O que é FINRA, Para que Serve e Como Funciona

FINRA

O que é FINRA. Veja o significado, para que serve e como funciona a Financial Industry Regulatory Authority.

O que é FINRA?

A sigla FINRA vem de Financial Industry Regulatory Authority ou Autoridade Regulatória da Indústria Financeira, em português. Um órgão do mercado financeiro norte-americano, responsável por regular negociações, tais como:

Ou seja, a negociação desses ativos quando negociados em território norte-americano. Considerada uma associação autorreguladora, a FINRA tem como missão combater fraudes e crimes neste mercado financeiro.

Criada em 2007, com objetivo de substituir a NASD (Associação Nacional de Revendedores de Valores Mobiliários). Suas sedes localizam-se em D.C., Nova Iorque e Washington, possuindo ainda 20 escritórios pelo país.

A Securities and Exchange Commission (SEC) ou Comissão de Títulos e Câmbios estadunidense, é quem supervisiona suas operações. Entre os objetivos dessa entidade independente, podemos destacar a: 

  1. Disseminação de conhecimento e informações aos agentes, em especial investidores, desse mercado;
  2. Preocupação com questões judiciais e éticas relacionadas ao trabalho neste ambiente;
  3. Cumprimento das regras de lealdade na competição entre integrantes do mercado.

Entre os órgãos reguladores e independentes dos Estados Unidos que operam valores mobiliários, a FINRA é considerada a maior. De modo que recebe bastante destaque, servindo de referência.

Banner will be placed here

Para que Serve a FINRA?

O principal objetivo da FINRA é assegurar os investidores contra fraudes e outros tipos de crimes que lhe causem prejuízos, especialmente, financeiros. Assim, atuando na manutenção do sistema financeiro norte-americano.

Como forma de garantir sua integridade, ela analisa diariamente milhares de eventos ocorridos neste âmbito. Além de supervisionar mais de 3 mil corretoras e 600 mil colaboradores dentro do país.

Sua principal função é investigar e processar envolvidos em casos suspeitos de envolverem atividades criminosas. Quando compravada alguma atividade ilegal, os casos são passados a SEC, tais como aqueles de:

  • Sonegação de impostos;
  • Lavagem de dinheiro;
  • Fraudes;
  • Etc.

Para isso, ela conta com ajuda de tecnologias como machine learning e inteligência artificial. Dessa forma, a FINRA consegue ter uma observação minuciosa, para manutenção dos seus objetivos de garantir:

  • A confiabilidade dos ativos e títulos negociados, e que os mesmo atendam verdadeiramente as necessidades do investidor para que ele não seja lesado;
  • Aos investidores proteção em suas operações e o recebimento completo dos dados sobre um produto financeiro antes de sua compra;
  • A avaliação, licenciamento e qualificação de todos os fornecedores de valores mobiliários.

Como Funciona a Atuação da FINRA?

Por ser uma organização autorreguladora sem fins lucrativos, a FINRA não recebe nada. Com isso, ela atua realizando a supervisão de agentes do mercado financeiro norte-americano, através das seguintes ações:

  • Ordenar e cobrar dos infratores o cumprimento das indenizações devidas a empresas ou pessoas físicas que foram enganadas e financeiramente prejudicadas;
  • Regular a Nasdaq, a New York Stock Exchange (NYSE), a Chicago Climate Exchange e a International Securities Exchange – bolsas de valores estadunidenses;
  • Criação e reforço das normas acerca das atividades éticas entre corretoras e profissionais;
  • Analisar empresas para garantir seu alinhamento com as normas instituídas;
  • Promover a educação de investidores e profissionais norte-americanos;
  • Suspender as operações de corretoras ou dar fim às suas atividades.

De acordo com a própria entidade, em 2018 a FINRA moveu mais de 900 ações disciplinares no país. Além de ter alcançado uma restituição de $25,5 milhões aos investidores lesados.

A Financial Industry Regulatory Authority ainda acompanha e aconselha outras entidades reguladoras do país. Bem como, ainda possui as seguintes funções a cumprir:

  • Definição de normas para prevenção de futuras fraudes;
  • Mediação dos atos reclamatórios de investidores;
  • Emissão de licenças para corretores.

Em resumo, a FINRA atua promovendo a transparência e honestidade nas operações de valores mobiliários. Ao mesmo tempo que fomenta princípios de investimento e segurança aos investidores.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE