Grandes Investidores de Sucesso e Suas Estratégias Vencedoras
|

Grandes Investidores de Sucesso e Suas Estratégias Vencedoras

Conheça os Maiores Investidores de Sucesso e suas Estratégias de Investimentos para Ganhar Dinheiro na Bolsa.

Por
Atualizado em 12/05/2020
Avalie esse texto

Veja como os grandes investidores fizeram verdadeiras fortunas e se tornaram lendas no mercado de capitais.

Investir em ações pode parecer algo desafiador. Por isso, conhecer a história e como investem os grandes investidores da bolsa de valores é uma ótima forma de ter sucesso nos investimentos.

Todos os grandes investidores de sucesso possuem algumas características em comum que os fizeram chegar ao topo.

Banner will be placed here

Transformar as oportunidades em lucro, analisar bem as empresas, saber o momento certo de comprar e de vender, manter o foco e não ter pressa.

Conheça um pouco mais dos principais investidores de todos os tempos e como suas estratégias podem contribuir para você conquistar a sua independência financeira.

Rentabilidade dos Grandes Investidores

Muitos desses investidores tiveram um retorno muito superior ao índice S&P 500 (com dividendos reinvestidos).

Retorno dos grandes investidores
Gráfico do retorno aproximado acima do índice S&P 500 (com dividendos reinvestidos).

Para você ter uma ideia a rentabilidade média anual de Warren Buffett excedeu o índice em 15% durante 50 anos, foi o equivalente a transformar R$ 100 mil em R$ 108 milhões.

Veja quanto valeria R$ 100 mil com diferentes rentabilidades durante 30 anos:

Rentabilidade mensalValor Acumulado
0,5%R$ 602 mil
0,8%R$ 1,7 milhões
1,0%R$ 3,6 milhões
1,2%R$ 7,3 milhões
1,5%R$ 21,3 milhões

Um pequeno aumento na rentabilidade dos seus investimentos no longo prazo é o que separa você dos milionários, por isso invista parte do seu patrimônio em renda variável.

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

George Soros

Húngaro naturalizado americano foi em Nova Iorque que George Soros se consagrou como investidor.

Conhecido por suas grandes ‘sacadas’ econômicas, Soros utilizou ideias no campo da filosofia em seus investimentos, aplicando a Teoria da Reflexividade no Mercado Acionário.

Em 1992, o megainvestidor ficou conhecido como o “homem que quebrou o banco da Inglaterra” ao lucrar mais de US$ 1 bilhão em um único dia.

Não há nada de errado em correr riscos; desde que não se arrisque tudo.

Warren Buffett

Um dos maiores investidores do mundo, Warren Buffett procura por ações de empresas sólidas, líderes no seu segmento, com boa administração e negociadas abaixo de seu valor intrínseco.

Aluno de Benjamin Graham, Buffett é adepto à estratégia de buy and hold, ou seja, analisar bem as empresas e investir pensando no longo prazo.

O risco vem de não saber o que você está fazendo.

Outra tática utilizada pelo lendário investidor norte-americano é comprar na baixa e vender na alta.

A maioria das pessoas se interessa por ações quando todo mundo está interessado. O momento de interessar-se é quando ninguém mais se interessa. Não se ganha dinheiro comprando o que é popular.

Benjamin Graham

Benjamin Graham é considerado o pai da Análise Fundamentalista, criando conceitos importantes e até hoje utilizados como o do investimento em valor (value investing).

Dentre seus seguidores, aparecem nomes bem conhecidos como Warren Buffett, William J. Ruane, Walter J. Schloss, entre outros. 

Peter Lynch

Peter Lynch é conhecido como um investidor em valor, utilizando principalmente o P/L (preço por ação dividido pelo lucro por ação) para selecionar as ações.

Gostava de investir nas small caps, ações de empresas de pequeno porte, mas com grande potencial de crescimento.

Outra estratégia para ganhar dinheiro na bolsa era investir naquilo que conhecia. Para ele, empresas estão mais próximas do nosso cotidiano, geram mais oportunidades.

São também mais fáceis de avaliar seu desempenho e perspectiva de crescimento.

