O que é o Efeito Isolamento?

Esse efeito é um tipo específico de viés cognitivo que diz respeito à tendência que nós, seres humanos, temos em nos concentrarmos em apenas uma parte dos problemas, diante de uma decisão complexa.

É como se separássemos determinado problema em etapas, e ignorássemos que a resolução de cada etapa separadamente pudesse refletir no problema como um todo. Tomemos como exemplo nossos afazeres domésticos.

Imagine como é iniciar uma faxina quando nossa casa está uma bagunça. É roupa jogada sobre os móveis, é a pia cheia de louça, chão sujo, móveis empoeirados e por aí vai.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Ora, fazer a faxina pode ser considerado um grande problema, onde só teremos bons resultados se a fizermos por completo.

Veja bem, se decidirmos apenas tirarmos a poeira dos móveis e, para isso, jogarmos as roupas que estão espalhadas sobre eles no chão, resolveremos o problema dos móveis, mas acumularemos outro.

Lembremos que o chão também estava sujo e, ao limparmos os móveis, acumulamos outro problema para o futuro, que são as roupas que estavam sobre os móveis, jogadas no chão.

Pois bem, uma hora precisaremos limpar o chão, contudo, agora teremos um trabalho maior, pois haverá a necessidade de recolher as roupas que jogamos no chão.

Deu para entender como a ideia de resolver temporariamente o problema dos móveis empoeirados (apenas uma etapa) não solucionou como um todo?

Este exemplo hipotético sobre a faxina de nossas casas pode ser transferido para nosso dia a dia profissional e nossas vidas financeiras, ao tentarmos resolver apenas os problemas pontuais.

Antes de mostrarmos como o efeito isolamento se aplica em nossas vidas financeiras, devemos pontuar que o efeito isolamento nada tem a ver com o efeito isolante.

Para tanto, apresentaremos brevemente as diferenças entre esses dois efeitos para, posteriormente, mostrarmos como o efeito isolamento se aplica na prática de nossas vidas financeiras.

Diferença entre o Efeito Isolamento e o Efeito Isolante

O conceito de efeito isolamento e efeito isolante em nada se assemelham, a única confusão que os leitores podem fazer está na aparência de seus nomes.

O efeito isolamento, como já foi dito, é um tipo de viés cognitivo que nos faz tendemos a resolver apenas parte dos nossos problemas, subestimando as consequências das decisões tomadas apenas nessa etapa.

Já o efeito isolante, caracteriza a tendência de maior facilidade que nós, seres humanos, temos em nos lembrar dos elementos que diferem dos demais.

Seus estudos ficaram conhecidos por determinar que os seres humanos tendem a se lembrar com mais facilidade dos elementos que se destacam dos demais, podendo ser pela sua cor ou forma, por exemplo.

Realmente, o efeito isolante pode ser muito bom em nossas vidas, porém, ele apenas nos indica a focar no que difere dos outros. Portanto, pode haver efeitos negativos desse fenômeno.

Dito isto, ficou claro como os conceitos de ambos os efeitos em nada se assemelham. Agora, o leitor não correrá mais o risco de confundi-los.

O Efeito Isolamento nas finanças

Quando a questão é dinheiro, ou melhor, a falta de dinheiro para comprar algo que estamos precisando, a primeira coisa que vem em nossa cabeça é que não temos renda para comprar aquilo.

Se ficarmos apenas pensando desta maneira, estaremos claramente sobre os sintomas do efeito isolamento, assim como o exemplo sobre a faxina em nossas casas.

Neste caso, iremos empurrar o problema adiante, deixando que a desorganização financeira nos impeça de fazermos várias coisas que necessitamos ou queremos.

Contudo, devemos entender que a razão de não podermos consumir aquele produto, não está ligado à falta do dinheiro em si, e sim, ao nosso custo de vida que extrapola nosso salário.

Portanto, entendendo o problema dessa maneira, ficará mais viável resolver a questão do descontrole financeiro, ou, até mesmo, da necessidade de uma renda extra.

Por fim, é importante ressaltar que o efeito isolamento pode ser responsável por prejudicar inúmeros projetos em nosso trabalho, além de várias sociedades deixarem de existir por sua culpa.