Duratex (DTEX3) Diz que Unidade foi Atingida por Incêndio
| ,

Duratex (DTEX3) Diz que Unidade foi Atingida por Incêndio

A Duratex estima que serão necessários até quatro dias para que as operações sejam retomadas.

Por
Atualizado em 10/11/2020

A Duratex (DTEX3) informa que na segunda-feira, 9, houve um incêndio no silo de cavacos de sua unidade de painéis de madeira de Agudos (SP).

Segundo a companhia, o incêndio foi combatido pela equipe de segurança da fábrica com o apoio de outras empresas locais e dos bombeiros de Agudos e de Bauru. Não houve feridos.

Banner will be placed here

As causas do incidente estão sendo avaliadas, e a Duratex estima que serão necessários até quatro dias para que as operações sejam retomadas.

Boa parte dos impactos será compensada com a reprogramação de paradas técnicas que já estavam agendadas para os próximos 45 dias, de acordo com a companhia.

Diante disso, a fabricante de materiais de acabamento não espera impactos significativos nos prazos de atendimento aos clientes.

“Vale ressaltar, entretanto, que a Duratex possui cobertura por apólice de seguro contra incêndio que será acionada em caso de necessidade”, afirma a companhia.

Como ser Sócio dos Melhores Negócios? Baixe Grátis o Relatório “As Melhores Empresas para Investir”.

Resultado da Duratex no Terceiro Trimestre de 2020

O resultado da Duratex (DTEX3) no terceiro trimestre de 2020 (3t20), divulgado no dia 03 de novembro, apresentou um lucro líquido de R$ 123,9 milhões, alta de 348,6% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda da Duratex atingiu R$ 391,9 milhões no 3t20, apresentando crescimento de 58,5% na comparação com o 3t19.

A margem Ebitda da Duratex totalizou 22,0% no 3t20, apresentando crescimento de 3,1 pontos percentuais na comparação com o 3t19. 

A Margem líquida da Duratex atingiu 6,9% no 3t20, apresentando crescimento de 4,8 pontos percentuais na comparação com o 3t19.

As ações da Duratex (DTEX3) acumulam alta de 4,59% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 57,99% nos últimos 12 meses.

Notícias do Mercado Financeiro

Fonte: Estadão Conteúdo.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE