fundo HFOF11 apostou no crescimento em 2019 e colheu seus frutos. As novas emissões e a incorporação do extinto fundo  FOFT11 (Hegde Top FOFII 2) ampliaram a relevância do fundo. 

A valorização bruta  da cota em bolsa chegou a 37,3% no ano, e a rentabilidade bruta (52,56%) representou 879% do CDI (Certificado de Depósito Interbancário). 

No mercado desde fevereiro de 2018, o HFOF11 é um fundo de fundos, que destina seus recursos  à aquisição de cotas de outros fundos imobiliários

Se você está a procura de maneiras eficientes para fazer seu patrimônio crescer, deve conhecer suas características! 

Neste artigo você entenderá: 

  • O que é HFOF11;
  • Rendimentos do HFOF11;
  • Resumo da Carteira do HFOF11;
  • Negociação e Liquidez do HFOF11;
  • Riscos do HFOF11;
  • Subscrição do HFOF11;
  • Se o HFOF11 vale a pena. 

Leia até o final e descubra se o HFOF11 vale a pena e deve entrar em sua carteira! 

Quais os Melhores FIIs para 2020? Clique Aqui e Veja Como Receber Dinheiro Extra Todos Os Meses Do Ano.

O que é HFOF11 FII?

HFOF11 é a sigla utilizada para identificar o fundo imobiliário Hedge Top FOFII em operações na bolsa de valores

Ele é um fundo de fundos (FoF), que tem por objetivo investir a maior parte de seus recursos em outros fundos imobiliários. 

O fundo BCFF11 (BTG Pactual Fundo de Fundos) é outro exemplo de FoF. 

Administrado pela Hedge Investments Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda, de São Paulo – SP, o HFOF11 teve início em fevereiro de 2018 com a emissão  de 5 milhões de cotas vendidas a R$ 100 cada. 

Em janeiro de 2020, o HFOF11 registrava um patrimônio superior a de R$ 1,2 bilhão, e mais de 32 mil cotistas. 

Banner will be placed here

HFOF11 Rendimentos

Os rendimentos mensais do HFOF11 em janeiro de 2020 foram de R$ 0,67 por cota, o que significa 0,57% em relação ao valor de cota atual. 

Os dividendos distribuídos somaram R$ 11,30 em 2019, com média mensal de R$ 0,94.  Esse valor representa 45% do resultado com ganhos de capital. 

O Dividend Yield (retorno na ação de acordo com os rendimentos pagos) fechou o ano em 12,22%, o que corresponde a 204% do CDI. 

No gráfico abaixo,  a composição mensal do resultado, comparada ao valor do rendimento distribuído  em 2019. 

Gráfico Rendimentos do HFOF11.
Gráfico Rendimentos do HFOF11. Fonte: Relatório Gerencial.

No relatório de dezembro de 2019, a gestão do fundo apresentou ainda uma projeção de rendimentos para o primeiro semestre de 2020, contemplando um retorno mensal de R$ 0,65. 

Gráfico Rendimentos Futuros do HFOF11.
Gráfico Rendimentos Futuros do HFOF11. Fonte: Relatório Gerencial.

O primeiro mês do ano superou as expectativas ao distribuir R$ 0,67 por cota. 

Quais os Melhores FIIs para 2020? Clique Aqui e Veja Como Receber Dinheiro Extra Todos Os Meses Do Ano.

Resumo da Carteira do HFOF11 

A carteira do HFOF11 se divide entre fundos imobiliários, que são os ativos alvo e estão presentes em maior proporção e investimentos em renda fixa, que ocupam pequena parcela.

Em dezembro de 2019, a posição da carteira do HFOF11 era: 

  • Fundos Imobiliários: 94%
  • Renda Fixa: 6%

No gráfico, veja a alocação de ativos do HFOF11.

Gráfico alocação de ativos HFOF11.
Gráfico alocação de ativos HFOF11. Fonte: Relatório Gerencial.

Alocação por Segmento de Atuação

A Alocação de ativos do HFOF11 por segmento de atuação se divide entre 6 diferentes segmentos de fundos imobiliários: 

  • Corporativos: 35%
  • Shoppings: 19%
  • Mobiliários: 17%
  • Logísticos Industriais: 14%
  • Agências: 13%
  • Varejo: 1%
  • Residencial: 1%
Gráfico alocação por Segmento de Atuação HFOF11.
Gráfico alocação por Segmento de Atuação HFOF11. Fonte: Relatório Gerencial.

