Fundos imobiliários podem lançar novas ofertas públicas (IPO)
| ,

Fundos imobiliários podem lançar novas ofertas públicas em breve (IPO)

Gestoras de fundos imobiliários podem surpreender com o lançamento de novas ofertas de cotas nas próximas semanas.

Por
Atualizado em 09/04/2020
Avalie esse texto

Segundo especialistas, as gestoras de fundos imobiliários podem surpreender o mercado com o lançamento de novas ofertas de cotas já nas próximas semanas.

O objetivo das gestoras com essas novas ofertas deve ser atrair investidores institucionais, como os fundos de pensão.

Com esse perfil de investidor, elas devem conseguir tíquetes mais altos.

A expectativa é de que as novas ofertas tenham um formato diferente das anteriores, que foram feitas enquanto o mercado ainda estava aquecido.

As ofertas anteriores foram abertas, em um momento no qual muitas pessoas físicas buscavam uma alternativa mais rentável diante da queda dos juros (Taxa Selic).

Agora, a proposta é fazer ofertas restritas aos grandes investidores, conforme a Instrução 476 da CVM.

A estratégia é uma forma de reforçar o caixa para investir na compra de ativos.

Esse é o momento ideal, aproveitando que os preços dos ativos imobiliários está em baixa devido à crise do Coronavírus.

Os especialistas que apostam na realização das novas ofertas de cotas acreditam que elas devem acontecer em breve, nas próximas semanas.

Até o momento, no entanto, o avanço da pandemia vem atrapalhando planos de captação de capital.

De acordo o site Ticker11, onze fundos precisaram cancelar, suspender ou estender prazos para conclusão de ofertas que já estavam previstas.

O impacto estimado é de R$ 3,5 bilhões.

Além disso, o valor das cotas está caindo rapidamente, e as recomendações para compra estão mudando.

Na lista dos 10 fundos mais indicados pelos analistas, saem os FIIs de shopping centers e entram os de recebíveis imobiliários.

O resultado do índice IFIX no primeiro trimestre de 2020 revela que o desempenho dos principais FIIs negociados na bolsa de valores teve queda de 22%.

Isso significa que os efeitos da crise nos primeiros três meses do ano ajudaram a dissolver boa parte da valorização de 36% que foi alcançada ao longo do ano de 2019 inteiro.

Quer Investir nos Melhores Imóveis do Brasil? Baixe Grátis o Relatório “Os Melhores Fundos Imobiliários para Investir Hoje”.

Avalie esse texto

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais