A expressão “Fusões e Aquisições” derivou do termo em inglês M&A (Mergers and acquisitions) sendo uma das medidas estratégicas mais rápidas, eficazes e rentáveis do mundo corporativo.

Isto porque, o processo de Fusão e Aquisições permite que as empresas diversifiquem seus produtos e serviços, a fim de obter uma vantagem competitiva frente aos seus concorrentes. 

Através de Fusões e Aquisições as empresas conseguem alcançar novas áreas geográficas ou de produto, favorecendo seu desenvolvimento no mercado.

Neste artigo vou abordar 3 exemplos de sucesso de Fusões e Aquisições de empresas listadas na bolsa de valores.

Vamos conhecer?

Fusão e Aquisição de empresas

O processo de Fusão e Aquisição de empresas podem atingir diversos objetivos, como realizar o crescimento da empresa, colocar a empresa em novos mercados, ampliar seu portfólio de produtos e serviços.

De acordo com um levantamento feito pela KPMG, o Brasil registrou recorde de fusões e aquisições, apresentando crescimento de 67% em 2019.

Neste ano, o impacto da pandemia sobre os negócios de fusões e aquisições tem sido impressionante, apresentando queda do volume de operações de M&A por conta do coronavírus.

Confira o ranking setorial de transações de Fusão e Aquisição de empresas relativo ao segundo semestre de 2019:

#SetorTotal
1Empresas de Internet63
2Tecnologia da Informação (TI)29
3Imobiliário28
4Hospitais e Labs. de Análises Clínicas17
5Companhias energéticas16
6Alimentos, bebidas e fumo14
7Seguros13
8Telecomunicações e mídia 11
9Serviços para empresas10
10Educação7
11Lojas de varejo7
12Serviços portuários e aeroviários7
13Instituições financeiras6
14Petrolífero6
15Shopping centers6
16Produtos de engenharia5
17Produtos químicos e farmacêuticos5
18Construção e produtos de construção4
19Hotéis e restaurantes3
20Metalurgia e siderurgia3
21Indústrias extrativistas2
22Açúcar e álcool1
23Fertilizantes 1
24Madeira e papel1
25Mineração1
26Montadoras de veículos1
27Publicidade e editoras1
28Vestuário e calçados1
29Transportes1
30Outros23
Total293
  • Dados KPMG
Banner will be placed here

Fusão Itaú & XP Investimentos

A XP Investimentos ganhou mercado nos últimos anos como uma opção de investimentos alternativos aos grandes bancos, seguindo o modelo das gigantes americanas Charles Schwab e Fidelity.

Em maio de 2017, o Banco Itaú (ITUB4) comprou 49,9% do capital social da XP Investimentos, a transação foi equivalente a R$ 6,3 bilhões.

Dos R$ 6,3 bilhões, R$ 5,7 bilhões foram para os acionistas e R$ 600 milhões como forma de expandir a XP Investimentos.

Como realizar investimentos em tecnologia e a realizar a aquisição da corretora Rico, anunciada no fim de 2016. 

Antes da transação, a XP Investimento tinha 276 mil clientes e cerca de R$ 65 bilhões em ativos sob custódia.

Atualmente a corretora financeira brasileira tem mais de 1,7 bilhão de clientes ativos e cerca de R$ 409 bilhões em ativos sob custódia.

Confira o gráfico histórico da receita líquida do Banco Itaú (ITUB3):

Fusões e Aquisições Itaú e XP Investimentos
Gráfico: Histórico Receita Líquida do Banco Itaú. Fonte: GuiaInvest

Fusão RaiaDrogasil e Onofre

A RaiaDrogasil (RADL3) foi criada a partir de uma fusão em 2011 entre Raia S.A. e Drogasil S.A. se tornando a maior rede de drogarias do Brasil em receita e número de lojas.

Em 2019, a RaiaDrogasil anunciou a compra da Drogaria Onofre envolvendo 100% do capital social da Onofre.

Um dos principais objetivos da compra da Onofre pela RaiaDrogasil era ganhar participação de mercado no Estado de São Paulo.

Região onde a companhia mantinha 952 lojas antes da operação, com market share de 22,9% na Raia e Drogasil no final de 2018.

E também sendo o estado em que a drogaria mantém maior concentração e vinha registrando queda de market share antes da parceria. 

A companhia afirmou na época que a aquisição da Onofre também visava acelerar a estratégia digital, e dobrar as vendas digitais da companhia

Antes da aquisição da Onofre, a RaiaDrogasil (RADL3) apresentava 1.825 de lojas em operações sendo 814 lojas da Raia e 991 da Drogasil, com market share de 12,9% no Brasil.

Em seus dados financeiros, a companhia apresentou margem bruta de 28,7% e receita bruta de 4,1 bilhões.

