O que é Gestor de Investimentos e como funciona
SIMULE AGORA

Gestor de Investimentos – Asset Manager

O que é Gestor de Investimentos. Significado, conceito, para que serve e como funciona.

O que é Gestor de Investimentos?

O Gestor de Investimentos, ou do inglês, Asset Manager é a pessoa responsável por investir e alocar os recursos dos cotistas de um fundo, ou dos recursos de um eventual cliente.

Mais comum em fundos de investimento, o Gestor de Investimentos tem uma função importante, investir e fazer a manutenção dos recursos daqueles que investem no fundo.

Dependendo do tamanho do fundo a importância ganha ainda mais relevância. Fundos que possuem patrimônio elevado exigem mais atenção do gestor, uma vez que a manutenção da base de cotistas está fortemente ligada ao desempenho do fundo.

Vale destacar que não é qualquer pessoa que pode se tornar um Gestor de Investimento.

A atividade é regulada pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários), fato que exige do profissional certificações para desempenhar tal atividade.

Banner will be placed here

Gestor de Investimentos na Prática

Como já mencionado, o Gestor de Investimentos pode tanto trabalhar para fundos quanto de forma individual, tratando diretamente com clientes.

Quando o assunto é fundo de investimentos, o Gestor terá responsabilidade sobre a carteira e sobre a estratégia do portfólio.

Se o fundo terá um comportamento mais agressivo ou não, tudo isso estará ligado com a estratégia do Gestor.

Os custos e até o tratamento com os cotistas são de responsabilidade do Gestor de Investimentos também.

Normalmente os fundos de investimentos adotam a confecção de relatórios mensais para tratar das alterações e do desempenho do fundo no mercado.

Em momentos de turbulência, onde o mercado não está fácil e o fundo está gerando perdas, a comunicação é essencial, uma vez que através dela o gestor terá oportunidade de mostrar as causas do desempenho adverso.

Outro ponto importante são os custos. Um Gestor de Investimentos que faz muitas operações pode acabar influenciando em um custo maior para o fundo.

Por isso, os custos devem ser observados com cuidado. Para o Gestor de Investimentos que faz a assessoria junto a um cliente, de forma individual, o serviço será similar ao do fundo, porém, o contato e até a administração dos recursos é muito mais próxima.

Benefícios do Gestor de Investimentos

O mercado financeiro é um ambiente bastante competitivo e com grande quantidade de produtos.

Existem vários tipos de investimentos, sendo que cada um tem uma estratégia ou uma forma de investir.

Assim, o conhecimento é importante. Quando o assunto envolve valores elevados, o conhecimento é ainda mais necessário e a participação de um Gestor de Investimentos devidamente capacitado se vê essencial.

Por isso, o Gestor de Investimentos é um profissional importante e o mesmo só tem a agregar a carteira do cliente ou do fundo.

Mesmo para fundos que tenham estratégia passiva, o Gestor de Investimentos é importante para realizar a manutenção do portfólio, além de fazer as alterações na carteira quando necessário.

Para aqueles que procuram ajuda na hora de investir, o Gestor de Investimentos é o profissional ideal. Será ele que vai conseguir dar maior rentabilidade e segurança ao patrimônio do investidor.

Credenciais do Gestor de Investimentos

Segundo a instrução da CVM nº 558/2015, o Gestor de Investimentos precisa ser uma pessoa física ou jurídica.

Sendo que se for uma pessoa física, a mesma terá que contar com Certificação de Gestores ANBIMA (CGA).

Se for uma pessoa jurídica, os profissionais que ali trabalham também vão precisar da certificação da ANBIMA.

Vale destacar que no mercado, questões como currículo e experiência, contam bastante para os Gestores de Investimentos.Se o profissional não contar com muita experiência, por exemplo, será mais difícil conseguir trabalhos em fundos de patrimônio elevado.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE