O que é Gestão Financeira?

Gestão Financeira é um termo utilizado ao controle feito sobre as finanças, ou os recursos de uma empresa.

Desde questões como os custos até os recebimentos, tudo passa pela Gestão Financeira. A Gestão Financeira também pode ser utilizada para as pessoas físicas e compreende as mesmas coisas quando comparado às empresas.

As pessoas costumam ter seus gastos, investimentos, custos e receitas. Tudo isso passa pela Gestão Financeira.

Por meio de uma boa Gestão Financeira, pessoas e empresas conseguem evoluir para uma situação de estabilidade e progresso.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Gestão Financeira na Prática

A Gestão Financeira de uma empresa leva em consideração todo o fluxo de caixa e se estende até o resultado do exercício, ou DRE.

Como o dinheiro é um item essencial para o negócio de uma empresa, o controle sobre o mesmo é essencial, até para descobrir eventuais problemas ou possíveis soluções para ganhar ainda mais performance.

Exemplo: uma empresa que vem aumentando os seus gastos com o setor produtivo pode estar enfrentando uma série de problemas, que vão desde o aumento dos custos ou a perda com uma máquina defeituosa ou as más práticas dos colaboradores, por exemplo.

Caso sejam os custos elevados das matérias primas, soluções podem ser desenvolvidas pelo corpo técnico da área de produção.

Já, se for diagnosticado o defeito em uma máquina, então a Gestão Financeira junto da produção podem avaliar a possibilidade de manutenção ou troca do equipamento a fim de reduzir os custos e melhorar as margens.

Por último, no caso de, más práticas, novos cursos e treinamentos podem ser desenvolvidos a fim de melhorar o serviço e conseguir extrair a margem de lucro necessária.

Como o dinheiro é uma forma de verificar ou mapear problemas, a Gestão Financeira deve estar atenta ao fluxo dos recursos.

Gestão Financeira para pessoa física

Quando voltada para a pessoa física, a Gestão Financeira será similar a empresarial. Controlar os custos, despesas, receitas e investimentos são essenciais para uma vida financeira saudável.

Um dos maiores problemas das pessoas está no controle financeiro, sendo que a boa gestão pode mitigar eventuais problemas e trazer grandes benefícios.

Levantar os valores recebidos por meio do salário ou dos investimentos e controlar os gastos periódicos é algo essencial quando o assunto é poupar.

Gastar mais do que se tem é algo que gera grande transtorno financeiro no curto prazo, por isso, é preciso manter o mínimo de uma Gestão Financeira.

Como estamos tratando de um controle pequeno, pessoal, a administração pode ser feita por meio de uma planilha ou até de um caderno.

Benefícios da Gestão Financeira

Quando bem aplicado os benefícios da Gestão Financeira são relevantes. Como já mencionado, o controle sobre as finanças de uma empresa ou de uma pessoa podem trazer diagnósticos eficientes sobre eventuais problemas.

Ao detectar aumento de custos na produção, a empresa pode averiguar quais são os aumentos e como solucionar os mesmos.

Quando a questão é com relação à pessoa, o aumento das despesas pode ser avaliado através de um controle de compras.

Desse modo, existe como comprar as despesas de um período para outro e avaliar o que aumentou.

Outro benefício relacionado à Gestão Financeira está relacionado ao Valuation de uma empresa.

Por exemplo: ao calcular o Fluxo de Caixa Descontado, o interessado terá em mãos os valores líquidos de caixa, depois de levantado os recebíveis e uma taxa de desconto.

Assim, para uma empresa permanecer interessante perante o mercado financeiro, a Gestão Financeira se vê necessária.