Depois que recomendei a participação no IPO das ações da Mosaico (MOSI3) e elas subiram 100% no primeiro dia, não parei mais de receber mensagens de pessoas querendo obter esses mesmos com outras ações. 

O jogo não funciona dessa forma.

A maioria dos investidores buscam ambiciosamente ações para tirar algum dinheiro do mercado financeiro rapidamente. 

Parece uma corrida de 100 metros rasos. 

Mas assim como na corrida de 100 metros, você não consegue ir muito longe com essa intensidade. 

Ao contrário do que muitos investidores imaginam, o efeito do ganho de curto prazo não é capaz de gerar grandes benefícios, além de aumentar radicalmente os riscos dos investimentos.

Se você tem uma carteira com R$ 100 mil, divididos entre 15 ações, onde em uma delas você obteve um ganho de 15% em um rápido trade, saiba que a representação deste ganho na carteira total foi próxima de 1%. 

"Mas Edu, quando eu compro uma ação para especular, o capital empregado é muito maior".

Bom, neste caso o problema é maior ainda. 

A cada real perdido, você precisará de um valor maior para recuperar.

Entenda:

% Perdido% Necessário para recuperar
1011
3043
50100
70233
90900

Você realmente acha que faz sentido correr esse risco?

Saiba que só é possível construir grandes fortunas no longo prazo

Para você ter uma ideia, uma taxa de retorno médio de 18% ao ano, que é a minha meta na carteira do Joias da Bolsa, tem a capacidade de multiplicar seu capital em 138 vezes em um prazo de 30 anos. 

Desse total, 70% do resultado virão nos últimos 7 anos. Ou seja, cada ano adicional tem um efeito positivo maior do que os anteriores.

Como mencionei no início do texto, investir para construir riqueza é o oposto de uma corrida de 100 metros rasos. 

Aqui o tempo joga a favor e não contra.

Onde Investir na Queda da Bolsa? Baixe a Lista de 3 Ações para Investir Agora.

Veja exemplos de performance em 15 anos de algumas ações:

AçãoDesempenho
PNVL44.543%
HGTX33.359%
RENT33.287%
ALPA42.790%
LREN32.184%

São esses tipos de desempenhos que devemos buscar quando investimos em ações da bolsa de valores.

Concorda comigo que esses resultados podem mudar uma vida?

Saiba que eles só aconteceram em investimentos de longo prazo.

Dito isso, fica muito claro o motivo pelo qual a exposição de curto prazo não faz o menor sentido.

Além do risco desnecessário, os ganhos são insignificantes em comparação aos ganhos no longo prazo.

Você pode estar refletindo sobre a dificuldade de encontrar ativos para permanecer por tanto tempo.

Aceita uma dica?

Busque empresas que atendam um mínimo de requisitos, como: 

Lucros constantes nos últimos 5 anos

Capacidade da companhia apresentar estabilidade de lucros ou pelo menos algum lucro em determinado período demonstra que o interesse da gestão está convergindo para a evolução do empreendimento.

Dadas as condições micro e macroeconômicas do período, isso pode ser evidenciado na estabilidade dos lucros divulgados.

Liquidez corrente acima 1

A liquidez corrente indica quanto a empresa tem a receber no curto prazo em relação a cada unidade monetária que deve no mesmo período.

Quanto maior a liquidez corrente, mais alta se apresenta a capacidade da empresa em financiar suas necessidades de capital de giro.

Onde Investir na Queda da Bolsa? Baixe a Lista de 3 Ações para Investir Agora.

Dívida líquida em relação ao patrimônio líquido

Dívida líquida total (soma de empréstimos, financiamentos e debêntures de curto e longo prazo menos disponibilidades) dividido pelo patrimônio líquido.

Quanto maior, mais risco a empresa está correndo.

Preferia abaixo de 100%.

Retorno sobre o patrimônio líquido (ROE)

O ROE é a relação entre o lucro líquido dos últimos 12 meses e o patrimônio líquido.

Ele mostra a rentabilidade que a empresa está gerando sobre o seu próprio patrimônio.

Em outras palavras, sobre o capital próprio.

Quanto maior melhor, prefira empresas com ROE acima de 12%.

Bom Nível de Governança

As boas práticas de governança corporativa têm a finalidade de aumentar a transparência e a qualidade na divulgação de informações aos acionistas.

O mercado avalia que os investidores estarão dispostos a pagar mais pelas ações de empresas que demonstrem respeito aos direitos dos acionistas e que adotem boas práticas de governança.

A segurança para o investidor minoritário é maior neste tipo de empresa. 

Executando esse filtro, você terá grandes chances de encontrar uma boa empresa.

Somando todos esses fatores com um preço muito inferior ao valor justo da companhia, temos a receita para esse negócio figurar na lista de Joias da Bolsa.