O País registrou aumento dos investimentos em fevereiro, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

O Indicador Mensal de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF, medida dos investimentos no PIB) cresceu 0,8% em relação a janeiro, na série com ajuste sazonal.

O resultado sucede uma elevação de 0,7% no mês anterior.

Na comparação com o mesmo mês de 2021, houve expansão de 0,9% em fevereiro, depois de ter encolhido 2,2% em janeiro.

Nos 12 meses terminados em fevereiro, o Indicador de FBCF acumulou uma alta de 14,7%.

A FBCF é composta pelos investimentos em máquinas e equipamentos, construção civil e outros ativos fixos.

Na passagem de janeiro para fevereiro, com ajuste sazonal, o consumo aparente de máquinas e equipamentos - produção nacional destinada ao mercado interno acrescida das importações - registrou um crescimento de 2,5%.

→Como Investir no Cenário Econômco Atual? Veja as 3 Ações com Maior Potencial de Valorização no Brasil.

O componente de construção civil teve uma elevação de 0,2%, enquanto os outros ativos subiram 4,3%.

Em relação a fevereiro de 2021, a demanda por máquinas e equipamentos caiu 2,6% em fevereiro de 2022, mas houve expansão da construção civil (1,9%) e dos outros ativos (6,0%).

Fonte: Estadão Contéudo.