A Gerdau (GGBR4) registrou no segundo trimestre de 2022 lucro líquido ajustado de R$ 4,298 bilhões, alta de 27,6% na comparação com o mesmo período do ano passado. O resultado foi impactado por itens não recorrentes.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Em relação ao primeiro trimestre deste ano, houve alta de 46,2%. Sem o ajuste, o lucro líquido de R$ 4,298 bilhões, representa alta de 9,3% na comparação anual.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado atingiu R$ 6,680 bilhões entre abril e junho de 2022, alta de 13,3% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Na comparação com o trimestre imediatamente anterior foi registrada alta de 14,6%.

A receita líquida do segundo trimestre totalizou R$ 22,968 bilhões, com crescimentos de 13% em relação ao primeiro trimestre deste ano e de 20% comparado ao segundo trimestre do ano passado, reflexo do maior volume de vendas e do reequilíbrio de preços do período.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

O resultado apresentado foi impulsionado, principalmente, pelo desempenho dos setores de distribuição e de construção no mercado norte-americano, indústria e construção no Brasil e pelos resultados da operação de aços especiais.

Em relatório a empresa diz que os resultados alcançados no primeiro semestre de 2022 confirmam a resiliência dos mercados em que atua nas Américas, com destaque para solidez dos setores de construção civil e industrial.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Apesar de fatores externos que trazem incertezas no curto prazo, como desaceleração da atividade econômica global e aumento da inflação, a Gerdau acredita na continuidade do panorama favorável ao consumo de aço.

Fonte: Estadão Conteúdo.