Robert Kiyosaki

Empresário, economista, investidor e escritor, ficou conhecido mundialmente através de seu livro “Pai Rico, Pai Pobre”,

Robert Kiyosaki defende que a Educação Financeira deve ser ensinada desde cedo e fazer parte da grade escolar tradicional.

Anthony Bolton

Maior investidor britânico de sua geração, Anthony Bolton ficou conhecido por ir contra a corrente, procurando ações vendidas abaixo do seu valor de mercado e com potencial de crescimento.

Em seus Fundos de Investimento, Bolton tendia a concentrar nas ações em recuperação, ativos problemáticos, novas emissões e empresas envolvidas em operações de aquisição.

Preferia empresas geradoras de dinheiro às que cresciam muito, porém com pouco ou nenhum retorno aos acionistas.

Em sua opinião, ser uma pessoa pouco emotiva, era uma virtude para ser um gestor de fundos.

Sir John Templeton

A estratégia vencedora de Sir John Templeton era basicamente comprar ações baratas, porém com potencial de crescimento no longo prazo.

Utilizava 10 premissas para escolha de ações que funcionam até os dias de hoje:

  1. Invista pelo retorno real (descontada a inflação);
  2. Mantenha sua mente aberta;
  3. Nunca siga a multidão;
  4. Tudo muda;
  5. Evite o popular;
  6. Aprenda com seus próprios erros;
  7. Compre ações em épocas de pessimismo;
  8. Lute por valor e barganhas;
  9. Procure pelo mundo todo;
  10. Ninguém sabe tudo.

Philip Arthur Fisher

Considerado por muitos como o pai do investimento em crescimento e qualidade, Fisher sempre insistiu que as ações estivessem com um preço conveniente para forma justificar o seu investimento.

Seus métodos para a escolha das ações tinham como foco a análise qualitativa, margens, retornos e qualidade do gerenciamento. 

Walter Schloss

Walter Schloss ficou conhecido por investir em ações baratas, de empresas subavaliadas em relação ao seu potencial de crescimento.

De acordo com ele, é essencial pagar o preço certo por cada ação.

É muito melhor comprar uma empresa maravilhosa a um preço justo do que comprar uma empresa justa a um preço maravilhoso.

Outro ensinamento importante de Schloss é com relação a sua forma de pensar e ao conhecimento próprio.

Para ele, o mais importante para um bom investidor é permanecer fiel a si mesmo e conhecer suas forças e fraquezas.

Nassim Nicholas Taleb

Nassim Nicholas Taleb é professor, investidor e autor de livros influentes como The Black Swan (O Cisne Negro) e Antifrágil.

Rotulado como o “guru” do mercado, alertou sobre as crises financeiras e ganhou muito dinheiro com elas.

Sua estratégia está em se beneficiar da volatilidade do mercado, chegando a faturar 40 milhões de dólares, em questão de horas, durante o crash de 1987 a “segunda-feira negra”. 

Irving Kahn

Nascido em 1905, Irving Kahn lucrou em quase todas as crises da bolsa de valores de que se tem notícia.

Utilizava a Análise Fundamentalista para comprar suas ações.

Como não gostava de se expor ao risco do curto prazo, permanecia com as ações no longo prazo mesmo se seu preço caísse.

Para escolher as empresas que iria investir, preferia as “companhias legítimas”, como costumava chamar aquelas que estão presentes no cotidiano.

Todo o mundo precisa de uma camisa.

Carl Icahn

Com um estilo mais agressivo de investir e perfil arrojado, Carl Icahn é tido como um “especulador corporativo”.

Não teme em investir em ações de uma mesma empresa que enxerga potencial.

Faz isso até tornar-se membro de seu conselho.

Foi assim que se tornou como uma das vozes mais ativas e fez mudanças em gigantes como a Apple, Hertz e Time Warner.

Boa parte dos seus bilhões foi conquistada com fusões e novas aquisições.

Vou ser direto: estou aqui para ganhar dinheiro. É o que gosto de fazer.

John Clifton Bogle

John Clifton “Jack” Bogle foi o criador do primeiro fundo de índice do mundo em 1975.

Seu objetivo foi diminuir os custos dos investimentos em ações para que mais pessoas pudessem ter acesso e enriquecer por meio delas.

Joel Greenblatt

O norte-americano Joel Greenblatt é um dos grandes investidores criador e gestor de Hedge Funds.

Greenblatt ficou conhecido pelo seu livro The Little Book That Beats The Market”, onde introduziu a Magic Formula.

Uma “Fórmula Mágica” para ajudar os investidores a comprar as melhores ações com bons descontos.

Ele faz seus investimentos pensando no longo prazo e defende que qualquer movimento que se faça na bolsa de valores deve ser analisado.

John Maynard Keynes

John Maynard Keynes foi um dos economistas mais revolucionários do século XX, considerado o precursor do conceito de macroeconomia.

No mercado de ações Keynes foi especulador e investidor.

Como especulador, ganhou e perdeu quantias expressivas. Sendo que em 1921, sua dívida oriunda de especulações malsucedidas chegou a ser 12 vezes maior do que o seu patrimônio.

Como investidor, seguiu métodos do Value Investing e conseguiu multiplicar o seu patrimônio em torno de 25 vezes de 1929 a 1946.

Steven A. Cohen

“Stevie” é fundador da SAC Capital Advisors e gestor de um fundo de hedge.

Opera de forma muito ativa e disciplinada. Seu objetivo é identificar tendências antes de qualquer um.

James Harris Simons

Gestor de fundos de hedge e fundador da Renaissance Technologies. Cria e utiliza softwares que fazem análises dos ativos em busca de oportunidades.

Seu fundo mais conhecido, o Medallion, é recorde absoluto em Wall Street, com rentabilidade anual média de 39% há 16 anos.

Kenneth Cordele Griffin

Fundador da Citadel Investment Group e do fundo hedge Citadel, um dos maiores Fundos de Investimento com capital de investimento estimado de US$ 33 bilhões.

Griffin opera em diferentes mercados no mundo através de arbitragem, métodos quantitativos e alocação de ativos global.

Charlie Munger 

Charlie Munger é o atual vice-presidente da Berkshire Hathaway. É também presidente da editora Daily Journal Corporation e faz parte do conselho da varejista Costco Wholesale.

O braço direito de Warren Buffett, é um investidor em valor com conhecimento multidisciplinar.

Não investe sem antes pesquisar a fundo as empresas. Olha para as empresas com pensamento de dono.

Uma de suas maiores virtudes é a paciência de esperar o momento certo de tomar suas posições. Com conhecimento, costuma fazer isso de maneira certeira.

Kenneth Fisher

Kenneth Fisher é analista de investimentos e o fundador e CEO da Fisher Investments e filho mais novo do influente investidor Philip Fisher.

O Jeito Ken Fisher de Investir na Bolsa mostra que para investir com sucesso você deve desafiar o conhecimento convencional.

Duvide de tudo o que acha que sabe, isso evitará erros comuns entre os investidores.

Alfred Winslow Jones

Alfred Winslow Jones foi um investidor e gestor de fundos de hedge. Antes disso também atuou como sociólogo, diplomata e jornalista.

Considerado como o “pai dos hedge funds”, iniciou sua carreira na bolsa de valores apenas aos 48 anos.

Entre suas lições mais importantes está a percepção de que poderia usar técnicas especulativas para fins conservadores.

Atualmente esse tipo de operação é comum, mas no final da década de 40 ainda era novidade.

Ray Dalio

Ray Dalio é um investidor bilionário, gestor de fundos de hedge, filantropo e autor de livros de sucesso como “Princípios”.

Em 1975, ele fundou sua empresa de gestão de investimentos, a Bridgewater Associates.

30 anos após seu lançamento, o fundo alcançou o posto de maior fundo hedge do mundo. Muito desse sucesso é resultado das capacidades de Dalio como investidor.

Atualmente conta com mais de US$ 160 bilhões em ativos sob gestão.

Como escritor, aborda desde temas macroeconômicos até os valores que incorporou para si ao longo de sua vida.

Os princípios de Ray Dalio trazem lições importantes não só para o mercado, mas em todas as situações da vida.

Seth Klarman

O novaiorquino Seth Klarman é gestor do fundo de hedge Baupost, um dos maiores do mercado.

Considerado o 15º maior gestor do mundo, Klarman é um defensor do investimento em valor.

Para ele, um bom investidor precisa ter paciência, disciplina e bom julgamento na tomada de decisões.

Investir em valor é a disciplina de comprar títulos com um desconto significativo de seus valores subjacentes atuais e mantê-los até que mais de seu valor seja realizado. A busca disciplinada de barganhas torna o investimento em valor muito uma abordagem avessa ao risco.

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

Grandes Investidores Brasileiros

A bolsa de valores brasileira também já fez bilionários. Entre os grandes investidores brasileiros estão:

Luiz Barsi Filho

Considerado o Warren Buffett brasileiro, Luiz Barsi Filho adota uma filosofia de investimentos pensando no longo prazo.

Segundo ele, a ideia não é simplesmente investir em ações da bolsa, mas comprar participações em boas empresas.

Outra estratégia é comprar ativos quando eles estão em baixa e reinvestir os dividendos.

Lírio Parisotto

Lírio Parisotto começou a investir na bolsa de valores na década 70.

Antes de se tornar um investidor de sucesso, teve dois grandes fracassos, mas não desistiu. Estudou o mercado e mais do que recuperar os prejuízos anteriores, fez fortuna.

A estratégia adotada por Lírio é baseada na análise fundamentalista e no buy and hold.

Ele costuma dizer que compra ação para casar, mas isso não quer dizer que não possa dar divórcio.

Antônio José Carneiro

Antônio José Carneiro é atual membro do conselho de administração e principal acionista físico da Energisa (ENGI11), uma das maiores empresas de energia do Brasil.

Responsável pela criação da maior financeira do Brasil, a Losango, vendeu sua parte em 1997 e embolsou o US$ 300 milhões.

Com esse dinheiro, continuou investindo e chegou a ser detentor de 35% da petroleira Ipiranga, conhecida na bolsa de valores como Ultrapar (UGPA3).

Foi nessa época que quando surgiu seu interesse no setor de energia elétrica e focou seus investimentos nessa área.

Luiz Alves Paes de Barros

Luiz Alves Paes de Barros é um dos sócios do fundo de investimento Alaska Black.

Uma de suas principais estratégias é comprar na baixa e vender na alta

Além disso, mantém poucas ações em sua carteira a fim de poder analisar minuciosamente seus dados. 

Guilherme Affonso Ferreira

Outro grande investidor de sucesso é Guilherme Affonso Ferreira.

Filho de um colaborador da Caterpillar, fabricante de máquinas, motores e veículos pesados, começou a fazer investimentos em negócios que tivessem um ciclo diferente.

Um dos seus investimentos mais acertados foi a entrada no Unibanco, durante a época do Plano Cruzado.

Naquela época, Ferreira procurou por um banco médio que fosse bem-gerido para investir e viu suas ações subirem cerca de 70% ao ano.

Victor Adler

Victor é um dos maiores acionistas da Eternit (ETER3), junto com Parisotto e Luis Barsi, companhia conhecida por ser uma boa pagadora de dividendos. 

Adler ainda tem participações em outras empresas como, por exemplo, a Unipar (UNIP3). 

Conclusão

Todos os grandes investidores possuem características similares entre si: autoconfiança, paciência e disciplina.

A estratégia de investimentos que transformou esses investidores em bilionários da bolsa de valores foi se tornar sócio de boas empresas e receber parte dos lucros.

Os grandes investidores de sucesso construíram suas fortunas amparados por estratégias de Value Investing.

Ou seja, comprar ações de excelentes empresas, mas que estão com um preço abaixo do seu valor intrínseco.

O investimento em valor segue conceitos da Análise Fundamentalista que consiste em comprar ações de empresas que têm bons indicadores fundamentalistas e boas perspectivas de crescimento.

As oportunidades da bolsa de valores aparecem de tempos em tempos e é necessário estar atento para aproveitá-las.

Quem é sua inspiração para investir na Bolsa de Valores?

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

Avalie esse texto

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais