A Fitch reafirmou o rating em moeda estrangeira da Sabesp (SBSP3) em BB, com perspectiva negativa.

Em comunicado, a agência informa também que elevou o rating em moeda local da empresa, de BB para BB+, e também seu rating em escala nacional, de AA(bra) para AAA(bra).

As perspectivas para o rating em moeda local e em escala nacional são estáveis, segundo o texto.

A agência diz que a melhora em algumas das notas reflete o fortalecimento do perfil de crédito da empresa, após o terceiro ciclo de revisões tarifárias, o qual apoia sua previsão de alta para o fluxo de caixa de operações no ciclo regulatório 2021-2024, com margens de Ebitda superiores a 45% durante 2022-2024.

Os ratings consideram também os fundamentos sólidos do setor, com demanda resiliente, bem como a posição de liquidez "robusta" da empresa, um perfil de vencimento de dívidas gerenciável e sua condição de empresa estatal.

A perspectiva negativa para o rating em moeda estrangeira reflete o do Brasil, aponta ainda.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa

Resultado da Sabesp no Terceiro Trimestre de 2020

O resultado da Sabesp (SBSP3) no terceiro trimestre de 2020 (3t20), divulgado no dia 12 de novembro, apresentou um lucro líquido de R$ 421,6 milhões, queda de -65,1% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda da Sabesp atingiu R$ 1,5 bilhão no 3t20, apresentando retração de -49,7% na comparação com o 3t19.

A margem Ebitda da Sabesp totalizou 34,1% no 3t20, apresentando retração de 21,5 ponto percentual na comparação com o 3t19. 

A Margem líquida da Sabesp atingiu 9,5% no 3t20, apresentando retração de -12,8 ponto percentual na comparação com o 3t19.

As ações da Sabesp (SBSP3) acumulam queda de 2,77% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 1,24% nos últimos 12 meses.

Fonte: Estadão Conteúdo.