A Gerdau (GGBR4) registrou no primeiro trimestre de 2022 lucro líquido de R$ 2,940 bilhões, alta de 19% na comparação com o mesmo período do ano passado, impulsionado, principalmente, pela unidade América do Norte, seguindo o spread metálico mais forte nos Estados Unidos.

Em relação ao quarto trimestre de 2021, no entanto, houve queda de 17%.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado atingiu R$ 5,827 bilhões entre janeiro e março de 2022, ante R$ 4,318 bilhões no primeiro trimestre de 2021, um avanço de 35%.

Na comparação com o quarto trimestre de 2022, foi registrada queda de 3%.

A receita líquida ficou em R$ 20,330 bilhões no primeiro trimestre deste ano, ante R$ 16,343 bilhões no mesmo período de 2021, alta de 24% no período.

Em relação ao quarto trimestre, a receita líquida apresentou queda de 6%. Os dados foram divulgados nesta manhã.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Em relatório, a companhia informou que a receita líquida entre janeiro e março deste ano foi inferior à registrada no trimestre anterior por conta da redução do volume vendido, dos menores preços praticados no Brasil e da taxa de câmbio apreciada, o que reduz as receitas em moeda estrangeira convertidas para reais.

Em relação ao primeiro trimestre do ano passado, a receita líquida apresentou expressivo aumento, devido aos melhores preços praticados.

Fonte: Estadão Conteúdo.