Alocação por Ativos

A carteira do HFOF11 apresentava 6% dos recursos aplicados em renda fixa e 94% em fundos imobiliários em dezembro de 2019.

O fundo mais representativo era o HLOG11 (Fundo Imobiliário Hedge Logística), que detém 9,8% dos recursos, seguido pelo TBOF11 (Fundo Imobiliário TB Office), com 9,7% de participação em carteira.

AtivoParticipação em Carteira
HLOG119,8%
TBOF119,7%
GTWR119,2%
HGBS117,0%
SAAG116,3%
HGCR116,3%
FVPQ116,3%
BBPO115,9%
THRA115,3%
HSML114,3%
CEOC113,3%
UBSR112,6%
GRLV112,5%
FEXC112,1%
HABT112,1%
CBOP111,8%
ALMI111,4%
RBVA111,3%
MCII111,3%
FMOF111,1%
Ativos com representação inferior a 0,7% do Patrimônio Líquido 4,4%

Negociação e Liquidez HFOF11

Em dezembro de 2019, o volume de negociações do HFOF11 alcançou R$ 81,3 milhões, com um giro de 8,1% do total de cotas. 

No ano, o volume total foi de R$ 538,5 milhões. O giro de cotas total foi de 59,8% no período. 

Gráfico Volume de Negociações do HFOF11.
Gráfico Volume de Negociações do HFOF11. Fonte: Relatório Gerencial.

Riscos do HFOF11

Assim como outros fundos imobiliários, o HFOF11 oferece certos riscos. Os principais deles são: risco de liquidez, de mercado, setor, crédito e de conflito de interesses. 

Risco de Liquidez

O risco de liquidez surge com o tempo necessário para a conversão de uma cota em dinheiro, o que atinge a todos os fundos imobiliários. 

O processo de comercialização das cotas depende do mercado secundário, pois os fundos imobiliários não permitem o resgate antecipado. 

Ainda que a liquidez do HFOF11 venha sendo boa, é interessante considerar que, no geral,  o mercado secundário para a negociação de cotas de fundos imobiliários tem baixa liquidez no país. 

Por isso, não existe garantia quanto ao valor de cota ou venda imediata. 

Risco de Mercado

O risco de mercado se refere a possibilidade de variação no preço ou na rentabilidade dos ativos presentes no portfólio. 

A gestão do HFOF11 busca minimizar o risco através da diversificação, com seleção de fundos sólidos e gestão ativa. 

Ainda assim, parte do rendimento do fundo é gerado por compra e venda de FIIs. Uma queda no mercado pode afetar essa importante fonte de renda. 

Riscos Próprios do Setor

O setor imobiliário apresenta certos riscos inerentes: 

  • Oscilação do valor dos imóveis;
  • Vacância;
  • Inadimplência;
  • Prazo dos contratos. 

Os rendimentos que serão distribuídos pelo HFOF11 dependem de forma direta do desempenho dos fundos em seu portfólio.

Dessa forma, esses riscos atingem o fundo igualmente. 

Esses riscos são minimizados pela gestão do HFOF11 através da diversificação entre ativos consistentes.

Risco de Crédito

O risco de crédito afeta títulos de dívidas, que aparecem em pequena porcentagem na carteira do HFOF11.

Alguns exemplos são LCI (Letra de Crédito Imobiliário), CRI (Certificados de Recebíveis Imobiliários) ou LH (Letras Hipotecárias). 

Trata-se da possibilidade que que o tomador ou a instituição emissora do papel não honre seus compromissos de pagamento.  

Com a inadimplência, os imóveis dados em garantia aos títulos são tomados em quitação. O risco, então, é quanto ao tempo para sua conversão em dinheiro. 

Risco de Potencial Conflito de Interesses

A administradora e gestora do HFOF11 exerce atividades similares em outros fundos imobiliários

Assim, a gestão pode investir em outros fundos administrados pela Hedge, o que pode colocar o fundo em situação de conflito de interesses efetiva ou potencial. 

Quais os Melhores FIIs para 2020? Clique Aqui e Veja Como Receber Dinheiro Extra Todos Os Meses Do Ano.

