O grupo Fleury (FLRY3) decidiu suspender o plano de abertura de 73 a 90 unidades de atendimento no período de 2017 a 2021.

Desde o lançamento do plano de expansão, a rede de laboratórios inaugurou, até agora, 55 pontos, ou 25% menos do que o número mínimo que tinha sido planejado.

Fora do plano de expansão orgânica, a companhia também realizou oito aquisições de marcas de medicina diagnóstica, adicionando 112 novas unidades, sendo 68 delas em novas regiões.

Em comunicado ao mercado, o grupo ressalta ainda que acelerou a expansão do atendimento móvel, hoje responsável por 7,3% de seu faturamento e o equivalente à receita média de 25 unidades físicas.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa

"Esta combinação fortaleceu e ampliou a oferta de medicina diagnóstica, e marcou a entrada da companhia nos estados do Rio Grande do Norte, Maranhão e Espírito Santo, por meio de marcas tradicionais e com importante reputação médica", observa a empresa em fato relevante assinado pelo diretor de finanças e relações com investidores, José Antonio de Almeida Filippo.

O grupo acrescenta que seguirá avaliando oportunidades de expansão orgânica.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa

Resultado da Fleury no Terceiro Trimestre de 2021 

resultado da Fleury (FLRY3) no terceiro trimestre de 2021 (3t21), divulgado no dia 28 de outubro, apresentou um lucro líquido de R$ 95 milhões no 3T21, uma queda de -28,1% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. 

O Ebitda da Fleury atingiu R$ 288,6 milhões no 3T21, apresentando retração de -10,9% na comparação com o 3T20. 

A margem Ebitda da Fleury totalizou 28,0% no 3T21, apresentando retração de -9,0 pontos percentuais na comparação com o 3T20. 

A margem líquida da Fleury atingiu 9,2% no 3T21, apresentando retração de -5,9 pontos percentuais na comparação com o 3T20.

As ações da Fleury (FLRY3) acumulam queda de 8,39% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 27,80% nos últimos 12 meses.

Fonte: Estadão Conteúdo.