O que é FIP - Fundo de Participações?

FIP é uma sigla para Fundo de Participações, um ativo que tem como finalidade comprar participações em empresas. O fundo destina-se às companhias em desenvolvimento ou em funcionamento, com:

  • Capital fechado;
  • Capital aberto.

Apesar de ser utilizado nas empresas abertas, ele é mais comum na aquisição de participações ativas daquelas fechadas. Por isso, ficou conhecido também como investimento em Private Equity.

Com características que o diferencia de fundos de investimentos convencionais, o FIP é voltado a aquisição de títulos que podem ser convertidos em ações de uma empresa, tais como:

Como o aporte mínimo de um Fundo de Participação costuma ser alto, a maioria é adquirido por quem possui mais recursos. Por exemplo, profissionais e investidores qualificados desse mercado.

Essa acaba sendo uma das peculiaridades que diferencia esse fundo de investimento daqueles convencionais. Eles são oferecidos por corretoras de valores de maneira acessível.

Além disso, outra diferença está na liberação do seu resgate que, para o FIP, não ocorre de maneira prática. 

Normalmente, o resgate do capital aplicado ocorre apenas após a sua data de vencimento. Ou então, caso o pedido de resgate seja aprovado pela assembleia do fundo.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Como Funciona um FIP - Fundo de Participações?

Na maioria dos FIP (Fundo de Participações), sua constituição acontece como um fundo fechado, ou seja, que não ficam sempre abertos para captação. Nesses casos, ele possui características como:

  • Não é possível fazer o resgate do capital aplicado antes da data de vencimento;
  • Depois do período de captação, não será possível investir mais neste fundo.

Por outro lado, quando o FIP é caracterizado como um fundo aberto sua negociação ocorre na Bolsa de Valores. Através da negociação de cotas da empresa, como no FIP Ômega (XP Investimentos).

Em ambos os casos, se a compra de participações de uma empresa feita pelo fundo for muito volumosa, ele poderá influenciar na gestão desta. Também junto ao Conselho Administrativo, participando de:

  • Tomada de decisões;
  • Votações;
  • Etc.

Isso porque a porcentagem de participações adquirida será grande o suficiente para ter o direito de voto. Algo que dificilmente acontece em investimentos mais comuns e de fácil acesso.

Além disso, quando um FIP possui grande volume de participações, isso significa ainda que boa parte do capital da empresa pode estar vindo dele. Recursos esses usados em seu desenvolvimento e crescimento. 

Quando possui poder de voto dentro de uma companhia, o fundo acaba sendo responsável pelo seu desempenho. Acontece que sua interferência na gestão impacta ainda nos resultados da companhia.

A regulamentarização de um Fundo de Participações é feito pela instrução 391 de 2003 desenvolvida pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Quais são as Vantagens do FIP?

Uma das vantagens dos Fundos de Participações é poder investir em empresas em fase de desenvolvimento que demonstram grande potencial de crescimento. Pois, a tendência é de alcançar bons retornos.

Ou seja, o upside de um negócio é benéfico, já que indica uma boa lucratividade no longo prazo. Em alguns casos, vemos FIPs que acompanham uma companhia desde sua criação e desenvolvimento. 

Até ao seu IPO (Oferta Pública Inicial), quando suas ações passam a ser vendidas na Bolsa de Valores. Nesse ponto, sua atuação tende a diminuir mas, mantendo-se um acionista.

Outra vantagem desses fundos é a participação ativa na gestão e administração da companhia. Com presença no bloco de controle, poder de voto, etc.

Quais são as desvantagens do Fundo de Participações?

Assim como qualquer investimento, o FIP possui desvantagens também. Entre eles, podemos destacar a falta de liquidez de um Fundo de Participação pois, o investidor não pode:

  • Contar com o capital aplicado no FIP em casos de emergência ou urgência;
  • Liquidar suas cotas no momento que desejar.

Caso o investidor queira liquidar suas cotas antes do vencimento previsto por esse fundo de investimentos, ele enfrentará duas dificuldades.

Uma delas é que pode ser bastante difícil ou não permitido encontrar compradores naquele momento. A outra é não ter a aprovação da assembleia para realizar tal ato.