Ex-CEO da Braskem é Condenado a 20 Meses de Prisão nos EUA
SIMULE AGORA
| , , ,

Ex-CEO da Braskem é Condenado a 20 Meses de Prisão nos EUA

Ex-CEO da Braskem, José Carlos Grubisich foi condenado a 20 meses de prisão pela Justiça dos EUA na terça-feira, 12.

Por
Atualizado em 13/10/2021

Ex-CEO da Braskem (BRKM5), José Carlos Grubisich foi condenado a 20 meses de prisão pela Justiça dos Estados Unidos nesta terça-feira, 12, por envolvimento em casos de “suborno internacional” e “violações a lei de valores mobiliários”, segundo informou o Departamento de Justiça americano.  

Grubisich também terá de pagar US$ 2,2 milhões em multas. O executivo foi sentenciado à prisão por ter “conspirando para desviar centenas de milhões de dólares da Braskem para um fundo secreto e pagar propinas a funcionários do governo, partidos políticos e outros no Brasil para obter e reter negócios”, segundo o órgão americano.  

Banner will be placed here

Em abril deste ano, Grubisich se declarou culpado pelo envolvimento no que os promotores do caso classificaram à época como um esquema de propina de 13 anos que envolvia a controladora da Braskem, a Odebrecht.  

Quem definiu a sentença nesta terça-feira foi a juíza Jacquelyn M. Kasulis, do Distrito Leste da Justiça de Nova York. 

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Resultado da Braskem no Segundo Trimestre de 2021

O resultado da Braskem (BRKM5) no segundo trimestre de 2021 (2t21), divulgado no dia 04 de agosto, apresentou um lucro líquido de R$ 7,4 bilhões no 2t21, contra um prejuízo de -R$ 2,4 bilhões em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

A receita líquida de vendas da Braskem atingiu R$ 26,4 bilhões no 2t21, apresentando alta de 136% na comparação com o 2t20.

A Margem líquida da Braskem atingiu 28,6% no 2t21, apresentando crescimento de 50,9 ponto percentual na comparação com o 2t20.

As ações da Braskem (BRKM5) acumulam queda de 4,07% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 165,08% nos últimos 12 meses.

Notícias do Mercado Financeiro

Fonte: Estadão Conteúdo.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE