O que é Heurística da Disponibilidade

A heurística da disponibilidade é um nome dado na ciência para a situação em que uma pessoa toma uma decisão com base nas probabilidades de eventos similares que ocorreram

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Por exemplo, se alguém lhe perguntar qual se um mouse de computador de uma determinada marca é bom, se você nunca comprou um mouse dessa marca, mas já consumiu outros produtos começará a analisar a qualidade dos outros produtos para dar uma resposta. 

Essa situação exemplificada, é o que a ciência da heurística da disponibilidade afirma que é frequente em qualquer tomada de decisão

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Como funciona a heurística da disponibilidade 

Diante dos investimentos podemos dizer que a heurística da disponibilidade também atua quando pensamos em quais tipos de investimentos iremos aplicar

O cérebro tende a encontrar probabilidades similares e isso norteia as escolhas de um investidor.

O maior problema de se tomar decisão com base na heurística da disponibilidade, está na distorção da realidade e na imprecisão dos fatos, isso leva ao erro que consequentemente traz inúmeros prejuízos. 

A compreensão da heurística da disponibilidade cria a necessidade de conhecer mais a fundo a heurística que é um estudo comportamental que tenta identificar o que leva os seres humanos a tomar decisões. 

Existem diversos tipos de heurística como por exemplo a heurística de afeto; avaliabilidade; julgamento; reconhecimento e entre outras. 

De acordo com os especialistas, quanto mais rápido os seres humanos conseguem se lembrar de um exemplo mais frequente a heurística da disponibilidade se torna na mente

A ciência entendeu que a heurística da disponibilidade funciona como um instinto natural do ser humano. 

A heurística da disponibilidade foi desenvolvida em nossa mente ainda na época em que vivíamos em cavernas e era preciso calcular a probabilidade de um predador aparecer ao seguir por um determinado caminho. 

De fato, ela funciona em vários aspectos do nosso cotidiano, mas para outros aspectos não deve ser aplicada, como é o caso de investimentos. 

Outro ponto muito estudado e pesquisado são os gatilhos mentais que nos levam a escolher investimentos com base no efeito de manada

A heurística da disponibilidade e os investimentos

Quando um investidor vê várias pessoas falando bem de um determinado ativo logicamente seu cérebro já se programa para fazer uma compra assim que o mercado abrir, essa situação é conhecida como efeito de manada.

Poucas pessoas conseguem escolher um ativo, seja na renda variável ou na renda fixa com base em dados puramente estatísticos e de probabilidade. A maior parte dos investidores tomam decisões com base em suas emoções. 

O maior problema de tomar decisões com base apenas em seus julgamentos está no aumento da exposição ao risco de capital. 

É comum os investidores julgarem a performance de uma ação, por exemplo, como base nos últimos meses de que se lembra, mas esquece por exemplo, de analisar o cenário ao longo dos últimos anos. 

Nesse contexto, o investidor pode cair em uma armadilha mental em que ele mesmo não percebeu e pode levá-lo ao julgamento equivocado e trará prejuízos.

A triste notícia é que o cérebro humano não é totalmente confiável, ainda mais no mercado financeiro que é influenciado de infinitas maneiras por fatores que nem sempre o investidor tem consciência. 

Mas a solução não é excluir totalmente esses atalhos criados pelo cérebro, mas sim combinar diferentes análises de cenários com base na probabilidade e em dados estatísticos

Só então o investidor terá uma decisão mais racional sobre seus investimentos e como administrá-los.

Esse comportamento financeiro pode afetar qualquer tipo de investidor, desde os mais conservadores aos mais arrojados. Compreender a heurística da disponibilidade, os demais tipos de heurísticas e quais são suas influências na tomada de decisão, é uma importante ferramenta que tornará os investimentos ainda mais inteligentes.