EURO11: Fundo Imobiliário Europar Vale a Pena?
| ,

EURO11: Fundo Imobiliário Europar Vale a Pena?

Conheça o Fundo Imobiliário Europar(EURO11): Dividendos, Rentabilidade, Subscrição e Riscos.

Por
Atualizado em 29/10/2020

Fundo Imobiliário Europar (EURO11) fecha novo contrato de locação em maio e diminui vacância

O cenário segue desafiador para os fundos imobiliários de todos segmentos. Embora os fundos de logística tenham sido menos impactados, igualmente permanecem em estado de alerta.  

O Fundo Imobiliário EURO11 – o primeiro a ser negociado na antiga BOVESPA (hoje B3) – é um deles. 

Em maio (29), o fundo celebrou um novo contrato de locação de mais de 11 mil m2, diminuindo consideravelmente sua preocupante taxa de vacância.

Ainda assim, a área desocupada do fundo segue representando cerca de 31% de sua área bruta total. 

Após a forte baixa de março, maio foi um mês de recuperação. A cota de fechamento do mês foi de R$ 183,99. A distribuição de dividendos representou 0,38% do valor de cota. 

Se você busca maneiras mais eficientes de ampliar seu capital e receber uma renda mensal isenta de IR, deve investir nos melhores fundos imobiliários, principalmente os FIIs que compõem o IFIX (índice dos FIIs listados em bolsa).

Por isso, conhecer as características do EURO11 é fundamental!

Neste artigo, você entenderá: 

  • O que é EURO11;
  • Rendimentos do EURO11;
  • Resumo da Carteira do EURO11;
  • Liquidez do EURO11;
  • Principais riscos do EURO11;
  • Se o EURO11 vale a pena. 

Leia até o final e descubra se o Fundo Imobiliário Europar(EURO11) Vale a Pena e deve fazer parte de sua carteira de investimentos!

Quais os Melhores FIIs para 2021? Clique Aqui e Receba Dinheiro na Sua Conta Todos Meses.

O que é EURO11 FII?

O código EURO11 identifica o Fundo Imobiliário Europar, administrado pela Coinvalores.  

Trata-se de um fundo do tipo híbrido, que pode investir tanto em imóveis como em títulos de dívidas e mesmo cotas de outros FIIs.  

O objetivo do fundo é gerar rendimentos mensais livres de imposto de renda para seus cotistas através da exploração comercial desses imóveis. 

No EURO11, o foco são os galpões industriais e logísticos. Em sua carteira estão 5 ativos, localizados nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro.  

Iniciado em 2002, o EURO11  trouxe o mercado cotas comercializadas a R$ 100 cada uma. 

Ao final de maio de 2020, o EURO11 apresentava um patrimônio superior a R$ 117 milhões.  

Banner will be placed here

EURO11 Rendimentos

No mês de maio de 2020, o EURO11 distribuiu R$ 0,70 em dividendos. O valor significa 0,38% sobre o valor da cota no fechamento do mês, que foi de R$ 183,99. 

Nos 12 meses anteriores, os rendimentos mensais do EURO11  somaram R$ 13,95, o que corresponde a 7,58% sobre o valor de cota registrado ao final de março/20. 

Cabe ressaltar, porém, que em agosto de 2019 houve uma distribuição anormal de dividendos no fundo. Nesse mês, foram distribuídos R$ 6,85, quando os dividendos recentes mais elevados foram de R$ 0,70.

Essa distribuição superior à média ocorreu devido a um acordo de pagamentos com um de seus inquilinos. 

Desconsiderando-a e aplicando o valor médio dos rendimentos mensais em 2019, o percentual sobre o valor da cota de maio/20 seria algo ao redor dos 4,20%. 

A tabela abaixo mostra os rendimentos distribuídos pelo EURO11 desde janeiro de 2019. Valores em Reais. 


JanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDez
20200,700,700,700,550,70






20190,740,510,510,600,550,600,606,850,600,600,650,70

Fonte: Relatório Gerencial. 

Quais os Melhores FIIs para 2021? Clique Aqui e Receba Dinheiro na Sua Conta Todos Meses.

EURO11 Rentabilidade

Em maio/20 o EURO11 registrou rentabilidade de 4,47%, contra os 2,07% registrados pelo IFIX (Índice de Fundos de Investimento Imobiliário da bolsa de valores). 

A tabela abaixo traz a rentabilidade do EURO11 em comparação ao IFIX, Taxa Selic e DI no mês

RentabilidadeMaio/20
EURO114,47%
IFIX2,07%
Selic0,18%
DI0,17%

Fonte: Relatório Gerencial. 

Resumo da Carteira do EURO11 

A carteira do EURO11 é composta por 5 galpões logísticos situados em São Paulo e no Rio de Janeiro, além de uma torre de testes de elevadores, também localizada em São Paulo. 

Em total, são 36.813,64 m2 em área bruta locável, sendo o CDA 1, na Rodovia Anhanguera, o mais representativo. 

Esse imóvel, com mais de 23,6 mil m2, representa 64,33% da área total do fundo e conta com 6 unidades locáveis. 

A região é atrativa para o segmento logístico, já que se encontra às margens da Rodovia Anhanguera e a 5 km do rodoanel, importante para o mecanismo de distribuição de produtos no estado. 

O mesmo ocorre com os galpões localizados no Rio. 

Próximo ao aeroporto Galeão, o empreendimento se destina à postagem, seleção e distribuição de correspondências e foi construído em modalidade built to suit.

Ainda assim, os ativos do EURO11 apresentam uma vacância relevante. Em maio, a situação de ocupação da carteira em relação à ABL era a seguinte: 

  • Torre Atlas: 13,03%
  • CDRJ: 25,30%
  • CD Anhanguera: 61,67%

Vacância EURO11. Fonte: Relatório gerencial. 

Quanto à inadimplência, o fundo apresenta um inquilino em situação de atraso inferior a 90 dias. Trata-se do módulo 3 do Galpão 1 no Centro de Distribuição Anhanguera (7.125,10 m2). 

O inquilino tem pendentes os aluguéis do mês de abril e maio e, segundo o relatório gerencial, mantém negociações com a gestão em busca de solução. 

A vacância física já esteve mais alta. Ao final de maio foi celebrado um novo contrato de aluguel por 11.498,53 m2 no mesmo CD Anhanguera. 

Quantidade e Localização dos Ativos

O fundo imobiliário EURO11 possui imóveis no Rio de Janeiro e em São Paulo.  A tabela abaixo mostra os detalhes de seus imóveis. 

AtivosLocalizaçãoÁrea Bruta Locável
CDA 1 – Módulos 1 a 4Rodovia Anhanguera, km 17,5 – São Paulo, SP23.684,63 m2
CDA 2 Rua Jornalista Paulo Zingg, 570 – São Paulo, SP1.929,40 m2
CDA 3Via Anhanguera,km 17,5 – São Paulo, SP1.497,00 m2
Torre Atlas (Laboratório de Testes)Av. Interlagos, 4.455 – São Paulo, SP3.298,00 m2
CD Rio 1R. Sargento Aquino, 136 – Rio de Janeiro, RJ1.995,10 m2
CD Rio 2R. Cmdt. Vergueiro Cruz, 206 – Rio de Janeiro, RJ4.409,51 m2

Fonte: Relatório Gerencial

Negociação e Liquidez EURO11

Foram registradas 384 negociações de cotas do EURO11 durante o mês de maio de 2020, somando um volume total de R$ 1,49 milhão. 

A média no período foi de aproximadamente R$ 68 mil ao dia. 

Nos 12 meses anteriores, o volume total foi de R$ 20,92 milhões, com 7.447 negociações de cotas do fundo registradas. A média mensal foi de aproximadamente R$ 1,74  milhão no período. 

Riscos do EURO11

Os principais riscos do EURO11  são: Liquidez, Vacância, Prazo do Contrato e Risco do Inquilino.

Liquidez

O risco de liquidez se refere ao tempo necessário para a conversão de um papel em dinheiro. 

Os fundos imobiliários são constituídos como condomínio fechado, o que impossibilita o resgate antecipado de cotas.

A venda delas fica à mercê do mercado secundário que, no Brasil, nem sempre apresenta grande liquidez geral. 

Embora o EURO11 apresente certa  liquidez no mercado secundário na atualidade (aproximadamente R$ 68 mil ao dia em maio/20), não existem garantias sobre o preço de venda, nem sobre o tempo para ela. 

Vacância

O risco de vacância se refere a possibilidade de que o imóvel permaneça desocupado por períodos, deixando de gerar as receitas esperadas em aluguéis. 

Apesar de não haver renda, os gastos naturais do empreendimento (como IPTU, condomínio e outros), seguem correndo e devem ser cobertos pelo fundo.

O EURO11 apresenta uma taxa de vacância significativa. A Torre Atlas encontra-se apenas 13,03% ocupada, o CD Anhanguera tem ocupação de 61,62% e o CD Rio de Janeiro, 25,30%. 

A taxa de vacância geral é de aproximadamente 31,23%. 

Prazo do Contrato

O risco do prazo do contrato se relaciona com a vacância, uma vez que existe a possibilidade de que o imóvel seja desocupado em seu término. 

No EURO11, 8,96% dos contratos têm vencimento ainda em 2020 e 5,42% vencem em 2021. Os restantes 85,22% vencerão entre 2022 e 2023, conforme mostra o gráfico abaixo.

Vencimento Contratos EURO11. Fonte: Relatório Gerencial. 

Risco do Inquilino

O risco do inquilino é a inadimplência. Caso os locatários não cumpram suas obrigações de pagamento, os rendimentos do fundo são afetados. 

Ao final de maio, apenas um inquilino do EURO11 estava inadimplente, por período ainda inferior a 90 dias. 

De acordo com a gestora, trata-se de um efeito do coronavírus, porém estão abertas as negociações para regularização.  

[INSERIR BLOCO REUTILIZÁVEL: “GI: [ebook15] 3 Melhores FIIs] 

Dados do EURO11

Veja agora as principais informações sobre o EURO11: 

  • Razão Social: Fundo de Investimento Imobiliário Europar
  • CNPJ: 05.437.916/0001-27
  • Gestor: Coinvalores CCVM Ltda. 
  • Público Alvo: Investidores em Geral
  • Segmento: Híbrido – Renda Passiva – Logística
  • Patrimônio Total  (05/2020): R$ 118.785.253,27
  • Taxa de Administração: 5,0% (cinco por cento) ao ano sobre a receita bruta
  • Taxa de Performance: Não há
  • Início do Fundo: 10 de dezembro de 2002
  • Quantidade de Emissões: 1
  • Número de Cotistas (05/2020): 1.900
  • Número de Cotas do EURO11: 383.936
  • Regulamento do EURO11
  • Relatório Gerencial  EURO11
  • EURO11 Site Oficial (RI)

EURO11 Subscrição

A subscrição um direito do investidor de um fundo imobiliário. Ele assegura que o cotista possa manter seu percentual de participação no fundo ante uma nova emissão.

Na prática, o fundo emite novas cotas (geralmente a preço mais baixo) e o cotista tem a preferência na compra, sempre proporcional ao número atual de cotas que possuir do fundo.

Caso não queira usar o direito de subscrição, alguns fundos permitem que você venda esse direito através do home broker da sua corretora de valores.

O fundo EURO11 ainda não teve nenhuma emissão de cotas com oferta de subscrição. De fato, somente uma emissão de cotas do fundo foi realizada até o presente. 

Dúvidas sobre EURO11

Veja as dúvidas mais comuns sobre o EURO11.

Como comprar EURO11?

A compra de cotas do EURO11 é feita através das corretoras de valores. Abrir sua conta em uma delas e transferir o montante que deseja investir para ela são os primeiros passos. 

Então, basta acessar o Home Broker, buscar o fundo pelo código (EURO11) e selecionar o número de cotas e valor a pagar. 

Envie a ordem de compra e aguarde a confirmação. 

Onde achar o informe de rendimentos do EURO11?

O informe de rendimentos do EURO11 é disponibilizado pela gestora em seu site oficial

Onde achar o relatório gerencial do EURO11?

O relatório do EURO11 está disponível no site oficial do fundo. Além disso, você o encontra neste artigo, na seção Dados do EURO11

Como declarar o fundo imobiliário EURO11 no IR?

Para descobrir como declarar o fundo imobiliário EURO11 no imposto de renda, consulte o artigo como declarar o imposto de renda sobre investimentos.

Quais os Melhores FIIs para 2021? Clique Aqui e Receba Dinheiro na Sua Conta Todos Meses.

EURO11 Vale a Pena?

O fundo imobiliário EURO11 é um fundo híbrido  focado em empreendimentos logísticos, que conta com 5 ativos bem localizados em carteira. 

Este foi o primeiro Fundo Imobiliário a ser comercializado na bolsa de valores brasileira, e tem um histórico de resiliência. 

Suas cotas obtiveram uma valorização interessante e seus rendimentos, embora não espetaculares, se mantém constantes. 

O grande desafio do EURO11 no presente é superar sua taxa de vacância, que permanece elevada (cerca de 31%). Embora o segmento logístico esteja entre os menos afetados pela recente crise do coronavírus, o cenário permanece incerto. 

No entanto, apostar no fundo pela resiliência de seus ativos pode valer a pena, se conseguir comprar a um bom preço. 

Dito isso, o EURO11 vale a pena, mas com cautela. E não a qualquer preço! 

É preciso ser prudente e manter o foco uma alocação de ativos saudável e de acordo com o seu perfil de investidor

Descubra o seu perfil através deste teste online e receba uma sugestão de alocação para a sua carteira de investimentos.

Agora, quero saber uma coisa: Qual é o fundo que quer conhecer melhor? 

Responda nos comentários. A próxima análise pode ser a sua! 

Análise de FIIs

Disclaimer: Declaro que as informações contidas neste texto são públicas e que refletem única e exclusivamente a minha visão independente sobre a companhia, sem refletir a opinião do The Capital Advisor ou de seus controladores.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE