A Eneva (ENEV3) informou na sexta-feira (18), através de comunicado ao mercado, que aprovou a realização da 7ª emissão, pela Companhia, de debêntures simples, não conversíveis em ações, da espécie quirografária, em série única, no valor total de R$ 1,5 bilhão, com valor nominal unitário de R$ 1.000,00, na data de emissão.

O vencimento das Debêntures ocorrerá em 15 meses, contados da data de emissão, ou seja, em 18 de maio de 2023.

Os recursos líquidos obtidos pela Companhia por meio das Debêntures serão utilizados para reforço de capital de giro da Companhia.

Resultado da Eneva no Terceiro Trimestre de 2021

resultado da Eneva (ENEV3) no terceiro trimestre de 2021 (3t21), divulgado no dia 03 de novembro, apresentou um lucro líquido de R$ 362,6 milhões no 3T21, uma alta de 552,7% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

Ebitda da Eneva atingiu R$ 547,4 milhões no 3T21, apresentando crescimento de 97,5% na comparação com o 3T20.

margem Ebitda da Eneva totalizou 35,8% no 3T21, apresentando crescimento de 13,5 pontos percentuais na comparação com o 3T20.

margem líquida da Eneva atingiu 23,7% no 3T21, apresentando crescimento de 13,8 pontos percentuais na comparação com o 3T20.

As ações da Eneva (ENEV3) acumulam alta de 2,46% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 20,78% nos últimos 12 meses.