Dados do HFOF11

Confira agora os dados do HFOF11: 

  • Razão Social: Hedge Top FOFII 3 FDO INV IMOB – FII
  • CNPJ: 18.307.582/0001-19
  • Gestor: Hedge Investments Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda. 
  • Público Alvo: Investidores em Geral
  • Segmento: Títulos e Valores Mobiliários
  • Patrimônio Total  (01/2020): R$ 1.279.582.276,73
  • Taxa de Administração: 0,60% a.a. (ao ano) sobre o valor de mercado do fundo caso integre o IFIX
  • Taxa de Performance: 20% sobre o que exceder o IFIX – semestral
  • Início do Fundo: fevereiro de 2018
  • Quantidade de Emissões: 7
  • Número de Cotistas (01/2020): 32.230
  • Número de Cotas do HFOF11: 8.500.000
  • Regulamento do HFOF11
  • Relatório Gerencial do HFOF11
  • HFOF11 Site Oficial (RI) 

HFOF11 Subscrição

A subscrição é um direito do investidor que já possui cotas de um fundo imobiliário. Ela assegura que o cotista possa manter seu percentual de participação no fundo ante uma nova emissão de cotas. 

A nova emissão geralmente traz cotas a um preço geralmente mais baixo.

O cotista recebe a preferência pela compra, sempre proporcional ao número de cotas que possuir na data de anúncio da oferta. 

Não se trata de uma obrigação, mas de possibilidade.

Caso não queira usar o direito de subscrição, alguns fundos permitem que você venda esse direito através do home broker da sua corretora de valores.

Agora no começo de fevereiro (04), foi anunciada a subscrição para a 7ª emissão de cotas do HFOF11, destinada apenas a investidores profissionais.

O fator de proporção a ser aplicado no cálculo é de 0,3210852950472%. Na prática, a cada 100 cotas o cotista tem direito a comprar 32 novas cotas ao preço emissão de R$ 110,47. 

Veja as Datas e Prospectos das Emissões de Subscrição do HFOF11:

OrdemEventosData
1Aprovação de Oferta Restrita28/01/2020
2Divulgação do Início da Oferta04/02/2020
3Início do Período de Subscrição (B3 e Escriturador)05/02/2020
4Encerramento do Período de Exercício de Preferência na B317/02/2020
5Encerramento do Período de Preferência no EscrituradorData de Liquidação do Direito de Preferência18/02/2020
6Divulgação do Comunicado ao Mercado – subscrição de Sobras19/02/2020
7Início da Subscrição de Sobras20/02/2020
8Encerramento da Subscrição de Sobras na B303/03/2020
9Encerramento da Subscrição de Sobras no Escriturador04/03/2020
10Data da Liquidação de Sobras09/03/2020
11Data de Encerramento de Oferta Restrita13/03/2020

Dúvidas sobre HFOF11

Veja as dúvidas mais comuns sobre o HFOF11.

Como comprar HFOF11?

A compra de cotas do HFOF11 é feita através das corretoras de valores. Assim, é essencial ter sua conta em uma delas. 

O processo de compra é simples: 

  • Transfira o montante a investir para sua conta na corretora de valores;
  • Acesse o Home Broker;
  • Localize o fundo por seu código (HFOF11);
  • Selecione a quantidade de cotas e o valor a pagar;
  • Envie a ordem de compra. 

Onde achar o informe de rendimentos do HFOF11?

O informe de rendimentos está disponível  na página do HFOF11. Acesse a aba ‘relatórios financeiros’. 

Onde achar o relatório gerencial do HFOF11?

O relatório gerencial do HFOF11 é encontrado na página oficial do fundo. Acesse a aba ‘relatórios’.

Quais os Melhores FIIs para 2020? Clique Aqui e Veja Como Receber Dinheiro Extra Todos Os Meses Do Ano.

HFOF11 Vale a Pena?

Sim, o HFOF11 vale a pena. 

O fundo fechou o ano com retorno bruto de 879% do CDI, é gerido por instituição reconhecida no mercado e vem mostrando desenvolvimento consistente. 

A nova emissão promete trazer capital capaz de ampliar a relevância do fundo. A perspectiva de crescimento dos FIIs para 2020 é positiva.

Sendo assim, vale a pena investir no HFOF11, sem descuidar a diversificação. 

Lembre-se que, antes de investir em fundos imobiliários é necessário conhecer seu perfil de investidor para fazer uma boa alocação de ativos e se expor a um nível adequado de risco.

Descubra o seu perfil através deste teste online de perfil e receba uma sugestão de ativos para a sua carteira.

Avalie esse texto

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais