O que é o Efeito Autorreferência?

Neste efeito, há uma tendência diferente, dependendo se as pessoas estão envolvidas ou não, de codificar as informações.

Como Saber a Hora de Entrar e Sair dos Investimentos? GI Wealth faz Gestão para Investimentos Superior a R$ 300 mil.

A taxa de recall tem a tendência de ser melhor quando as pessoas necessitam lembrar informações de algo que estavam relacionados com elas mesmas.

Portanto, esse efeito diz respeito ao fato do ser humano ter uma tendência de se lembrar mais precisamente de algo em que ele mesmo esteve envolvido no evento.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Por exemplo, quando você se lembra de certo famoso pelo fato dele fazer aniversário no mesmo dia que você.

A verdade é que pouco te importa a data de aniversário dos famosos, tendo essa informação não é nada relevante para você.

Mesmo quando ouve em algum noticiário ou propaganda, você logo acaba esquecendo que determinado ator, esportista, dentre outros, faz aniversário naquela data.

Mas, aquele que comemora o aniversário no mesmo dia que o seu, sempre será lembrado.

O efeito da autorreferência significa justamente isso, o impacto que um evento em que você esteja envolvido tem um peso muito maior em nossas lembranças, tornando uma referência.

Portanto, ao descobrir que alguma pessoa faz aniversário na mesma data que você, sempre que ouvir algo sobre essa pessoa irá se lembrar deste detalhe.

Feita essa breve introdução sobre o efeito autorreferência, apresentaremos a seguir como surge esse efeito, e como esse efeito pode ser usado em seu favor.

Como surge a Autorreferência?

Devemos dizer que nosso cérebro trabalha como se fossemos o centro do mundo, por conta disso, somos fortemente influenciados pela maneira que nós enxergamos.

Além disso, a maneira que nossa memória é criada e acessada, trata-se de outro ponto que proporciona o surgimento do efeito autorreferência.

Nossa mente não é como um armário, capaz de guardar cada lembrança em que podemos pegá-las quando desejarmos.

Ora, muitas vezes você já tentou se lembrar de algo, ou do nome de alguém, por exemplo, que você sabia que estava lá, no “fundo” de sua mente, mas não conseguia lembrar.

Quantas vezes, em uma conversa, você já não falou para outra pessoa “está na ponta da língua”, “deu branco”, mas não conseguiu lembrar o que gostaria de dizer no momento.

Isso ocorre porque já nos deparamos com certas informações, mas não temos o poder de guardá-las organizadamente para acessarmos quando quisermos.

Há alguns elementos, como pessoas, cheiro, datas, lugares, que, em comum com algumas informações, nos ajudam a resgatar as lembranças.

No entanto, a nossa vivência é o fator que tem maior responsabilidade, ou melhor, eficácia em nos fazer resgatar as lembranças.

Um acontecimento na vida de alguma pessoa conhecida fica muito mais presente em nossas memórias quando já vivenciamos algo semelhante, ou no mesmo lugar, por exemplo.

Existem coisas que são muito mais fáceis de serem guardadas e lembradas do que outras, contudo, também existem diferentes níveis de importâncias de informações que devemos armazenar.

Muitas informações importantes que já tivemos acesso acabam sendo esquecidas com o tempo. E nem precisa ser um período de tempo tão longo assim.

Para isso, veremos no próximo tópico, como efeito autorreferência pode ser usado de forma positiva em nossas vidas.

Como usar o Efeito Autorreferência de forma positiva

Este efeito pode tanto acarretar fenômenos positivos como negativos em nossas vidas.

Já vimos, também, que nossa mente consegue lembrar melhor das informações relacionadas a eventos em que já estivemos envolvidos.

Portanto, essa é uma forma de usarmos o efeito autorreferência a nosso favor. Imaginemos o exemplo de um professor, ou um palestrante.

Você pode ficar algumas horas assistindo uma aula ou uma palestra, assimilando a ideia, mas, muitas vezes, aquelas informações são esquecidas ao longo do tempo.

Isso que diferencia um excelente professor, ou comunicador, de outro profissional comum. Essa é a maneira que o profissional desta área pode se destacar, fazendo você nunca mais se esquecer daquelas informações.

Isso pode ser efeito por meio do efeito autorreferência, ou seja, o comunicador deve tentar relacionar as informações que pretende passar com algum evento em que a maioria dos ouvintes já tenha participado.

No mundo dos investimentos isso também deve ser usado.

Ou seja, usar o efeito autorreferência para explicar os conceitos mais difíceis do mercado financeiro pode descomplicar na retenção de informações para as pessoas que não têm muito conhecimento sobre o assunto.

Portanto, é sempre importante buscarmos no nosso cotidiano exemplos práticos para facilitar a compreensão e o armazenamento das informações. Isso vale tanto para quem está aprendendo como para quem está ensinando.