Depois de muitas tentativas frustradas de encontrar um novo dono, a petroquímica Braskem (BRKM5) está novamente no mercado, tentando achar um comprador para suas operações globais.

Após quase fechar negócio com a rival holandesa LyondellBasell em 2019 e de garantir a saída de seus principais sócios - Novonor (ex-Odebrecht) e Petrobras (PETR4) - via uma oferta de ações em Bolsa, a companhia voltou à ideia original de encontrar um comprador no mercado privado.

E agora são os private equities (fundos que compram participações em empresas) o alvo preferencial.

A percepção de fontes que acompanham o negócio é de que não haverá um grande número de interessados por conta do tamanho do cheque estimado pela empresa, de cerca de R$ 40 bilhões.

Entre os nomes que estão analisando a transação estão fundos como Apollo, Starboard e Advent, apurou o Estadão. O banco Morgan Stanley está assessorando a operação.

As conversas com os private equities já começaram e devem ser anunciadas em breve.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Em 2019, a Odebrecht chegou perto de vender sua fatia na Braskem à LyondellBasell, mas a negociação foi suspensa devido ao aumento da insegurança jurídica em torno do grupo - um dos pivôs da Lava Jato - e outros imbróglios, como a dificuldade de se calcular os gastos com a reparação dos danos causados pela exploração de sal-gema pela petroquímica em Maceió. 

Problemas em série

O processo de venda da Braskem é antigo, mas o formato da operação é complexo. Inicialmente, não estava claro se a Petrobras venderia sua fatia. E os potenciais interessados trouxeram a demanda de fatiamento da empresa.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

No entanto, no fim do ano passado - com o mercado de renda variável em efervescência -, Novonor e Petrobras acertaram que a venda ocorreria via ofertas de ações.

Um sindicato de bancos foi contratado para estruturar a transação. A ideia seria fazer esse movimento aos poucos, por causa do tamanho da operação.

Entre o planejamento e a execução da estratégia, no entanto, o mercado de ofertas se fechou - e as companhias foram obrigadas a voltar à estaca zero.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Para a antiga Odebrecht, a venda é um passo para seguir com seu plano de recuperação judicial, que envolve dívida de R$ 100 bilhões.

Apesar do fracasso da operação na B3, a Braskem quer ingressar no Novo Mercado - que tem mais exigências de governança corporativa - como forma de conquistar investidores.

Do lado da Petrobras, a venda em Bolsa ou para fundos privados muito capitalizados significa dar continuidade de saída de seus ativos não estratégicos.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Das ações com direito a voto na Braskem, a Novonor detém 50,1% e a Petrobras, 47%. O restante está nas mãos de minoritários. Procurado, o Starboard não quis comentar. Advent, Petrobras, Novonor e Braskem não retornaram os contatos.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Resultado da Braskem no Quarto Trimestre de 2021

resultado da Braskem (BRKM5) no quarto trimestre de 2021 (4t21), divulgado no dia 16 de março, apresentou um lucro líquido de R$ 530 milhões no 4t21, apresentando queda de -37% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

A receita líquida de vendas da Braskem atingiu R$ 28,2 bilhões no 4t21, apresentando alta de 51% na comparação com o 4t20.

O resultado financeiro da Braskem totalizou um prejuízo de R$ 2,4 bilhões no 4t21, contra lucro de R$ 898 milhões quando comparado ao 4t20.

As ações da Braskem (BRKM5) acumulam alta de 1,12% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 69,64% nos últimos 12 meses.

Fonte: Estadão Conteúdo.