A Enauta (ENAT3) informou na quarta-feira (28), através de fato relevante, que assinou um acordo com a Dommo Energia (DMMO3) referente a todos os litígios existentes relativos ao Campo de Atlanta (Bloco BS-4), que se iniciaram após o exercício da notificação de retirada pela Barra Energia do Brasil Petróleo e Gás.

Conforme fatos relevantes divulgados em 23 de outubro de 2017 e 26 de setembro de 2018, a Barra Energia exerceu os direitos de retirada da Dommo no Bloco BS-4, nos exatos termos do disposto no contrato de operações conjuntas do consórcio (JOA).

Após iniciado o procedimento arbitral, o tribunal entendeu que os direitos, titularidade e interesses da Dommo no Bloco BS-4 foram transferidos à Enauta e Barra Energia desde 11 de outubro de 2017, passando cada uma a deter 50% de participação no bloco. Ao longo dos anos, a Dommo vem questionando essa transferência.

O acordo prevê a extinção de todos os processos entre as partes, incluindo as afiliadas, bem como restringe novos litígios.

Assim, a transferência da participação dos 40% da Dommo já realizada para a Enauta e para a Barra Energia não será mais objeto de qualquer litígio.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Resultado da Enauta no Quarto Trimestre de 2020

O resultado da Enauta (ENAT3) no quarto trimestre de 2020 (4t20), divulgado no dia 31 de março, apresentou um lucro líquido de R$ 38,2 milhões, baixa de 68,7% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda da Enauta atingiu R$ 129,5 milhões no 4t20, apresentando retração de -50,1% na comparação com o 4t19.

A Margem Ebitda da Enauta totalizou 69,3% no 4t20, apresentando crescimento de 5,0 pontos percentuais na comparação com o 4t19. 

A Margem líquida da Enauta atingiu 20,4% no 4t20, apresentando retração de -9,7 pontos percentuais na comparação com o 4t19.

As ações da Enauta (ENAT3) acumulam queda de 5,58% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 83,67% nos últimos 12 meses.