A Gerdau (GGBR4) e a Metalúrgica Gerdau comunicaram nesta quinta-feira, 19, que seu conselho de administração aprovou a fusão das operações de sua subsidiária Sidertúl com as sociedades Aceros Corsa e Gerdau Corsa, também localizadas no México e controladas pelas companhias junto com o Grupo Córdova.

Como passo preliminar à incorporação, o Grupo Córdova adquirirá 16,84% do capital social da Sidertúl, pelo montante de US$ 32,500 milhões, para equalizar sua participação acionária no capital social da Gerdau Corsa.

Após a operação, a Gerdau aumentará, indiretamente, a sua participação no capital social da Gerdau Corsa de 70% para 75%, mantendo-se o controle compartilhado da Gerdau Corsa com o Grupo Córdova.

"Adicionalmente, a reorganização societária reforçará o compromisso das companhias com suas operações no México, geografia importante e estratégica dentro da sua visão de longo prazo", afirma a Gerdau.

Segundo as empresas, a reorganização societária aprovada envolve a incorporação das empresas Sidertúl e Aceros Corsa pela Gerdau Corsa e se insere no contexto do processo de reorganização e simplificação da estrutura societária no México.

O objetivo é fortalecer a estrutura financeira da Gerdau Corsa, com a redução da alavancagem e das despesas financeiras; centralizar as principais atividades do negócio, gerando maior eficiência operacional das sociedades envolvidas e otimizar processos internos, criando sinergia nas atividades e economia de escala com a redução dos custos administrativos, operacionais e tributários.

A companhia espera concluir a fusão no quarto trimestre deste ano. A operação está condicionada à aprovação dos acionistas das sociedades envolvidas e da Comisión Federal de Competencia Económica (Cofece, órgão de defesa da concorrência mexicano).

Resultado da Gerdau do Segundo Trimestre 2021

O resultado da Gerdau do segundo trimestre de 2020 (2t21), divulgado no em 04 de agosto, apresentou um lucro líquido de R$ 3,9 bilhões no 2t21, uma alta de 1.149% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda da Gerdau atingiu R$ 5,9 bilhões no 2t21, apresentando crescimento de 348% na comparação com o 2t20.

A margem Ebitda da Gerdau totalizou 30,8% no 2t21, apresentando crescimento de 15,7 ponto percentual na comparação com o 2t20.   

O lucro líquido da Gerdau atingiu R$ 3,9 bilhões no 2t21, apresentando crescimento de 62,5% na comparação com o 1t21 e alta de 1.149,1% na comparação com o mesmo período do ano anterior.

As ações da Gerdau (GGBR4) acumularam queda de 10,09% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 45,90% nos últimos 12 meses.

Fonte: Estadão Conteúdo.