Gerdau (GGBR4) Deve Regularizar Estoques no Início de 2021
| ,

Gerdau (GGBR4) Deve Regularizar Estoques no Início de 2021

Gerdau descarta falta de produtos e espera regularizar estoques no 1º trimestre de 2021.

Por
Atualizado em 11/11/2020

O presidente da Gerdau (GGBR4), Gustavo Werneck, disse que a companhia está trabalhando com níveis baixos de estoques e a expectativa é que a situação se regularize até o primeiro trimestre de 2021.

“Estamos priorizando o mercado interno e não vislumbramos falta de produto nos próximos meses”, disse CEO nesta quarta-feira (11), durante a reunião com analistas e investidores organizada pela Apimec.

“Estamos trabalhando com estoque baixo, mas o desabastecimento não vai ocorrer. A meta é recuperar os níveis adequados já no primeiro trimestre de 2021”, disse Werneck.

Banner will be placed here

Normalmente, as siderúrgicas trabalham com estoques saudáveis em torno de 30 a 35 dias de giro.

Werneck afirmou ainda que, principalmente no Brasil, a recuperação de mercado deverá se manter no próximo ano.

O executivo reafirmou que a expectativa é de um aumento entre 6% a 8% no consumo aparente de aço em 2021.

“Construção civil vai continuar mantendo o ritmo de crescimento. Estamos com número recorde de alvarás para construção verticais em São Paulo, com 983 alvarás concedidos, segundo Abrainc”, disse.

O executivo ressaltou que a capacidade brasileira tem condições de suprir a demanda que deve vir no país.

No caso da Gerdau, não haverá necessidade de investimentos para aumentar a capacidade produtiva no país.

“Capacidade não é problema no Brasil para a próxima década. O que aconteceu agora foi um descompasso pois tivemos uma recuperação em “V” e ganhamos participação de mercado“.

“É um pico que vai durar algum tempo e vai ter uma janela de recuperação de estoques no ano que vem”, disse.

Entretanto, segundo ele, a Gerdau tem condições de atender essa demanda e não há planos de retomar operações de usinas, como a da Bahia e de Araraucária (PR).

“A produtividade que se tinha em 2013 é menor do que a que se tem hoje. Temos capacidade para atender o mercado brasileiro.”

Essa recuperação rápida do mercado brasileiro, segundo Werneck, foi a razão para a Gerdau obter os resultados expressivos no terceiro trimestre deste ano.

Segundo ele, o crescimento na receita líquida ocorreu em função dos altos volumes de vendas e não do aumento de preços.

Como ser Sócio dos Melhores Negócios? Baixe Grátis o Relatório “As Melhores Empresas para Investir”.

Segunda onda de covid-19

Werneck disse também que uma possível segunda onda de covid-19 no Brasil não deverá impactar negativamente os negócios da companhia no país.

Segundo ele, a piora no nível de contaminação pelo novo coronavírus poderá acontecer simultaneamente com a descoberta de uma vacina.

“Tivemos uma gestão de risco bem feita durante o início da pandemia. Não vemos causando impactos grande uma possível segunda onda porque vai coincidir com a chegada de vacinas. Estamos preparado para enfrentar a situação. Não vejo grandes riscos”, disse.

Quanto a eleição de Joe Biden nos Estados Unidos, Werneck ressaltou que não vê grandes mudanças para o setor siderúrgico tanto no país como no mundo.

Segundo ele, a primeira a apreensão de queda de volumes de aço no curto prazo não deve se confirmar.

“Na primeira leitura não deve haver grandes mudanças no curto prazo que possa afetar os nossos negócios, como algo na questão tributária.”

De acordo com ele, não há grandes riscos na economia se materializando em 2021.

“Há uma possibilidade mais real de começar a se destravar os investimentos em infraestrutura nos EUA. Não será um pacote que irá mudar a dinâmica do setor, com uma demanda alta.”

“Será uma liberarão de recursos ao longo dos próximos anos e isso irá sustentar o nosso patamar de produção e de margem que temos até o momento.”

Como ser Sócio dos Melhores Negócios? Baixe Grátis o Relatório “As Melhores Empresas para Investir”.

Resultado da Gerdau do terceiro trimestre 2020

O resultado da Gerdau do terceiro trimestre de 2020 apresentou receita líquida de vendas da Gerdau atingiu R$ 12,2 bilhões no 3t20, apresentando alta de 23,1% na comparação com o 3t19.

O Lucro Bruto da Gerdau atingiu R$ 1,6 bilhão no 3t20, apresentando crescimento de 72% na comparação com o 3t19. 

O custo dos serviços prestados totalizou R$ 10,5 bilhões no 3t20, apresentando crescimento de 18% na comparação com o 3t19.

O Ebitda da Gerdau atingiu R$ 2,1 bilhões no 3t20, apresentando crescimento de 46% na comparação com o 3t19.

A margem Ebitda da Gerdau totalizou 17,5% no 3t20, apresentando crescimento de 2,7 ponto percentual na comparação com o 3t19. 

O resultado financeiro da Gerdau totalizou um lucro de R$ 303 milhões no 3t20, apresentando retração de -46% quando comparado ao 3t19.

Notícias do Mercado Financeiro

Fonte: Valor Econômico

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE