Hapvida (HAPV3) informou nesta segunda-feira (29), através de fato relevante, que a combinação de negócios entre a Hapvida e a Grupo Notre Dame Intermédica (GNDI3) foi aprovada pelos acionistas das respectivas companhias.

A consumação da operação permanece sujeita à verificação de condições suspensivas, incluindo a aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), bem como à verificação de outras determinadas condições usuais para operações deste tipo, conforme estabelecidas no acordo.

Os acionistas da Hapvida, na condição de acionistas da sociedade incorporadora, não terão direito de retirada em decorrência da operação.

Os acionistas da GNDI também não terão direito de retirada em decorrência da operação, tendo em vista que as ações ordinárias de emissão da GNDI possuem liquidez e dispersão no mercado.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa

Resultado da Hapvida no Quarto Trimestre de 2020

O resultado da Hapvida (HAPV3) no quarto trimestre de 2020 (4t20), divulgado no dia 18 de março, apresentou um lucro líquido de R$ 94,3 milhões, baixa de 55,2% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda da Hapvida atingiu R$ 431,8 milhões no 4t20, apresentando crescimento de 15,2% na comparação com o 4t19.

A Margem Ebitda da Hapvida totalizou 19,0% no 4t20, apresentando retração de -1,9 ponto percentual na comparação com o 4t19. 

A Margem líquida da Hapvida atingiu 4,1% no 4t20, apresentando retração de -7,7 pontos percentuais na comparação com o 4t19.