Filho de Fundador Deixa Presidência da Vivara (VIVA3)
| ,

Filho de Fundador Deixa Presidência da Vivara (VIVA3)

Com a saída do filho de fundador da Vivara (VIVA3), o novo CEO da companhia passa a ser Paulo Kruglensky.

Por
Atualizado em 05/02/2021

A Vivara (VIVA3) informou que o conselho de administração aprovou a eleição de Paulo Kruglensky como novo diretor-presidente, em vista da renúncia de Márcio Monteiro Kaufman.

A informação foi divulgada na noite de quinta-feira (4), por meio de fato relevante.

Filho de Nelson Kaufman, fundador da companhia, Márcio já é membro do colegiado da empresa.

Banner will be placed here

É também o maior acionista, com 21% das ações, segundo dados do fim de 2020.

Kruglensky tem 4,7% das ações ON, é primo de Márcio e ocupava a função de vice-presidente operacional, que ele acumulará junto com o cargo de CEO.

De 2007 a 2019, também foi CEO da Etna, companhia também fundada por Nelson Kaufman.

Márcio Kaufman ocupava a posição de CEO do Grupo Vivara há cerca de dez anos.

Kruglensky e Kaufman são integrantes do bloco de controle.

Cerca de 60% das ações da empresa estão nas mãos de:

  • Nelson Kaufman;
  • Márcio Kaufman;
  • Paulo Kruglensky;
  • Marina Kaufman Bueno Netto, filha de Nelson.

Como ser Sócio dos Melhores Negócios? Baixe Grátis o Relatório “As Melhores Empresas para Investir”.

Venda de Ações de Controladores

Ontem, o Valor Econômico informou que os controladores da Vivara venderam cerca de R$ 2 milhões em ações ordinárias da empresa no dia 5 de janeiro.

A venda foi equivalente a 5,8% do volume de negociações do papel no dia (R$ 34,4 milhões), num total de 71,2 mil ações negociadas pelos sócios, segundo formulário de operações mais recente enviado pela rede ontem à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Foram 300 operações de venda à vista, idvididas ao longo do dia e informadas em 13 páginas do relatório.

A soma movimentada é pequena frente ao valor de mercado da companhia, que chega a R$ 6,1 bilhões.

Entretanto, essa é a primeira vez que os acionistas controladores se desfizeram de parte de seus papéis desde a oferta secundária de ações da empresa, concluída no fim de 2019, com base nos formulários arquivados na CVM.

Em outubro de 2019, a varejista da família Kaufman finalizou a sua abertura de capital.

Como ser Sócio dos Melhores Negócios? Baixe Grátis o Relatório “As Melhores Empresas para Investir”.

Resultados da Vivara no Terceiro Trimestre de 2020 (3T20)

A Vivara apresentou lucro líquido de R$ 36,1 milhões no terceiro trimestre (3T20), queda de 8,7% na comparação com o mesmo período de 2019.

Assim, a receita líquida voltou ao nível pré-pandemia, com o e-commerce mantendo o ritmo acelerado.

A receita líquida cresceu 1% ano a ano, para R$ 242,6 milhões.

As vendas online saltaram 182,3% no período, passando a representar 22,9% do faturamento.

Enquanto isso, as vendas das mesmas lojas — somando lojas físicas e e-commerce — caíram 3,9%.

Notícias do Mercado Financeiro

Fonte: Valor Econômico

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE

Faça o Teste de Perfil de Investidor e receba uma carteira para você Investir Melhor o seu Dinheiro.

VOCÊ ESTÁ PRONTO PARA ACUMULAR O SEU 1 MILHÃO?