Um ano após a operação a companhia apresentou um total de 2.073 lojas em operação sendo 913 lojas da Raia e 1.157 da Drogasil, com market share de 13,7% no Brasil.

No estado de São Paulo onde a companhia pretendia aumentar sua participação de mercado, foi registrado 1.049 lojas com market share de 26,3% no final de 2019.

Em seus dados financeiros após a aquisição da drogaria Onofre, a companhia apresentou margem bruta de 28,1% e receita bruta de R$ 5,0 bilhões.

Confira o gráfico histórico da receita líquida da RaiaDrogasil (RADL3):

Fusões e Aquisições Raia Drogasil e Onofre
Gráfico: Histórico Receita Líquida da RaiaDrogasil. Fonte: GuiaInvest

Fusão Magazine Luiza e Netshoes

Em 2019, a Magazine Luiza (MGLU3) realizou a aquisição da Netshoes, a operação totalizou aproximadamente US$ 115 milhões.

Um dos principais objetivos da Magalu seria aumentar sua participação de mercado no varejo online de roupa, calçados e artigos esportivos.

Fazendo com que seu portfólio aumentasse em 250 mil itens, e que sua base de cliente apresentasse crescimento, um incremento de mais de 7 milhões de consumidores.

Com o aumento de clientes, a Magazine Luiza aumentaria sua participação de mercado, principalmente nas categorias core business da companhia, como Eletrodomésticos, Telefonia/Celulares, Casa e Decoração, Informática, Eletrônicos.

Desta forma, em relação ao faturamento da Magazine Luiza e da Netshoes juntos colocaria a gigante na posição de segundo maior e-commerce do Brasil.

Com a aquisição da Netshoes, a Magazine Luiza (MGLU3) seguia com sua estratégia de crescimento exponencial.

Visando adicionar novas categorias, aumentar sua base ativa de clientes e aumentar a frequência de compra de seus consumidores.

A Netshoes como o maior player de online de roupas, calçados e artigos esportivos adicionaria as principais marcas como Netshoes, Zattini e  Shoestock em sua plataforma.

Antes da operação, a Magazine Luiza contava com um total de 959 lojas somando as lojas convencionais, site e lojas virtuais.

Em seus dados financeiros, as vendas totais da Magalu somavam R$ 5,7 bilhões, por seu lado as vendas no e-commerce somavam R$ 2,3 bilhões e o seu marketplace faturava R$ 952 milhões.

Um ano aproximadamente após a compra da Netshoes, às lojas totais da Magazine Luiza somavam 1.113 lojas contando com lojas convencionais, site, quiosques e lojas virtuais.

Em seus dados financeiros, após um ano aproximadamente da aquisição da Netshoes, as vendas totais da Magalu somavam R$ 9,0 bilhões, por seu lado as vendas no e-commerce somavam R$ 4,3 bilhões e o seu marketplace faturava R$ 1,1 bilhão.

Confira o gráfico histórico da receita líquida da Magazine Luiza (MGLU3):

Fusões e Aquisições Magalu e Netshoes
Gráfico: Histórico Receita Líquida da Magalu. Fonte: GuiaInvest

Principais motivos para a realização do processo de Fusões e Aquisições

Confira os principais motivos para a realização do processo de Fusões e Aquisições nas empresas da B3:

  • Diminuir os custos operacionais como os custos fixos, gerenciais, aquisição de insumo;
  • Criar sinergias operacionais como alcançar maior produtividade através da integração vertical intercâmbio de know-how, economias de escala;
  • Diversificar sua área geográfica, inserindo em um novo mercado que seria inacessível por razões geográficas;
  • Diversificar seus produtos e serviços;
  • Diminuir a concorrência, aumentando sua participação de mercado, também como medida de enfraquecer seus concorrentes;
  • Melhorar a percepção da empresa fazendo com que seus investidores acreditem no potencial da empresa;
  • Melhorar a capacidade de pagamento das empresas, reduzindo seu risco de insolvência.

Conclusão

O processo de Fusões e Aquisições quando bem implementado pode favorecer a empresas de diversas formas, como aumento de clientes, faturamento e de market share.

Desta forma o investidor só tem a ganhar com a estratégia de expansão das companhias, através do processo de Fusões e aquisições.

Fazendo com que o sucesso da operação de Fusões e Aquisições reflita no desempenho das empresas e indiretamente no preço de suas ações.

Agora que você já conheceu os 3 exemplos de sucesso de empresas listadas na bovespa poderá acompanhar o processo de Fusões e Aquisições de ações de empresas da bolsa.

E descobrir quais apresentam maior potencial de crescimento no longo prazo, antes de começar  a investir descubra o seu perfil de investidor e invista com sucesso.

Quais Fusões e Aquisições do momento podem ser uma oportunidade na bolsa de valores?