O que é Heurística da Representatividade

Heurística da Representatividade é um tipo de atalho mental que considera as situações passadas para tomar decisões de maneira mais rápida.

Como Saber a Hora de Entrar e Sair dos Investimentos? GI Wealth faz Gestão para Investimentos Superior a R$ 300 mil.

Nos momentos de tomada de decisão o cérebro humano age de acordo com as experiências pessoais e reflexões que tirou de uma determinada situação e quando o evento volta a ocorrer relembra o fato e toma a decisão com base nele. 

A Heurística da Representatividade é um atalho de raciocínios que busca reconhecer situações semelhantes e compará-las emitindo um julgamento e dando a elas um estereótipo. 

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Como funciona a Heurística da Representatividade

Quando os seres humanos habitavam cavernas e tinham que caçar para comer, era comum se recordar de situações em que correram perigo em um determinado caminho, por exemplo. 

Com isso, o cérebro humano desenvolveu estratégias de tomada de decisão que não envolvessem longos processos, na época não dava para consultar uma análise de probabilidade de ser cassado por um predador se fosse por um caminho X, por exemplo. 

Os raciocínios deveriam ser mais rápidos e havia a necessidade de adaptá-los a todo momento.

Ainda hoje utilizamos esses atalhos mentais para tomar decisões rápidas e por isso assimilamos eventos e passamos a julgá-los como algo ameaçador ou não. 

São exemplos de Heurística da Representatividade: 

“Uma pessoa comprou o mais novo celular do mercado. Da última vez que vi alguém com esse celular a pessoa era rica” – Decisão: essa pessoa é rica.

“Um investidor procura um tipo de investimento. Da última vez que aplicou no mercado y, conseguiu alta rentabilidade.” – Decisão: irá investir apenas o mercado y.

Entretanto, não há certeza de que as lógicas utilizadas nos exemplos acima estão corretas. Se utilizar apenas essa análise de Heurística da Representatividade para tomar uma decisão, as  falsas falácias podem ser consideradas. 

Por exemplo, a pessoa usou todas suas economias ou até mesmo se endividou para comprar o celular mais caro do mercado. E o investidor pode ter esquecido de observar o momento econômico do país quando fez suas últimas aplicações no mercado y.

Os julgamentos citados nos exemplos podem ser considerados, contudo não consideram os demais parâmetros.  

A Heurística da Representatividade e seus estudos

A Heurística da Representatividade é um tipo de Heurística, que é um estudo que visa entender quais estratégias o cérebro humano utiliza nos momentos de tomada de decisão

De acordo com os especialistas em Heurística, existem vários tipos de estratégias sendo a de representatividade uma delas, mas há também a de afeto, de disponibilidade, de ancoragem e entre outras. 

É importante conhecer todas elas e compreender que em alguns momentos elas devem surgir em nosso cérebro, mas nos cabe a percepção e a racionalização do processo de tomada de decisão.

Os estudos de Heurística mostram que há uma tendência dos seres humanos em seguir apenas essas estratégias e elas são muito naturais e dificilmente perceptivas, portanto compreendê-las é uma importante ferramenta de raciocínio lógico. 

A Heurística da Representatividade e os investimentos

No mercado financeiro nem sempre a lógica da Heurística da Representatividade consegue expressar os fatos e, portanto, não deve ser utilizada sozinha. 

Tanto na renda fixa quanto na variável, essas decisões devem ser acompanhadas de uma série de parâmetros. Escolhê-los bem se torna uma ferramenta para reduzir riscos e ter bons rendimentos.  

A escolha de quais tipos de investimentos aplicar, não é uma tarefa fácil e deve envolver uma série de análises estatísticas, de probabilidade e considerando também as análises fundamentalistas e análises técnicas

Compreender quais estratégias serão adotadas pelo investidor na hora de tomar decisões, fazer seus investimentos mais inteligentes e com melhor gerenciamento de risco

Dessa forma, essas estratégias são fundamentais para alcançar boas rentabilidades, principalmente na renda variável no qual há uma inconstância de valores.