O conselho de administração da Grupo Pão de Açúcar (PCAR3) aprovou nesta terça-feira, 20, a sua 5ª emissão de notas promissórias comerciais para distribuição pública com esforços restritos, no valor de R$ 1 bilhão, emitidas em duas séries - sendo R$ 500 milhões da primeira e R$ 500 milhões da segunda série.

O prazo de vencimento da emissão da primeira série, segundo fato relevante divulgado pela empresa, é 30 de julho de 2025.

No caso das promissórias da segunda série, o vencimento é 30 de julho de 2026.

Os recursos líquidos captados pela companhia serão destinados para reforço do capital de giro e alongamento do perfil de endividamento.

Melhores Oportunidades do Mercado Financeiro? Veja as 3 Ações com Maior Potencial de Valorização Hoje.

Resultado do Pão de Açúcar no Primeiro Trimestre de 2021

O resultado do Pão de Açúcar (PCAR3) no primeiro trimestre de 2021 (1t21), divulgado no dia 05 de maio, apresentou um lucro líquido de R$ 113 milhões no 1t21, contra prejuízo de R$ 246 milhões em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda do Pão de Açúcar atingiu R$ 875 milhões no 1T21, apresentando crescimento de 84,6% na comparação com o 1T20.

A Margem Ebitda do Pão de Açúcar totalizou 7,0% no 1T21, apresentando crescimento de 3,0 pontos percentuais na comparação com o 1T20. 

A Margem Líquida do Pão de Açúcar atingiu 0,9% no 1T21, apresentando crescimento de 2,9 pontos percentuais na comparação com o 1T20.

As ações do Pão de Açúcar (PCAR3) acumulam queda de 2,49% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 36,79% nos últimos 12 meses.

Informe o DDD + 9 dígitos

Fonte: Estadão Conteúdo.