O que é o Efeito Excesso de Confiança?

Denomina-se efeito excesso de confiança um tipo de viés cognitivo em que os seres humanos, mentalmente, detêm uma grande confiança em seus próprios julgamentos.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Ou seja, comparado a um julgamento objetivo e racional de um evento, os seres humanos têm uma tendência mental em terem uma autoconfiança de seus próprios julgamentos, segundo o efeito excesso de confiança.

Contudo, devemos saber que o nosso nível de confiança não é o mesmo do nosso nível de exatidão.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Ora, muitas vezes você já participou de uma discussão onde afirmava ter certeza do que estava falando e, depois, descobriu que estava errado. Pois bem, você experimentou o efeito excesso de confiança.

Esses acontecimentos surgem quando a confiança subjetiva da pessoa é maior que seus desempenhos reais.

Isso acontece também no mundo dos investimentos.

Quando uma pessoa se depara com períodos de ganhos, começa a acreditar que pode continuar nesse ritmo por muito mais tempo e, devido ao excesso de confiança, acaba se expondo ao risco.

Isso ocorre porque nosso cérebro não é preciso, e não tem interesse em ser, aliás, não precisa ser para nossa sobrevivência.

Pesquisas apontam que nosso cérebro consegue fazer muito consumindo pouca energia, sendo muito ágil ao lidar com dados.

Portanto, para nossa mente ser precisa, beirando a perfeição, isso levaria um gasto muito alto de energia, o que seria um obstáculo para nossa sobrevivência.

Contudo, a comunicação em nossos neurônios não é precisa, ou seja, em mais de 70% das vezes em que há transmissões de informações, elas são falhas.

Dito isto, devemos entender que o ser humano não necessita ser preciso em suas previsões, até porque não será possível alcançar a precisão em todas as ações ou planejamentos.

Portanto, somos capazes de fazermos novas escolhas e adaptarmos nossas previsões naturalmente quando as circunstâncias mudarem.

Além disso, os seres humanos têm enormes responsabilidades devido a sua racionalidade e, por consequência, seus comportamentos.

Dito isto, veremos, na sequência, que o efeito excesso de confiança pode apresentar grandes riscos no mundo das finanças, e como podemos evitá-lo.

Como esse efeito afeta os investimentos?

A confiança excessiva em seus próprios conhecimentos, faz com que alguns investidores sobrevalorizem sua capacidade analítica, acreditando que suas habilidades são acima da média.

Os investidores passam a ter mais segurança em suas tomadas de decisões devido ao aumento do número de informações disponíveis.

Contudo, o equilíbrio emocional é tão importante quanto dominar os assuntos relacionados ao mercado financeiro.

Em muitos casos, a confiança acompanha os resultados positivos, aumentando as chances do investidor não refletir sobre suas decisões, e tornar a cometer erros que podem causar grandes perdas.

Isso ocorre, em muitos casos, porque investidores altamente confiantes subestimam variáveis como, riscos, diversificação, tamanho da posição, durante o processo de investimento.

Como já foi dito, há uma grande tendência dos fatos citados ocorrerem com investidores iniciantes. Em alguns casos, por acharem que já estão preparados mediante a leitura de algumas informações.

Em outros casos, por terem obtidos resultados positivos em seus primeiros investimentos, reforçando sua confiança

Como evitar o Excesso de Confiança?

Um primeiro e muito importante ato para evitar efeito excesso de confiança, é aceitar que ele existe, ou seja, o investidor deve ter o conhecimento de suas limitações.

Outro importante fator é o modo do investidor prezar pela qualidade das informações, pois elas são importantes para as tomadas de decisões.

Por fim, outro fator que tem apresentado alto índice de sucesso está relacionado à automação do processo, pois é uma forma de seguir com disciplina sem se preocupar com o fator emocional.

O uso de robôs tem ganhado cada vez mais espaço na execução de operações no mercado financeiro, desde os robôs investidores, até os robôs traders.

Portanto, a automação no mundo dos investimentos se apresenta como uma opção segura, rápida e precisa.