Enauta (ENAT3) Devolverá Bloco na Bacia do Ceará à ANP
| ,

Enauta (ENAT3) Devolverá Bloco na Bacia do Ceará à ANP

A Enauta (ENAT3) informou nesta segunda-feira, que o Bloco CE-M-661, localizado na Bacia do Ceará, será devolvido à ANP.

Por
Atualizado em 02/08/2021

A Enauta Participações (ENAT3) informou nesta segunda-feira (02), que o Bloco CE-M-661, localizado na Bacia do Ceará, será devolvido à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) ao final do primeiro período exploratório, conforme acordado pelo Consórcio.

A Companhia arrematou 25% de participação no Bloco CE-M-661 na 11ª Rodada de Licitações da ANP em 2011 e seu primeiro período exploratório termina em novembro deste ano.

Banner will be placed here

Baseada em análises geológicas e econômicas, e na busca contínua da otimização de seu portfólio, a Enauta decidiu pela devolução do bloco.

O valor dos compromissos assumidos pela Enauta no Programa Exploratório Mínimo (PEM) do bloco é de R$ 26,9 milhões e o valor referente ao bônus de assinatura contabilizado é de R$ 10,1 milhões.

O montante total de R$ 37,0 milhões será registrado como gastos exploratórios no resultado do segundo trimestre de 2021.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Resultado da Enauta no Primeiro Trimestre de 2021

O resultado da Enauta (ENAT3) no primeiro trimestre de 2021 (1t21), divulgado no dia 12 de maio, apresentou um prejuízo líquido de R$ 15,8 milhões, baixa de -71,9% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda da Enauta atingiu R$ 123,3 milhões no 1T21, apresentando retração de 35,5% na comparação com o 1T20.

A Margem Ebitda da Enauta totalizou 68,2% no 1T21, apresentando crescimento de 2,4 pontos percentuais na comparação com o 1T20. 

A Margem Líquida da Enauta atingiu -8,7% no 1T21, apresentando crescimento de 10,6 pontos percentuais na comparação com o 1T20.

As ações da Enauta (ENAT3) acumulam alta de 0,27% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 34,54% nos últimos 12 meses.

Notícias do Mercado Financeiro

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE