Fitch Eleva Rating da Cemig (CMIG4) para “AA-”
| , ,

Fitch Eleva Rating da Cemig (CMIG4) para “AA-”

De acordo com a Fitch, a Cemig apresentou redução da alavancagem financeira, devido ao positivo resultado no desempenho operacional.

Por
Atualizado em 29/10/2020

A Cemig (CMIG4) informou nesta quinta-feira (29), através de fato relevante, que a agência de classificação de riscos Fitch Ratings elevou os ratings corporativos da Companhia e das suas subsidiárias integrais Cemig Distribuição e Cemig Geração e Transmissão na escala nacional de “A+” para “AA-”, bem como afirmou os ratings na escala global em “BB-”. A perspectiva é estável.

De acordo com a Fitch, a Cemig apresentou redução da alavancagem financeira, devido ao positivo resultado no desempenho operacional e na geração de caixa em seu negócio de distribuição de energia.

Banner will be placed here

“Os ratings da Cemig e de suas subsidiárias refletem a grande escala do grupo no setor elétrico brasileiro. A diversificação de ativos e de segmentos em suas operações aumenta a diluição do risco de negócios.”

No dia 10 de julho de 2020, a Standard & Poor`s já havia revisado a perspectiva da Cemig e de suas subsidiárias integrais para positiva, seguida pela Moody’s América Latina, elevando os ratings em 16 de setembro, também refletindo métricas de crédito e de liquidez mais fortes.

Os movimentos promovidos pelas agências de rating são um reconhecimento do esforço empreendido pela Cemig em elevar sua qualidade de crédito.

A Companhia busca aprimorar sua liquidez e sua estrutura de capital através do alongamento do seu perfil de dívida, da gestão estratégica de passivos e da redução do custo de capital.

Como ser Sócio dos Melhores Negócios? Baixe Grátis o Relatório “As Melhores Empresas para Investir”.

Resultado da Cemig no Segundo Trimestre de 2020

O resultado da Cemig (CMIG4) no segundo trimestre de 2020 (1t20), divulgado no dia 14 de agosto, apresentou uma queda no lucro de 50,6% contra o mesmo período do ano anterior.

O Lucro Bruto da Cemig atingiu R$ 1,4 bilhão no 2t20, apresentando retração de 45,4% na comparação com o 2t19. 

O custo dos serviços prestados totalizou R$ 4,5 bilhões no 2t20, apresentando crescimento de 2,2% na comparação com o 2t19.

O Ebitda da Cemig atingiu R$ 1,8 bilhão no 2t20, apresentando crescimento de 4,3% na comparação com o 2t19.

A margem Ebitda da Cemig totalizou 31,8% no 2t20, apresentando crescimento de 6,0 ponto percentual na comparação com o 2t19. 

A Margem líquida da Cemig atingiu 17,6% no 2t20, apresentando retração de -12,6 ponto percentual na comparação com o 2t19.

Notícias do Mercado Financeiro

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE